Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Como escolher alimentos pelo rótulo: o que observar

Legenda: 
Alimentos pelo rótulo

Escolher um alimento saudável não precisa ser uma tarefa difícil: ao analisar direitinho o rótulo dos produtos, você descobre muitas informações valiosas sobre eles, como ingredientes, nutrientes, valor energético e mais.

Neste artigo, veja os principais elementos a que você deve prestar atenção quando estiver analisando o rótulo dos alimentos.

 

Como escolher alimentos pelo rótulo

Para montar uma alimentação saudável, você deve, antes de tudo, consultar um nutricionista, a fim de que o profissional crie um cardápio semanal variado de acordo com suas necessidades nutricionais específicas.

Depois disso, você pode escolher alimentos ricos em determinados nutrientes e pobres em outros, de acordo com as recomendações médicas. Para saber quais alimentos priorizar, fique de olho nas seguintes partes do rótulo:

Lista de ingredientes

Para entender certinho o que está comprando, você deve dar uma olhada na lista de ingredientes do rótulo, que informa todos os ingredientes que compõem o produto. De acordo com a lei brasileira, os ingredientes devem aparecer em ordem decrescente de quantidade, ou seja, as substâncias mais utilizadas devem aparecer nas primeiras posições da lista. Assim, prefira alimentos que têm uma lista de ingredientes curta, com substâncias conhecidas e saudáveis logo no início.

Caso não encontre a lista de ingredientes no rótulo, não se desespere: para alimentos compostos por apenas um ingrediente, como alguns tipos de açúcar, café e farinha, ela não é obrigatória.

Prazo de validade

Um dado que deve estar presente em qualquer rótulo é o prazo de validade, que se refere ao período máximo em que o produto ainda será próprio para consumo. Então, na hora de escolher um alimento pelo rótulo, não deixe de olhar o prazo de validade para evitar comprar produtos quase vencidos.

Tabela nutricional

Consumir alimentos nutritivos é sempre uma boa ideia, uma vez que os macro e micronutrientes participam de diversos processos metabólicos. Nos rótulos, além dos nutrientes em si, também estão determinadas suas quantidades em relação ao Valor Diário de referência (VD), ou seja, o quanto aquela quantidade de nutriente presente em determinada porção do alimento representa em relação ao total que deve ser ingerido diariamente.

Cada nutriente tem seu próprio VD, estabelecido a partir de uma dieta de 2000 kcal ou 8400 kJ. Contudo, esses valores são genéricos, então para saber a quantidade ideal de cada nutriente que você deve ingerir por dia, de acordo com suas necessidades nutricionais específicas, consulte um nutricionista.

Valor energético

O valor energético equivale à quantidade de calorias do alimento. Caso esteja seguindo uma dieta de restrição calórica com acompanhamento médico, você deve analisar bem os rótulos e priorizar alimentos nutritivos e pouco calóricos.

Vitaminas e minerais

Esses micronutrientes trazem diversos benefícios para a saúde e devem estar presentes em qualquer dieta saudável. Por esse motivo, você deve comparar os rótulos dos alimentos e priorizar opções com alto percentual de vitaminas e minerais em relação ao Valor Diário de referência (VD).

Contudo, lembre-se de tomar cuidado com a ingestão de sódio, uma vez que o consumo excessivo desse mineral pode elevar a pressão arterial e causar outros problemas de saúde sérios.

Fibras e proteínas

As fibras e as proteínas também realizam funções importantes no organismo: as primeiras estimulam o fluxo intestinal, enquanto as segundas participam da constituição de células, tecidos e órgãos. Caso o nutricionista recomende uma dieta rica em proteínas ou fibras, procure nos rótulos opções com alto teor desses nutrientes em relação ao VD.

Carboidratos e gorduras

Esses dois nutrientes são vistos como vilões da saúde por muitas pessoas, porém, tanto os carboidratos quanto as gorduras devem fazer parte de uma alimentação saudável, desde que sejam consumidos com moderação e de acordo com as recomendações médicas.

Na hora de analisar os rótulos dos alimentos, prefira opções com açúcares naturais e gorduras insaturadas, que oferecem mais benefícios ao organismo. Já as gorduras trans, encontradas em alimentos industrializados preparados com gorduras vegetais hidrogenadas, devem ser evitadas por completo, uma vez que não são reconhecidas como nutrientes pelo organismo e são prejudiciais à saúde.

Agora que você sabe como escolher alimentos saudáveis pelo rótulo, coloque seus conhecimentos em prática na próxima vez que for ao supermercado e faça escolhas conscientes.

No site Que bem que faz, você confere dicas para seguir um estilo de vida saudável de uma forma simples e prática. Acesse-o e veja também artigos completos sobre Saúde, Bem-estar, Alimentação e Vida equilibrada.


Perguntas frequentes

  • Como escolher alimentos saudáveis pelo rótulo?

    De acordo com as recomendações médicas, você pode escolher alimentos ricos em proteínas, vitaminas, minerais ou outros nutrientes observando a tabela nutricional e a lista de ingredientes. Você também pode comparar os rótulos dos alimentos para escolher aquele que melhor satisfaz suas necessidades nutricionais e calóricas.

  • O que devo observar no rótulo do produto?

    Antes de comprar um produto, você deve observar: o prazo de validade, para não comprar produtos perto do vencimento; a lista de ingredientes, para entender direitinho do que o alimento é composto; e a tabela nutricional, para ver quais nutrientes estão presentes naquele alimento e em que quantidade.

Fontes

https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/alimentos/rotulagem/arquivos/4703json-file-1

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas