Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Quais são os alimentos que fazem bem para o cérebro?

Legenda: 
Alimentos que fazem bem para o cérebro: café

Nosso cérebro trabalha o tempo todo, até quando estamos dormindo. E, às vezes, quando estamos estudando ou realizando um trabalho mais exigente, acabamos sentindo cansaço e até fome.

Isso acontece porque o cérebro, assim como outros órgãos, necessita de nutrientes para continuar com um bom funcionamento. Por conta disso, ao usarmos demais esse órgão, ele começa a mandar sinais para o corpo, informando que precisa “reabastecer”.

Pensando em uma forma de suprir a necessidade nutricional do cérebro, Que Bem que Faz selecionou 10 alimentos que são bons para a saúde do cérebro (e do resto do organismo, claro). Vem com a gente!

 

Alimentos bons para o cérebro

O cérebro é um dos principais e mais importantes órgãos do corpo, sendo responsável por praticamente todas as funções do organismo, pois funciona como uma espécie de central de controle de todo o corpo. Ele também é responsável pela nossa capacidade de linguagem, compreensão, memória, consciência, etc.

Sabendo como esse órgão é importante, aqui vão alguns alimentos que são bons para a manutenção da saúde do cérebro.

Morango

O morango é uma fruta silvestre rica em um nutriente chamado de flavonoide. O flavonoide possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que são boas para a regeneração das células cerebrais, reduzem a inflamação e o estresse oxidativo do órgão.

Estudo mostram que o consumo não apenas do morango, mas também de outras frutas vermelhas, pode trazer diversos benefícios para o cérebro, como, por exemplo:

  • melhora o processo de sinapse;
  • reduz a inflamação em todo o corpo;
  • reduz o risco da pessoa desenvolver doenças neurológicas;
  • ajuda as células cerebrais a formar novas conexões, estimulando a memória e o aprendizado.

O morango é uma fruta versátil usada para o preparo de diversas sobremesas, bebidas e outras receitas. Sabendo disso, uma recomendação de receita com morango é a receita de Creme de Papaia e Calda de Morango.

Ovo

O ovo é rico em nutrientes como vitamina B6, vitamina B12, folato e colina. A colina é um micronutriente essencial para a saúde do cérebro, pois ajuda no controle de humor e regulação da memória. A colina não é nem vitamina nem mineral; ela se comporta mais como um aminoácido, ou seja, ela se junta a outros compostos para produzir substâncias de que o nosso organismo precisa.

Já as vitaminas B encontradas no ovo podem ajudar a desacelerar o processo de declínio mental, evitando ou atrasando o desenvolvimento de doenças neurológicas como a demência e o Alzheimer.

O ovo é um alimento versátil e pode ser preparado de diversas formas, como na receita de Ovo Poché, por exemplo.

Café

O café é uma bebida muito conhecida por ajudar a melhorar a concentração. A cafeína presente no café além de manter a pessoa acordada e alerta, também aumenta a capacidade do cérebro de processar informações, ou seja, o café é uma boa opção para melhorar o aprendizado e a memória.

O café também é uma grande fonte de antioxidantes, o que pode ajudar no processo de regeneração das células do cérebro, reduzindo as chances de uma pessoa desenvolver doenças neurológicas ao longo da vida.

Ainda assim, o consumo constante de cafeína pode afetar o sono de uma pessoa e, portanto, não é recomendado seu consumo por pessoas que sofrem de insônia, por exemplo.

O café pode ser tomado puro ou ao leite, mas também pode ser usado em receitas, como essa diferente receita de Strogonoff de Nozes e Café.

Cúrcuma

A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-terra, é um tipo de tempero muito usado no preparo de refeições. E pode ser ainda mais usado quando as pessoas descobrirem que esse alimento faz bem para o cérebro. A cúrcuma tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que podem ajudar a melhorar a memória e a regeneração de células cerebrais.

Além disso, o consumo de cúrcuma está relacionado à redução de sintomas de ansiedade e depressão e no processo de crescimento de novas células cerebrais.

Brócolis

O brócolis possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, com todos os benefícios para o cérebro que já vimos: elas são capazes de regenerar células danificadas e incentivar o desenvolvimento de novas células cerebrais.

O brócolis também é uma fonte de vitamina K, que pode ajudar a melhorar a memória e o estado cognitivo de pessoas adultas.

Uma dica de receita que usa brócolis é essa maravilhosa e nutritiva receita de Arroz com Brócolis e Amêndoas.

Chocolate amargo

O chocolate amargo possui nutrientes como a cafeína, os flavonóides e antioxidantes, nossos conhecidos de outros alimentos que estimulam o bom funcionamento do cérebro.

Os flavonóides presentes no chocolate amargo estimulam o aprendizado e a memória, sendo recomendado o seu consumo enquanto se está estudando. Além disso, o chocolate amargo pode mudar o seu humor, te deixando mais disposto.

Muito usado principalmente no preparo de sobremesas, a receita de chocolate amargo que recomendamos é o Bolo de Chocolate Amargo (Devil’s Food Cake).

Laranja

Consumindo uma laranja média, é possível suprir a necessidade diária de vitamina C. A vitamina C é um nutriente muito importante para o cérebro, pois previne o declínio mental e melhora na resolução de tarefas que necessitam de foco e velocidade de decisão.

A vitamina C também é um antioxidante, que pode ajudar na regeneração de células cerebrais, evitando doenças como esquizofrenia, ansiedade, depressão e Alzheimer.

Uma recomendação de receita com laranja é a deliciosa receita de Cheesecake de Laranja.

Chá verde

O chá verde, assim como o café e o chocolate amargo, é rico em cafeína, o que pode ajudar a manter a pessoa em estado de alerta, deixando-a focada, melhorando seu foco e sua memória.

Além disso, o chá verde possui nutrientes com propriedades antioxidantes que podem ajudar a melhorar sintomas de ansiedade, estresse e cansaço. Esses antioxidantes também ajudam a evitar o declínio mental em adultos e idosos, reduzindo os riscos de desenvolver doenças neurológicas.

O chá verde surpreendentemente não é consumido apenas como bebida, podendo ser usado no preparo de sobremesas, e é sabendo disso que recomendamos a receita de Rocambole de Chá Verde com Creme de Limão e Frutas.

Nozes

Nozes são alimentos ricos em ácidos graxos conhecidos como ômega-3 e antioxidantes, que podem ajudar no bom funcionamento do cérebro durante a velhice, prevenindo doenças como Alzheimer e demência.

As nozes também são ricas em vitamina E, que ajuda a reduzir o estresse oxidativo (que ocorre quando há radicais livres demais no organismo) do cérebro, auxiliando na regeneração das células, algo que é muito bem vindo durante a terceira idade.

Uma recomendação de receita com nozes é a receita de Bolo de Nozes.

Sementes de Abóbora

As sementes de abóbora possuem antioxidantes que podem proteger o cérebro e, consequentemente, todo o resto do corpo.

Além disso, a semente de abóbora é rica em zinco, magnésio, ferro e cobre, que são capazes de melhorar fenômenos cerebrais como a sinapse, o aprendizado, a memória, o controle de sinais nervosos e o processo de regeneração.

Dessa forma, doenças como o Alzheimer, a depressão, o Parkinson, a epilepsia e outras doenças neurológicas.

A semente de abóbora pode ser consumida como um petisco, e, portanto, a receita recomendada é a receita de Petiscos Doce de Sementes de Abóbora, Noz Pecã e Frutas Secas.

 

Hábitos que melhoram a saúde do cérebro

Apenas com uma alimentação saudável não é possível ter um cérebro plenamente saudável, portanto, é preciso considerar o desenvolvimento de alguns hábitos que podem ajudar a estimular o cérebro e melhorar o seu funcionamento.

Esses hábitos são:

  • dormir o suficiente;
  • praticar exercícios físicos regularmente;
  • não comer demais ou comer menos que o necessário;
  • manter-se hidratado;
  • não consumir bebidas alcoólicas;
  • não fumar;
  • praticar atividades que estimulem o cérebro a relaxar, como a ioga.

Também é recomendável que ao menos uma vez por ano a pessoa faça seus exames de rotina e tire quaisquer dúvidas com seu médico. A alimentação ajuda muito a saúde, mas não resolve tudo sozinha. Se quiser conhecer mais benefícios de uma alimentação equilibrada, é só acessar Que Bem que Faz e acompanhar nosso conteúdo!


Perguntas frequentes

  • O que estimula o cérebro?

    A prática regular de exercícios físicos, manter-se hidratado, dormir o suficiente e ter uma alimentação equilibrada podem ajudar a estimular o bom funcionamento do cérebro.

  • Qual fruta é boa para o cérebro?

    Frutas vermelhas, abacate, laranja, limão e outras frutas que sejam ricas em vitamina C ou gorduras boas são boas para a saúde do cérebro.

    Referências

    https://premierneurologycenter.com/blog/10-foods-that-improve-brain-health/

    https://www.healthline.com/nutrition/11-brain-foods

    https://www.medicalnewstoday.com/articles/324044

    https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4192974/

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas