Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Consciência Alimentar e bem-estar | Nestlé

Créditos: 
Legenda: 
Bianca Naves

Você sabia que o Brasil é o 4º maior consumidor de açúcar do mundo? Esse número foi levantado pela Sucden, uma multinacional do ramo açucareiro em um estudo realizado em 2014. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) apenas 10% dos alimentos consumidos por dia deveriam vir do açúcar, mas os brasileiros consomem aproximadamente 16,3% do valor calórico total diário recomendado.

O açúcar ou o docinho de sobremesa não são vilões e podem fazer parte do cardápio saudável desde que sejam consumidos de maneira consciente, equilibrada e na quantidade adequada. Cortar qualquer tipo de açúcar da alimentação podem ser um enorme desafio - o segredo é desenvolver a consciência alimentar e aprender a entender o nosso próprio corpo, como a fome, saciedade, sede e o sono.

Fazer melhores escolhas deve ser a estratégia constante de um conjunto de ações ligadas ao comportamento, que está diretamente associada ao estilo de vida saudável. A prática de bons hábitos promove bem-estar, e é o próprio bem-estar que contribui positivamente para a prática e a manutenção das boas escolhas.

Praticar a inclusão de alimentos essenciais, como por exemplo, frutas, legumes e verduras, ao invés da restrição de outros alimentos, também é uma estratégia para a melhoria dos hábitos de vida. Além disso, organizar e planejar a rotina alimentar é parte importante de todo esse processo.

O ideal é que o consumo de açúcar fique no máximo em torno de 1 porção/dia de aproximadamente 25g. Por isso, é importante dosar o tamanho das porções e escolher as opções com embalagens individuais ou avulsas. Uma sugestão é planejar qual o melhor momento para consumir esse alimento doce e evitar o açúcar de adição (aquele que usamos para adoçar bebidas, etc).

Essas pequenas ações diárias fazem parte de um comportamento de sucesso. Praticar atenção plena (mindful eating) durante as refeições e lanches intermediários é uma recomendação para se adquirir consciência alimentar e sobretudo, encontrar prazer e satisfação nas boas escolhas do dia a dia.

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas