Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Chá de canela e menstruação: verdades e propriedades

Legenda: 
Chá de canela: xícara com canela e chá

É muito comum ouvirmos informações desencontradas sobre chá de canela e menstruação. Alguns dizem que o chá de canela corta a menstruação; outros, que faz “descer” mais rápido. Afinal, quais informações são verdade? Para saber, é só vir com a gente neste artigo sobre o efeito do chá de canela na menstruação.

Mas antes, é importante falar um pouco sobre as propriedades da canela, suas utilizações e benefícios.

 

Propriedades da canela

Atualmente, há em torno de 250 espécies de canela descritas e cada uma possui suas particularidades. Contudo, dentre elas, apenas quatro são utilizadas como especiaria. A canela traz benefícios para o nosso organismo. Alguns deles são:

  • ajuda a prevenir doenças cardiometabólicas, como a resistência à insulina, hipertensão e obesidade;
  • auxiliar no controle de açúcar no sangue;
  • ajuda a melhorar as taxas de colesterol.

E como ela faz isso? O principal motivo é o fato de ela ser repleta de antioxidantes, que combatem os radicais livres e previnem inflamações.

Além disso, alguns estudos mostram que a ingestão de cinamaldeído (componente presente na canela) por indivíduos saudáveis acelerou seu metabolismo e diminuiu o acúmulo de gordura no sangue após uma refeição.

 

Chá de canela corta a menstruação?

Mas, afinal, o chá de canela corta a menstruação? Ou ele faz “descer” mais rápido?

Bom, o chá de canela foi utilizado como tratamento padrão para a menstruação já antes de 1900, pois a canela possui propriedades emenagogas leves. O que isso quer dizer? Quer dizer que a canela é capaz de ocasionar ou aumentar o fluxo menstrual. Na teoria, o consumo dessa infusão em situações em que a menstruação está atrasada, ativa o útero, fazendo com que haja contrações e, consequentemente, sangramento uterino.

Estudos levantam a questão de que alguns tipos de canela podem inibir o tromboxano A, substância que ocasiona o agrupamento de plaquetas sanguíneas (células do sangue que agem em ferimentos, interrompendo sangramentos) em forma de coágulos. Sendo assim, com uma coagulação menor é possível dizer que o chá aumenta o fluxo menstrual.

O chá de canela também pode reduzir cólicas menstruais, sintomas da TPM e dismenorreia (dor pélvica que aparece no primeiro dia do ciclo e cessa ao fim da menstruação). As participantes de um estudo feito durante o ciclo menstrual relataram um alívio das dores com a administração de algumas gramas de canela. Contudo, vale ressaltar que o tratamento com canela não é tão eficiente quanto os remédios para a dor.

Por outro lado, existem muitas espécies de canela e formas de prepará-la. Além disso, os sintomas associados à menstruação variam muito de uma mulher para outra. Por isso, é difícil dar uma estimativa sobre o tempo que o chá demora para fazer efeito e se há algum efeito significativo além de casos isolados.

 

Como fazer chá de canela?

Em todo caso, tomar um chá de canela, sobretudo nos dias mais frios, é sempre gostoso. Além disso, ele é um dos chás mais versáteis, podendo ser combinado com frutas e outras especiarias.

Para fazer um chá de canela simples, basta uma infusão de uma canela em pau para uma xícara de água por 10 minutos, mais ou menos. Para quem quiser incrementar sua bebida, a receita de chá de laranja, gengibre e canela é uma ótima opção, que fica pronta em 15 minutos. Para quem quer algo mais sofisticado, existe o aromático chá de maçã com canela.

 

Precauções

Mesmo que o chá seja natural, há alguns grupos que podem evitar seu consumo demasiado ou até mesmo deixar de consumir por certos períodos.

Gestantes

Embora o efeito abortivo do chá não seja comprovado cientificamente, seu consumo não é recomendado durante a gestação. De acordo com alguns estudos, plantas medicinais como a canela, o cravo e as folhas do café, quando infusionados, podem ocasionar um parto prematuro por conta das ações que geram no útero.

Hipertensos e pessoas com doenças do coração

Cientistas apontam que a canela, apesar de ter propriedades que previnem a pressão alta e o risco de ataques cardíacos, pode ser prejudicial para pessoas que já possuem doenças do coração. O motivo disso é que alguns estudos apontam para o aumento da tensão arterial após o consumo desse ingrediente.

Pessoas com distúrbio de coagulação

Como citado anteriormente, o consumo desmedido de canela pode levar a alguns problemas de coagulação sanguínea em ferimentos. E é exatamente por isso que pessoas com distúrbios coagulatórios devem se atentar ao consumo de canela.

Em todos os casos citados acima, o mais indicado é a orientação profissional. Consulte seu médico ou especialista sobre o consumo de canela e livre-se de dúvidas.


Perguntas Frequentes

  • A canela faz mal?

    Apesar de ser um ingrediente natural, a canela deve ser consumida com moderação, mesmo que em forma de chá. Em altas quantidades ela pode ser tóxica e afetar o corpo negativamente, desde o sistema digestivo até o sistema nervoso, por conta da cumarina, substância presente na canela e que causa danos para o ser humano quando ingerida exageradamente.

  • Para que serve o chá de canela?

    Ele pode ser útil para dar disposição, auxilia em processos inflamatórios, pode melhorar a eficiência da insulina no corpo, auxiliar na digestão e prevenir envelhecimento precoce. A canela é rica em antioxidantes e tem propriedades anti inflamatórias, antibactericidas e antifúngicas.

  • Referências

    https://revistas.unipar.br/index.php/saude/article/download/5515/3282

    http://books.scielo.org/id/xf7vy/pdf/almeida-9788523212162-05.pdf

    https://app.uff.br/riuff/bitstream/1/6711/1/Dissereta%C3%A7%C3%A3o%20de%20Mestrado%20-%20Ana%20Luiza%20Sant%20Anna%20da%20Costa%20Silva.pdf

    https://www5.pucsp.br/maturidades/sabor_saber/index-53.html

    https://www.asbran.org.br/noticias/metodo-traca-perfil-mais-detalhado-dos-tipos-de-gordura-presentes-no-sangue

    https://www.healthline.com/nutrition/cinnamon-tea-benefits#TOC_TITLE_HDR_10

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas