Dieta Cetogênica: O que é e como funciona?

Legenda: 
Dieta Cetogênica

As dietas estão cada vez mais em alta, principalmente por conta do impacto enorme das redes sociais, onde influencers difundem cada vez mais dietas diferentes.

Nesse artigo vamos discutir as questões sobre a dieta cetogênica. E aí, já ouviu falar dela? Se não, continue aí porque vamos falar mais sobre ela e qual o grupo de pessoas que ela é destinada.

 

O que é uma dieta cetogênica?

A dieta cetogênica nada mais é do que uma dieta com baixa ingestão de carboidratos, que têm seu consumo reduzido a 20-50 gramas por dia, o que corresponde a 10 a 15% das calorias totais diárias (lembrando que a recomendado geralmente é a partir de 55%). Na prática, isso quer dizer que ela elimina alimentos como pães, massas, açúcares e arroz.

O objetivo da dieta cetogênica é fazer o corpo “queimar” gorduras em vez de carboidratos para obter energia, que é o que ele faz normalmente. Quando o organismo passa a usar gordura acumulada para obter energia, ela é quebrada em ácidos graxos e… corpos cetônicos, daí o nome da dieta. Esses corpos cetônicos são substâncias que resultam desse processo de converter gordura em energia.

 

Quem deve fazer a dieta cetogênica?

A dieta cetogênica é indicada principalmente com o objetivo de controlar e prevenir convulsões ou crises de epilepsia. No entanto, ela pode também ser recomendada para tratar a obesidade, diabetes tipo 2 e, em alguns casos, câncer – já que as células cancerígenas são nutridas principalmente por carboidratos.

Agora, para compensar a redução de carboidratos, é indicado aumentar o consumo de alimentos ricos em proteínas, fibras e gorduras. Além disso, para a dieta cetogênica ser realizada de forma saudável, é importante prestar atenção nas fontes de gordura que serão consumidas. As gorduras saturadas podem ser substituídas em uma dieta balanceada pelas gorduras monoinsaturadas e as poli-insaturadas (mais saudáveis), que são encontradas em muitos alimentos, que incluem:

  • Peixes: como salmão, sardinha e cavalinha;
  • Ovos;
  • Sementes e nozes;
  • Azeite de oliva;
  • Frutas: como o abacate e o coco.

Outro ponto que deve ser considerado é que esta dieta seja feita com a orientação de um nutricionista, já que, por ser muito restritiva, é necessário fazer uma avaliação nutricional completa para saber se é possível ou não realizá-la de forma segura.

 

Os benefícios da dieta cetogênica

A dieta cetogênica apresenta uma série de benefícios além dos que já falamos.Vamos listar mais alguns deles:

1. Aumenta o colesterol HDL: já que surge a necessidade de aumentar o consumo de frutas, verduras, legumes e gorduras insaturadas, os níveis de HDL, o colesterol bom, são elevados no sangue.

2. Controla o apetite: ao ingerir mais proteínas, fibras e gorduras, o nível de saciedade é maior.

3. Aumento de disposição e energia: a perda de peso e a manutenção de bons níveis de açúcar e triglicerídeos no sangue promovem bem-estar físico e mental.

4. Estimulação da perda de peso e queima de gordura abdominal.

5. Controle da pressão arterial e diminuição de sintomas da síndrome metabólica.

Por outro lado, alguns efeitos colaterais da dieta cetogênica podem aparecer nos primeiros dias, como dores de cabeça e pelo corpo e mal-estar. Eles acontecem porque o organismo ainda não se adaptou a modificação de fonte de energia primária, que antes era o carboidrato, e passa a ser gordura.

 

Quais alimentos podem ser consumidos na dieta cetogênica?

Apesar de restringir carboidratos, a dieta cetogênica, quando bem feita, não abre mão de outros nutrientes e pode ser muito gostosa, por que não? Há muitas opções de alimentos. Aqui vão algumas:

  • Frutas: morango, abacate, coco, kiwi ,framboesa, limão, mirtilo;
  • Gorduras: manteiga ,castanhas, azeite;
  • Proteínas: carnes, peixes, frango ,ovos, queijos, iogurtes.

Ainda é necessário ressaltar mais uma coisa: a dieta cetogênica não deve ser seguida por um longo período de tempo. Todos os grupos alimentares – inclusive os carboidratos – são importantes para a boa saúde.

Por fim, vale reforçar: qualquer mudança radical na alimentação, principalmente pela adoção de uma dieta, deve ser acompanhada de um nutricionista para monitorar de perto a sua saúde.

E se você quer saber mais sobre alimentação e saúde, explore o site do Que Bem que Faz, e use Chat Nutri para tirar suas dúvidas sobre saúde e nutrição em tempo real e nutra-se de informação!

Agora que você já sabe o que é dieta cetogênica, que tal conhecer os primeiros passos para uma dieta saudável? E se quiser saber mais sobre saúde e alimentação, recomendamos que explore o site do Que Bem que Faz.


Perguntas frequentes

  • Fazer dieta cetogênica emagrece?

    Você pode emagrecer fazendo uma dieta cetogênica, já que o consumo de carboidratos é cortado profundamente. Porém, como ela implica uma mudança radical na alimentação, a recomendação é procurar um nutricionista antes.

  • Posso começar a minha dieta cetogênica?

    A dieta cetogênica não é para qualquer pessoa e, de novo, não é bom que ela seja feita sem acompanhamento. Os carboidratos são necessários para uma alimentação balanceada e por isso devemos ter cautela.

  • REFERÊNCIAS:

    TAUBES,GARY EM DEFESA DA DIETA CETOGÊNICA, Repensando o controle de peso e a ciência da alimentação low-carb e rica em gorduras 1 Ed São Paulo 2021.

  • Danial NN, Hartman AL, Stafstrom CE, Thio LL. Como funciona a dieta cetogênica? Quatro mecanismos potenciais. Journal of Child Neurology. 2013; 28 (8): 1027–1033. - PMC - PubMed

     
  • Paoli A. Dieta cetogênica para obesidade: amiga ou inimiga? Jornal Internacional de Pesquisa Ambiental e Saúde Pública. 2014; 11: 2092–2107. - PMC - PubMed

     
Contribuição de:
Melina Conejo
Melina Conejo

Nutricionista clínica especializada em terapia nutricional.

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas