Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

43 dicas imperdíveis para você que está em dúvida do que fazer para o almoço

Legenda: 
O que fazer de almoço

Embora todas as refeições do dia tenham sua importância - e um bom café da manhã seja essencial para enfrentar o dia -, é na hora do almoço que a maior parte das pessoas concentra suas energias (e sua fome!) no prato. Contudo, é preciso ter calma para não sair comendo tudo o que a fome te diz para comer.

Antes de darmos ótimas receitas para você fazer na hora do almoço, puxe a cadeira, relaxe e entenda como compor um prato de almoço equilibrado, que traga todos os nutrientes necessários para não apenas saciar nossa fome, mas que também possa ajudar a suprir todas as necessidades do nosso organismo!

Como montar meu prato de almoço?

Em termos gerais, é bom pensar no prato do almoço como uma segunda etapa importante do dia, que vai auxiliar a complementar o reforço nutricional iniciado no café da manhã. Assim, um bom prato principal do almoço deve ser pensado em quatro partes, sendo que metade dele deve necessariamente conter alimentos que tragam vitaminas, minerais e fibras para o corpo. Portanto, nada mais nutritivo que uma boa porção de vegetais, que irão trazer mais cores para sua refeição.

Capriche em uma boa salada, faça alguns legumes refogados ou cozidos no vapor, dá até para jogar um pouco de azeite para avivar os aromas do prato. Ok, preenchemos 50% do prato, e a outra metade, como é que fica? Agora entram os carboidratos e proteínas. Dá para extrair os carboidratos de fontes vegetais (a exceção é o mel, de origem animal), enquanto as proteínas podem vir tanto dos vegetais quanto de animais, por isso vai dar sua preferência e de sua rotina alimentar pensar na melhor maneira de preencher essas partes do prato de almoço.

A batata, por exemplo, é uma ótima fonte de carboidrato. Caso esteja fazendo uma dieta de perda de peso, o ideal seria trazer a batata-doce, pois, embora seja rica em carboidratos, ela também traz outros elementos importantes para uma rotina alimentar do tipo. Outros carboidratos que costumam aparecer em um almoço são arroz e massas como macarrão. O ideal, neste caso, é buscar suas versões integrais, ricas em fibras, que servem para contrabalançar o teor calórico deles.

Por fim, chegamos aos 25% restantes, que são destinados às proteínas. Se você for vegano, dá para preencher esta parte com alimentos de origem vegetal, como feijão, grão-de-bico, soja, ervilha e similares, além de produtos derivados destas sementes. Caso sua dieta comporte alimentos de origem animal, nossa sugestão é focar nas proteínas magras, como peito de frango, peixes de maneira geral, ovos e cortes de carne bovina com menor concentração de gordura, como patinho, coxão mole e duro, alcatra e lagarto.

Claro que dá pra ser bem criativo e ir experimentando, mas a base é essa. Com essas informações em mãos, agora você vai saber como montar um bom prato de almoço com as receitas abaixo.

Pratos para fazer no almoço

1. Arroz com Champignon

Que tal um arroz gostoso com champignon e queijo parmesão preparado em 30 minutinhos?

Ingredientes

Modo de preparo

1. Em uma panela, aqueça o óleo e refogue o arroz e o champignon.
2. Adicione a água fervente, o caldo e misture bem.
3. Cozinhe em fogo baixo, com a panela parcialmente tampada por cerca de 15 minutos ou até o arroz secar.
4. Apague o fogo e deixe a panela tampada por mais 10 minutos, para que o arroz termine o cozimento em seu próprio vapor.
5. Misture cuidadosamente o queijo parmesão ralado e sirva a seguir.

A seguir, mais sugestões de pratos para fazer no almoço:

1. Caçarola de Hortaliças e Ovos com Crocante de Ervas: Este belo prato vai colorir sua mesa de almoço, além de trazer alimentos bastante nutritivos, ideais para uma refeição balanceada, que te oferece muitos dos elementos necessários para saciar sua fome. Na caçarola, vão legumes como brócolis, vagem, cebola, tomate, couve-flor, salsão, batata e abobrinha, além de seis ovos inteiros. Por cima, sirva um crocante bem aromático, feito com pão de forma esfarelado, misturado com manjericão e orégano.
2. Salada Rápida de Camarão: Unindo uma boa proteína animal como o camarão a um delicioso molho que leva como base creme de leite, você tem uma excelente entrada ou uma parte do seu prato principal em apenas 15 minutos. É uma ótima receita para dias bem quentes, que pedem por um almoço mais refrescante.
3. Purê de Batata com Alho: O purê de batatas pode servir para atender àqueles 25% de carboidratos necessários em um bom almoço. O toque especial dessa receita é o alho, um vegetal de sabor e aroma com bastante personalidade, mas que também é rico em nutrientes como manganês, selênio e vitaminas C e B6, além de ter propriedades anti-inflamatórias, que ajudam na recuperação do corpo após uma gripe comum e resfriados de maneira geral.
4. Arroz Especial: Tomate, pimentão, ervilhas e cheiro-verde já dão cores e sabores novos a um prato, além de carregarem nutrientes diversos. O pimentão, por exemplo, é uma rica fonte de vitamina C. Apenas 20g de pimentão já podem fornecer cerca de 45% das necessidades diárias de consumo da vitamina, de acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO). Além disso, corte cerca de 200g de alcatra em tiras e adicione ao arroz. Fibras, proteínas e carboidratos em uma única refeição.
5. Ovos ao Molho com Espinafre: Esta receita pode lembrar bastante em termos de aparência o shakshuka ou huevos rancheros, mas o diferencial aqui é a presença do espinafre como vegetal verde da receita, ao invés do pimentão. Pode servir como um ótimo complemento a um arroz saboroso e uma salada bem servida.
6. Farofa Saborosa Sem Glúten: Quer comer uma boa farofa mas não pode por conta do glúten? Temos a solução para você! Basta pegar farinha de milho e misturar com linhaça triturada, quase em pó. O resultado é uma farinha fina, que vai lembrar bastante a farinha de mandioca. Depois, basta acrescentar cebola, tomates e ovos cozidos cortados em cubinhos. Um ótimo complemento a um bom feijão bem quentinho.
7. Carne do Oriente: O molho de soja (shoyu) e o broto de feijão trazem a culinária do oriente para seu almoço, dando uma variada na rotina. E o melhor: em uma receita bem prática, fácil e rápida! Aliás, o broto de feijão é uma ótima fonte de fibras, um elemento fundamental para montar pratos de almoço balanceados, como aprendemos ali em cima.
8. Medalhões de Filé Mignon com Molho de Mostarda: O filé mignon é um corte nobre e bem macio da carne bovina, portanto, é preciso honrá-lo com um bom tempero. Aqui, o molho de mostarda evidencia os sabores do prato. A proteína é a estrela desse prato, portanto busque vegetais variados e uma fonte de carboidratos pouco calórica para montar o almoço perfeito.
9. Arroz com Frango Guatemalteco: Traga para o seu almoço um pouco da culinária da América Central com este frango que é receita tradicional na Guatemala. Um prato simples, pronto em apenas meia-hora, mas que vai te fornecer boa parte dos nutrientes necessários para um ótimo almoço. O arroz cumpre bem a cota de carboidratos que você deve consumir nessa refeição.
10. Bife Acebolado com Maggi Natusabor: Nada como um bife bem temperado. Além da cebola douradinha na frigideira, acrescente uma pitada de pimenta-do-reino, um pouco de gordura (aqui sugerimos o uso de manteiga, mas só um pouquinho), vinagre e um pouco de tempero para carnes refogadas. A proteína é um elemento importante da nutrição e um dos destaques do almoço, por isso essa receita irá cair como uma luva.
11. Purê de Abóbora com Filé de Frango: A abóbora é rica em diversos nutrientes, especialmente fibras, cálcio, potássio, magnésio, ferro, vitaminas do complexo B, E, C e A, especialmente pela quantidade de beta-caroteno elevada, que dá a cor alaranjada a este vegetal. Este prato delicioso, junto com um filé de frango bem temperadinho, já vai te dar a maior parte dos nutrientes necessários para um bom almoço, mas se quiser, uma salada de folhas verdes pode cair bem como acompanhamento.
12. Salada De Abóbora Com Carne Assada e Vinagrete De Vegetais: Uma refeição completa em um só prato. A abóbora temperada com cravo e canela em pó, noz-moscada e pimenta rosa se mistura a um delicioso vinagrete de vegetais composto por pimentão, cebola, azeitonas pretas, vagem cozida, tudo picado e misturado a azeite e vinagre, com sal a gosto. Por fim, use essa deliciosa mistura a meio quilo de lagarto cozido e fatiado, um maço de rúcula, lentilha cozida e cereal matinal. Fibras, proteínas e nutrientes dos mais variados tipos. Caso sinta falta de algum carboidrato, sirva com algumas rodelas de batata-doce. Delícia!
13. Carne Moída com Batatas: Essa combinação mais que clássica ganha um tempero especial na receita do site Receitas Nestlé, com um tablete de caldo de carne que acentua os sabores da carne e também ajuda a temperar a batata. A carne fornece a proteína, enquanto as batatas cumprem a cota dos carboidratos. Basta acrescentar mais vegetais ao prato e pensar em mais uma fonte de proteína, como feijão.
14. Salada de Frango ao Curry: Esta salada de frango traz um frescor para seu almoço ao incluir sabores mais adocicados para contrastar com a personalidade do curry, este tempero que surge na Índia proveniente da mistura de diversas especiarias. Cada receita é única, mas elas geralmente envolvem temperos como açafrão, cardamomo, gengibre, cravo e canela em pó. Bom, na salada, além do frango ao curry, acrescente uvas sem semente, iogurte natural integral e amêndoas torradas em lascas, resultando em um prato leve e ideal para dias quentes.
15. Farofa de Banana com Couve: O encontro do doce e do salgado na hora da principal refeição do dia tem seu público e essa receita aqui vai fazer muito sucesso. A banana e a couve fornecem muitas fibras e, enquanto a primeira oferece uma quantidade razoável de carboidratos, a segunda traz uma série de benefícios, como vitamina C e minerais como potássio, cálcio e ferro. Ah, e é claro, a mistura é uma delícia! Experimente servir essa farofinha junto a um bom bife ou frango grelhado e tenha um ótimo almoço.
16. Salmão de Micro-ondas ao Limone: Uma receita muito simples, que fica pronto em apenas 15 minutos. O salmão é um peixe rico em ômega-3, um antioxidante importante para retardar o envelhecimento e as deficiências funcionais do nosso corpo. A proteína animal é ideal para ser servido em um almoço acompanhado de outros ingredientes. Para completar, um delicioso molho à base de limão.
17. Arroz Cremoso com Amêndoas, Nozes e Passas: Este delicioso arroz conta com a presença de oleaginosas que trazem vitamina E, que tem propriedades antioxidantes, e fibras dietéticas, que ajudam a prevenir diabetes e outras doenças relacionadas ao metabolismo. Os carboidratos do arroz também fazem diferença e trazem equilíbrio para seu almoço. Para acrescentar ainda mais cremosidade, use bebida vegetal à base de amêndoas e tenha um arroz grudadinho e bem saboroso.
18. Creme de Ervilhas e Alho-poró: As ervilhas são vistas, muitas vezes, como coadjuvantes em um prato, mas ela pode ser a estrela principal. A prova disso é este creme de ervilhas com alho-poró. Para surpreender ainda mais neste almoço, que tal envolvê-lo com uma massa folhada bem douradinha? Carboidratos, proteínas, fibras e muito sabor na sua principal refeição do dia.

20. Canelone de Berinjela e Ricota Ingredientes Molho

Massa e Recheio

Modo de preparo Molho

1. Em uma panela, aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho.
2. Adicione os tomates, a polpa de tomate e a água quente e deixe cozinhar em fogo médio, em panela semitampada, por cerca de 20 minutos ou até que tudo esteja macio.
3. Amasse levemente com um garfo, adicione o sal e o manjericão e deixe ferver por cerca de 10 minutos para tomar gosto. Reserve.

Massa e Recheio

4. Passe rapidamente as massas em água fervente e coloque-as em água fria. Reserve.
5. Em uma frigideira, aqueça o azeite e refogue a berinjela até que fique macia.
6. Junte o orégano, a noz-moscada, a pimenta-do-reino e o MAGGI MEU SEGREDO. Reserve.
7. Em um recipiente, amasse a ricota com um garfo, junte o Leite NINHO, o queijo parmesão e a berinjela reservada formando um recheio úmido.
8. Retire a massa da água, seque delicadamente com um papel toalha, coloque uma porção do recheio (deve ser colocado centralizado, para que ao ser enrolado não escape pelas laterais) e enrole delicadamente, formando o canelone. Repita o processo com o restante das massas.
9. Forre o fundo de um recipiente refratário com um pouco de molho, arrume os canelones e finalize com mais molho.
10. Cubra com papel-alumínio, leve ao forno para aquecer e sirva a seguir.

Quer saber mais receitas ainda para fazer um bom almoço? Temos!

1. Farofa de Carne-seca e Coentro: A farofa é uma paixão nacional, que funciona muito bem como complemento para o feijão durante o almoço. Rica em carboidratos, a farinha usada aqui é a de mandioca crua, rica em vitaminas C e do complexo B. Para dar uma incrementada na receita, use carne-seca e tempere essa mistura com coentro.
2. Filé de Peixe com Purê de Brócolis Nutren Senior: Ótima fonte de fibras e proteínas, o brócolis também te fornece boas doses de A, C, E e K, além de minerais como ferro. Essa deliciosa receita de purê de brócolis ainda leva ervilha, que possui nutrientes semelhantes, e ganha sabor extra ao ser grelhado na frigideira. É um ótimo prato para ser feito no almoço, acompanhado de peixes, que geralmente são ricos em ômega-3, que tem propriedades antioxidantes.
3. Batata Sauté: Essas batatas salteadas na manteiga com salsa são um ótimo complemento para pratos que usam proteínas animais como frango e carne bovina como estrela principal. As batatas são ricas em carboidrato, então o ideal é não exagerar na dose. Não esqueça de fazer uma boa salada de folhas verdes para acompanhá-las.
4. Purê de Batatas ao Creme: Um dos acompanhamentos mais procurados para fazer um almoço mais saboroso é o purê de batatas. Cai bem com qualquer tipo de carne, especialmente aquelas acompanhadas de um molho encorpado. Nesta versão da receita, sugerimos o uso de creme de leite para deixar o purê ainda mais aveludado.
5. Batata-doce Recheada com Frango Cremoso: O delicioso recheio de frango leva polpa de tomate, champignons em conserva fatiados, farinha de trigo, leite e um toque de noz-moscada. Após assar as batatas-doces no forno e deixá-las esfriar um pouco, use uma faca para fazer dois cortes profundos, formando uma cruz em cada batata. Depois, comprima as duas extremidades para abrir uma cavidade, local que irá receber o creme de frango. Finalize com queijo parmesão e aproveite esta maravilha em um bom almoço.
6. Jardineira de Frango: Os nutricionistas recomendam que seu prato seja o mais colorido possível, pois essa é uma das mostras que ele tem uma variedade de sabores e nutrientes. Esta jardineira de frango é um bom exemplo disso, já que ela conta com diversos vegetais e uma proteína com pouca gordura, trazendo muitas vitaminas e outros elementos essenciais para uma boa nutrição, a exemplo de cenoura, ervilha-torta e salsão, mas fique à vontade para acrescentar mais legumes e verduras na panela.
7. Papillote de Frango com Tomilho, Cebola Roxa e Mandioquinha: Este método de cozimento, também conhecido como al cartoccio na Itália, consiste em envolver a comida em uma pequena bolsa ou pacote antes de assá-lo. Geralmente é usado para fazer peixes ou vegetais, mas também é possível fazer com outros tipos de proteína animal, como é o caso desta receita. O frango é temperado com tomilho e noz-moscada, acompanhado, de brócolis, cebola roxa e mandioquinha. Já é uma refeição completa por si só.
8. Nhoque Nutritivo: O nhoque é uma massa italiana bem particular, já que a principal base dele é a batata. Que tal dar uma variada e optar por uma opção menos calórica e com sabores surpreendentes? Sugerimos aqui uma receita de nhoque com massa de inhame, espinafre e abóbora. O molho é bem leve, com cebola ralada, manjericão e um toque de noz-moscada, resultando em uma opção 100% vegana para um bom almoço, que vai suprir suas necessidades nutricionais diárias tranquilamente.
9. Arrumadinho de Vegetais com Ovos: O arrumadinho tradicional é uma receita que leva carne picada com diversos legumes e farinha dentro do feijão, mas que tal uma opção vegetariana dele? Os ovos são os únicos alimentos de origem animal no prato. Ao invés de feijão, pegue vegetais como chuchu, abobrinha, brócolis, cebola e couve, corte em pequenos pedaços e una ao ovo. O resultado será surpreendente e muito rico em diversos nutrientes como ferro, vitamina C e vitaminas do complexo B.
10. Frigideira de Legumes ao Creme: Quem disse que precisa de carne para fazer um senhor almoço? Esse preparado com legumes diversos é uma deliciosa opção de nutrição e sabor. Tem cebola, pimentão vermelho, brócolis, vagem, abobrinha, mandioquinha, abóbora, tudo temperado com sal, orégano e uma pitada de pimenta-do-reino. Para completar, use creme de leite light para dar uma consistência cremosa ao prato sem exagerar na gordura.
11. Purê de Abóbora com Filé de Frango: Um prato delicioso e muito nutritivo. A abóbora é repleta de beta-caroteno, que se transforma em vitamina A, trazendo inúmeros benefícios para nossa pele e visão. O delicioso purê, feito com abóbora japonesa, é acompanhado por um filé de frango temperado com sal, pimenta-do-reino e salsa desidratada. Sirva o prato com uma salada de folhas verdes e voilá, um almoço completo!
12. Arroz Meu Segredo: O arroz é um ótimo carboidrato, que está presente no prato do brasileiro, especialmente na parceria mais celebrada, com o feijão. Quer saber como fazer um arroz gostoso com aquele temperinho secreto? Aqui não tem segredo nenhum, basta conferir o site Receitas Nestlé que eles te ensinam a turbiná-lo.
13. Arroz com Laranja: Outro jeito de dar sabor ao arroz é preparando um molho de laranja bem encorpado, que também leva salsão, uvas passas e um tablete de caldo de galinha. Fica tudo pronto em 25 minutos e, enquanto você deixa o arroz cozinhando, dá para adiantar alguma das outras receitas dessa lista e garantir uma ótima experiência gastronômica em seu almoço.

34. Filés de Peixe com Crosta de Castanhas Ingredientes Peixe

Crosta

Modo de preparo Peixe

1. Em um recipiente, tempere os filés de peixe com todos os ingredientes e deixe tomar gosto por cerca de 30 minutos, em geladeira.

Crosta

2. Em um recipiente, coloque os filés e misture o azeite, envolvendo-os bem. Reserve.
3. Em um liquidificador, bata o gergelim, a linhaça e a castanha de caju, até obter uma farinha.
4. Passe os filés reservados pela farinha e coloque-os em uma assadeira.
5. Leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 20 minutos. Sirva.

A seguir, mais receitas que vão te ajudar a fazer um ótimo almoço:

1. Salpicão de Frango: Quem disse que só dá para fazer salpicão em ocasiões especiais ou no fim de ano? Esse prato que é uma paixão nacional consiste em frango desfiado misturado a algumas frutas e legumes cortados em cubinhos, ligados por algo que dê consistência cremosa. Há quem aprecie incluir maçãs à mistura (e fique à vontade para fazer isto), mas nesta receita sugerimos batatas, salsão, amêndoas em lascas, cenoura e uva-passa. Para compor a receita, um delicioso requeijão.
2. Arroz ao Vinho Branco: Não é segredo que bebidas alcoólicas podem ser usadas em receitas para evidenciarem ainda mais os sabores da comida. Aqui, te ensinamos a fazer um arroz ao vinho branco – perfeito para você aproveitar durante um almoço no meio da semana sem muito estresse. Finalize com queijo parmesão e cebolinha-verde picada.
3. Farofa de Jerimum: Tem jeitos diversos de fazer farofa, com muitos temperos e ingredientes como carnes e legumes, mas uma das mais gostosas é a farofa de jerimum (ou abóbora, como também é conhecida em várias partes do Brasil). A polpa adocicada e cremosa acaba criando uma mistura muito gostosa com a farofa, o que pode ajudar a trazer uma experiência diferente na hora do almoço. No tempero, recomendamos o uso de um tablete de caldo sabor bacon, cebolinha-verde, coentro e salsa.
4. Iscas de Carne com Alho-poró: O alho-poró, a cebola, os tomates e o amendoim elevam o sabor da carne nessa receita prática. É uma ótima pedida para preencher a parte da proteína do prato. Experimente juntar esta com a farofa de jerimum e uma salada bem servida, o resultado será um almoço bem completo e simples de fazer.
5. Asinhas de Frango com Gergelim: Que tal dar uma diferenciada no frango do dia a dia? Que tal essa receita que vai até a Ásia para trazer sabores para seu almoço? As asas de frango são fritas junto ao molho shoyu (molho de soja) e ao gengibre na frigideira, também levando alho. Acrescente um pouco de água, tampe e deixe o frango dar uma boa cozida por 10 minutos. Depois, tire a tampa e deixe a água evaporar um pouco, este processo ajudará a apurar o tempero, que será melhor incorporado à carne do frango, além de caramelizar o molho no processo, trazendo o sabor agridoce tão característico em pratos orientais.
6. Tortilla de Arroz: Da Ásia, vamos ao México! Com ingredientes baratos e que você provavelmente já tem em casa – como ervilha, milho verde, ovos e arroz – dá pra fazer uma receita super gostosa e fácil. A tortilha consiste em um pão fino feito com massa à base de farinha de milho ou de trigo e é um dos pratos mais famosos do país da América Latina. Nesta versão, substitua o milho ou o trigo por arroz, o resultado irá te surpreender.
7. Filés de Frango com Molho Especial de Laranja: Páprica, mostarda, suco de laranja e um toque de limão. Quem diria que a mistura desses elementos poderia fazer tanta diferença em um prato, hein? Veja seu frango de todos os dias ganhar uma explosão de sabores nesta receita prática e rápida.
8. Arroz Biro-biro: Essa receita de arroz acrescenta bacon e batata palha na matemática, trazendo muito sabor e crocância para o almoço. Em uma frigideira aquecida, coloque o bacon e mexa bem até que esteja dourado. Escorra o excesso de gordura e, na mesma frigideira, aqueça a manteiga, coloque a cebola, e refogue até que esteja levemente dourada. Depois basta colocar os ovos e os temperos até cozinhá-los. Junte o arroz, o bacon reservado e a cebolinha e misture bem. Para finalizar, sirva com batata-palha.

43. Picadinho de Carne, Alho-poró, Mandioquinha e Quinoa

Ingredientes

Modo de preparo

1. Em uma panela de pressão aqueça o óleo, acrescente o alho, a cebola e o alho-poró e doure bem.
2. Coloque a carne, aos poucos, em fogo alto para não juntar água. Adicione os tomates, a pimenta-do-reino e o caldo dissolvido na água fervente.
3. Tampe a panela e cozinhe por cerca de 10 minutos, após iniciar a pressão.
4. Retire a pressão, abra a panela cuidadosamente, junte a mandioquinha e a quinoa e cozinhe com a panela parcialmente tampada, por cerca de 20 minutos.
5. Polvilhe a salsa e o tomilho. Sirva.

Gostou dessas dicas? Pois então vá até o site Receitas Nestlé e encontre muitas outras receitas saborosas. Tem de todos os tipos, sabores e níveis de habilidade, das mais fáceis até as mais elaboradas.


Perguntas frequentes

  • O que é preciso ter em um almoço balanceado e que satisfaça a fome? O ideal é que o almoço contenha alimentos ricos em proteínas, carboidratos, fibras, vitaminas e minerais essenciais. Esses três últimos precisam ser pelo menos 50% do prato. Embora seja recomendado dosar bem a quantidade de carboidratos, eles são sim parte de uma boa refeição (a não ser que você esteja em alguma rotina alimentar mais restritiva).

    Ao fazer um bom almoço, o que é melhor deixar de fora do prato? Assim como em qualquer outra refeição, nada de excessos. Evite muita gordura, sal ou frituras. Também é sempre bom evitar o marasmo, sempre dando uma variada no cardápio, assim seu corpo vai se manter sempre “desperto” para novos sabores e cores. Procure ter uma dieta variada, porém, caso precise montar uma refeição com outras prioridades nutricionais, um profissional especializado deve ser consultado sempre. Não faça por conta própria.

  • As proteínas são essenciais para um bom almoço, mas onde posso encontrá-las? Algumas das melhores fontes de proteínas são as de origem animal, mas em partes com menor concentração de gordura. No caso do frango, o peito e as sobrecoxas; na carne bovina, dê preferência a lagarto, coxão mole e duro, patinho e alcatra. Peixes e ovos cozidos também são ótimas fontes de proteínas. Caso seja vegano e não queira ingerir proteína animal, os vegetais também oferecem ótimas opções de proteínas, como feijão, ervilha, grão de bico, lentilha e soja.

    Quero fazer um bom almoço, mas não tenho muito tempo para gastar na cozinha. O que eu faço? Organização é sempre uma ótima dica para otimizar o tempo de cada tarefa. O ideal é fazer o mise en place, termo francês dado à separação precisa de todos os ingredientes necessários para fazer uma receita. Isso evita que fiquemos perdendo tempo “caçando” na geladeira e no armário este ou aquele item que está faltando. Neste meio tempo, podemos acabar nos distraindo e deixando algum preparo desandar ou algo queimar, o que atrasa ainda mais o processo.

  • Preciso desfiar o frango, mas quando faço com ele muito quente, minhas mãos queimam. Tem algum jeito mais prático e rápido de fazer isso? Um dos jeitos mais rápidos e práticos de desfiar o frango é levá-lo à panela de pressão. Cozinhá-lo desta maneira vai amaciar as fibras, deixando-as bem maleáveis. Caso você não queira manipular a carne do frango quente e precise desfiá-lo rapidamente, basta encher a panela de pressão com muita água para cozinhar o frango. Após o término do cozimento, retire a pressão da panela, tire toda a água de dentro dela e feche novamente. Basta balançar com força e voilá!, o frango sairá todo desfiado.

    Outro jeito de fazer isso é utilizando um martelinho de cozinha. Quem tem medo de usar panela de pressão pode fazer um processo semelhante. A desvantagem é que o cozimento do frango demorará mais. Depois de bem cozido, coloque o frango em uma tábua, de preferência a de madeira. Use o martelo para quebrar os pedaços de frango, que irá se desfiar facilmente.

  • Dá para reaproveitar a água que usei para cozinhar macarrão ou frango? A do frango é até recomendada, já que a água absorve um pouco do sabor da carne. Basta incluir vegetais diversos e utilizar este delicioso caldo como base para fazer uma sopa bem encorpada.

     

Referências

https://www.oswaldocruz.com/site/dicas-de-saude/dicas-de-saude/na-medida-certa-como-montar-um-prato-equilibrado https://www.healthline.com/nutrition/easy-healthy-meals#lunch https://www.healthline.com/nutrition/11-proven-health-benefits-of-garlic https://www.healthline.com/nutrition/lunch-ideas-for-work-men https://www.healthline.com/health-news/more-than-half-of-american-workers-struggle-to-make-their-lunch-healthy

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas