Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Alimentos para o coração: veja quais são os alimentos que fazem bem para sua saúde cardíaca

Legenda: 
Alimentos para o coração: framboesa

Quando pensamos na saúde do coração, devemos ter em mente que doenças cardíacas são a razão para cerca de 1/3 dos falecimentos em todo o mundo. Ainda assim, é possível prevenir o desenvolvimento dessas doenças através de dietas balanceadas e mudanças no estilo de vida.

Alguns alimentos possuem nutrientes que podem ajudar no controle da pressão arterial e dos níveis de açúcar e colesterol na corrente sanguínea, enquanto outros podem ajudar na quantidade de glóbulos vermelhos, prevenindo diversos tipos de doenças, incluindo as do coração.

Sabendo dos benefícios que certos alimentos proporcionam ao organismo, o Que Bem Que Faz trouxe este artigo, que contém 15 alimentos que podem fazer bem para a saúde do coração e ainda trazer diversos outros benefícios para o corpo. Acompanhe com a gente!

 

Alimentos que fazem bem para a saúde do coração

Alimentos que fazem bem para a saúde do coração costumam ser ricos em vitaminas, minerais e outros nutrientes que tenham propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e que possam ajudar no processo de regeneração de células e fortificação de músculos. Sendo assim, aqui vai uma lista com 15 alimentos que fazem bem para a saúde do coração, informando também outros benefícios que esses alimentos podem trazer e algumas receitas que podem ser feitas usando esses alimentos como ingrediente.

Vegetais de folhas verdes

Vegetais de folhas verdes são ricos em vitamina K, um nutriente que ajuda melhorando a coagulação sanguínea, protegendo as artérias e evitando possíveis problemas como arritmia cardíaca e palpitações.

Vegetais de folhas verdes também são ricos em nitratos dietéticos, que ajudam a regular a pressão arterial e melhoram o funcionamento das células que revestem os vasos sanguíneos.

Alguns exemplos de vegetais de folhas verdes incluem:

  • Espinafre
  • Couve
  • Rúcula
  • Brócolis
  • Escarola

Uma recomendação deliciosa de receita com um desses vegetais de folhas verdes é a nutritiva receita de Risoto de Camarão e Rúcula.

Frutas vermelhas

Frutas vermelhas são conhecidas por serem ricas em nutrientes com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, que ajudam a evitar irritações e inflamações no organismo. Por isso, as frutas vermelhas são grandes aliadas da saúde do coração, pois possuem efeitos que podem ajudar a prevenir o desenvolvimento de doenças cardíacas.

Dentre as frutas vermelhas, o mirtilo mostrou ser um grande ajudante na regulação da pressão arterial e na manutenção da coagulação sanguínea; e não apenas o mirtilo, mas todas as frutas vermelhas podem ajudar a diminuir o índice de massa corporal (IMC), sendo boas opções para adicionar à sua dieta, caso seu objetivo também seja perder peso.

As frutas vermelhas incluem (entre outras) frutas como:

  • Morango
  • Mirtilo
  • Framboesa
  • Cereja
  • Açaí
  • Amora

Uma recomendação de receita que leva frutas vermelhas é o saboroso Mousse de Cereja.

Abacate

O abacate é a única fruta rica em gorduras insaturadas – as chamadas gorduras boas. Sendo assim, o abacate pode trazer diversos benefícios para a saúde, sendo um deles a redução do colesterol na corrente sanguínea, o que pode prevenir ou retardar o desenvolvimento de doenças do coração.

Além disso, o abacate é muito rico em potássio, um nutriente que faz bem para a saúde do coração, ajudando na melhora do seu funcionamento e fortificando o órgão, além de prevenir doenças cardíacas.

Uma recomendação de receita com abacate é a tradicional Guacamole.

Nozes

Nozes são consideradas grandes fontes de fibras e minerais, tais como magnésio, cobre e manganês. Esses nutrientes presentes nas nozes podem ajudar a reduzir os níveis de colesterol na corrente sanguínea, ajudando a prevenir possíveis doenças do coração.

Uma recomendação com nozes é a receita de Bolo de Nozes com Maçã-Verde.

Feijão

O feijão é uma leguminosa rica em amido e ferro, que ajudam a reduzir o colesterol e os níveis de triglicerídeos na corrente sanguínea, diminuindo as chances de uma pessoa desenvolver doenças do coração no decorrer de sua vida.

Além disso, o feijão pode prevenir doenças relacionadas à falta de glóbulos vermelhos na corrente sanguínea – como a anemia. Por ser um alimento rico em amido e fibras, pode ajudar também a melhorar a digestão, evitando problemas como a prisão de ventre e a síndrome do intestino irritável.

Um clássico da culinária brasileira e que está presente no almoço de muitas famílias, o feijão pode ser preparado da maneira convencional, ou como mostra essa deliciosa receita de Tutu de Feijão à Mineira.

Chocolate amargo

O chocolate amargo, que possui grandes quantidades de cacau em sua constituição, é rico em flavonóides, uma espécie de antioxidante que pode beneficiar não apenas a saúde do coração, prevenindo doenças relacionadas ao órgão, como também a melhorar o funcionamento do cérebro, ajudando no foco, memória e resolução de problemas.

Você pode apreciar o chocolate amargo em forma de barra, ou usá-lo em receitas para preparar sobremesas, como nessa receita de Fondue de Chocolate Amargo.

Tomate

Na verdade, não é exatamente o tomate que traz benefícios para a saúde do coração, mas sim o pigmento presente no alimento. Esse pigmento, chamado de licopeno, é rico em nutrientes com propriedades antioxidantes, que podem evitar danos oxidativos e inflamações no organismo, ajudando a prevenir doenças do coração.

Além disso, o tomate pode trazer outros benefícios para o organismo – como ajudar a prevenir o câncer de próstata, ajudar a regular a pressão arterial e melhorar a imunidade e a saúde dos olhos, pele e cabelos.

O tomate pode ser servido em saladas, como molho ou mesmo recheado, sabendo disso, uma recomendação de receita feita com tomate é a receita de Tomates Recheados com Ragu de Pernil.

Amêndoas

As amêndoas são incrivelmente ricas em uma grande variedade de nutrientes, sendo muitos deles minerais e vitaminas que podem trazer diversos benefícios para a saúde do coração.

Além disso, as amêndoas são ricas fontes de fibras e de gorduras boas, que podem ajudar a prevenir o desenvolvimento de doenças do coração no decorrer da vida de uma pessoa.

Amêndoas podem ser comidas em forma de petisco ou ser usadas em receitas. Uma receita deliciosa com amêndoas é a de Arroz com Brócolis e Amêndoas.

Alho

O alho é um alimento que há muito tempo é reconhecido por suas propriedades medicinais, que podem trazer diversos benefícios para a saúde do organismo de modo geral.

O alho é rico em nutrientes como a alicina, o cálcio, o potássio e o magnésio, que podem ajudar fortalecendo a imunidade, tratando problemas como fungos e bactérias no organismo – e, principalmente, contribuindo com a saúde do coração, melhorando a circulação sanguínea, ajudando a regular a pressão arterial e diminuindo o colesterol.

O alho geralmente é usado como uma opção de tempero na culinária brasileira; porém, pode ser usado como ingrediente em diversos pratos, como nesta receita de Molho Cremoso de Alho e Manjericão..

Azeite de oliva

O azeite de oliva é muito usado no preparo de alimentos, seja como tempero ou como substituto do óleo. Ele traz diversos benefícios para o organismo, em especial para o coração.

Por se tratar de um alimento rico em nutrientes com propriedades antioxidantes, o azeite de oliva pode reduzir inflamações e prevenir doenças do coração – além de ser um grande ajudante na redução dos níveis de colesterol na corrente sanguínea e na melhora da pressão arterial.

Chá verde

O chá verde, assim como o alho e o azeite de oliva, é muito conhecido por suas propriedades medicinais e seus benefícios para a saúde do organismo de modo geral. O chá verde possui nutrientes que são antioxidantes e anti-inflamatórios, podendo ajudar a melhorar problemas de saúde leves como gripes e resfriados, ou mesmo a prevenir doenças do coração.

O chá verde também mostrou-se efetivo na redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos na corrente sanguínea, e na redução da pressão arterial. É uma boa opção para quem busca não apenas cuidar da saúde dos órgãos, como também para quem quer perder peso.

Vinho tinto

Outro alimento popularmente conhecido por trazer diversos benefícios para a saúde, o vinho tinto é rico em nutrientes que possuem propriedades antioxidantes, que ajudam a regular a pressão arterial e melhoram a coagulação sanguínea.

No entanto, é preciso atentar-se quanto à quantidade diária de vinho que você irá consumir – pois, por se tratar de uma bebida alcoólica, o vinho também pode trazer alguns malefícios para o organismo. Consulte um nutricionista para tirar quaisquer dúvidas em relação à quantidade ideal de vinho que seu organismo pode ingerir.

Muito usado na culinária, o vinho, ao ser fervido, perde grande parte de seu álcool. Sendo assim, uma recomendação de receita com vinho é essa saborosa Carne de Panela ao Molho de Vinho.

Salmão

O salmão é um tipo de peixe que traz diversos benefícios para a saúde do organismo. Rico em ômega-3 e em gorduras insaturadas, ele pode ajudar no bom funcionamento de órgãos como o coração e o cérebro, prevenindo doenças cardiovasculares e neurológicas.

Os benefícios que o salmão proporciona para o coração incluem:

  • Melhora da pressão arterial
  • Regula o ritmo cardíaco
  • Reduz inflamações
  • Reduz os níveis de triglicerídeos na corrente sanguínea

O salmão pode ser preparado de diversas formas e a recomendação de receita que temos para você é a de Escondidinho de Mandioquinha e Salmão.

Tofu

O tofu é um alimento feito com soja, extremamente rico em proteínas e outros nutrientes que fazem bem para a saúde do organismo, ajudando principalmente na digestão.

Para o coração, o tofu ajuda a melhorar a coagulação sanguínea e a evitar inflamações. Isso acontece porque o tofu é rico em minerais e gorduras insaturadas que ajudam no bom funcionamento do coração, prevenindo o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

O tofu é um alimento que pode ser preparado de diversas formas, e é pensando nisso que nossa recomendação é essa saborosa receita de Sopa de Ervilha com Tofu.

Batata-doce

Os efeitos que a batata-doce proporcionam para o organismo na verdade estão mais ligados à redução de possíveis danos. Como a batata-doce possui níveis menores de glicose em sua composição nutricional, ela pode evitar problemas de saúde referentes ao aumento da pressão sanguínea e dos níveis de colesterol.

Muito saborosa, a batata-doce pode ser usada no preparo de diversos pratos. Sendo assim, uma recomendação de receita feita com batata-doce é a Coxinha de Batata-doce com Frango.

 

Hábitos que podem ajudar a melhorar a saúde do coração

Claro que não é apenas a alimentação que ajuda a melhorar a saúde do coração; existem alguns hábitos que ajudam mais ainda a melhorar o bom funcionamento desse órgão tão importante para o ser humano.

Alguns desses hábitos incluem:

  • Controlar a quantidade de alimentos que você ingere;
  • Praticar exercícios físicos como caminhada e ciclismo;
  • Não fumar ou beber;
  • Reduzir os níveis de sódio na sua alimentação.

E, é claro, consulte um médico e um nutricionista que possam te ajudar a manter a saúde do coração em dia. Dessa forma, é possível retardar ou prevenir o surgimento de doenças do coração.


Perguntas frequentes

  • Qual a melhor fruta para melhorar a saúde do coração?

    Frutas vermelhas como o morango e a framboesa são ótimas opções para quem quer melhorar a saúde do coração, pois podem ajudar a melhorar a pressão arterial e a coagulação sanguínea.

  • Quais alimentos fazem mal para o coração?

    Alimentos ricos em gorduras saturadas como frituras, fast food e produtos ultraprocessados, podem fazer mal para o coração.

  • Qual a melhor vitamina para o coração?

    A vitamina B1, pois ela pode fortalecer o músculo cardíaco, ajudando a prevenir problemas como a taquicardia e a insuficiência cardíaca.

    Referências

    https://www.healthline.com/nutrition/heart-healthy-foods

    https://www.webmd.com/heart-disease/ss/slideshow-foods-to-save-your-heart

    https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/heart-disease/in-depth/heart-healthy-diet/art-20047702

    https://www.medicalnewstoday.com/articles/321820

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas