Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Imagem ilustrando para que serve dente-de-leão.

Dente de leão: para que serve, usos e benefícios!

Compartilhar
Atualizado em  novembro 2023

O dente-de-leão é uma planta que tem sido utilizada na medicina popular há séculos devido às suas propriedades medicinais. A planta é nativa de regiões da Europa, Ásia e América do Norte - no entanto, é muito comum se perguntar para que serve dente-de-leão. 

Apesar de ser considerada uma erva daninha em muitos jardins, essa planta possui uma ampla gama de benefícios para a saúde. 

Neste artigo, exploraremos as propriedades nutricionais do dente-de-leão, sua possível capacidade antioxidante, anti-inflamatória e como ele pode apoiar o sistema imunológico.

Propriedades nutricionais do dente-de-leão

O dente-de-leão é uma excelente fonte de nutrientes essenciais para o nosso organismo. Ele é rico em vitaminas A, C, E e K, bem como em várias vitaminas do complexo B. 

Além disso, contém minerais importantes, como cálcio, ferro, magnésio, potássio e zinco. Essa riqueza nutricional faz do dente-de-leão um alimento altamente benéfico para ajudar na manutenção da saúde.

Capacidade antioxidante

Uma das características mais notáveis do dente-de-leão é a sua possível capacidade antioxidante

Antioxidantes são substâncias que podem ajudar a proteger as células do organismo contra danos causados pelos radicais livres, que são moléculas instáveis que podem contribuir para o envelhecimento celular e o desenvolvimento de doenças. 

Os antioxidantes presentes no dente-de-leão, como os carotenóides e os flavonoides, podem ajudar a neutralizar os radicais livres e a reduzir o estresse oxidativo no corpo.

Possível efeito anti-inflamatório

O dente-de-leão também pode ajudar com suas propriedades anti-inflamatórias. Estudos demonstraram que certos compostos presentes no dente-de-leão, como os fitoquímicos e os ácidos fenólicos, podem ser um dos fatores que diminuem a capacidade inflamação no organismo. 

Isso pode ser benéfico para pessoas que sofrem de doenças inflamatórias crônicas, como artrite, doenças cardíacas e doenças autoimunes.

Suporte ao sistema imunológico

O sistema imunológico desempenha um papel fundamental na proteção do organismo contra infecções e doenças. O dente-de-leão, por sua vez, contém substâncias que podem estimular e fortalecer o sistema imunológico, ajudando o corpo a combater agentes patogênicos e a se manter saudável. 

Além disso, alguns estudos sugerem que o dente-de-leão pode ter propriedades antimicrobianas.

Pode ter ação diurética

O dente-de-leão é conhecido por sua ação diurética, que pode ser atribuída à presença de potássio em sua composição. Essa propriedade torna o dente-de-leão uma das possibilidades para complementar no tratamento de condições como infecção urinária e retenção de líquidos. 

No entanto, é importante ressaltar que o seu uso deve ser feito de acordo com a recomendação médica, garantindo assim um uso adequado e seguro.

Pode ajudar a proteger o fígado

Estudos têm demonstrado que o dente-de-leão contém polifenóis, flavonoides e polissacarídeos que podem exercer efeitos benéficos sobre as funções hepáticas. Essas substâncias podem auxiliar na redução da inflamação e do dano oxidativo, comumente associados a alterações no fígado

Além disso, o dente-de-leão pode atuar como um protetor hepático, ajudando a neutralizar os efeitos de substâncias tóxicas, como produtos químicos industriais e medicamentos em doses mais elevadas.

Além de sua capacidade protetora, a planta também pode contribuir para a regeneração do fígado e para a redução dos níveis acumulados de gordura hepática. 

É importante ressaltar que o uso do dente-de-leão como parte do tratamento deve ser sempre orientado por um profissional de saúde, garantindo assim uma abordagem adequada e segura.

Experimentação responsável e orientações

Embora o dente-de-leão ofereça muitos benefícios potenciais para a saúde, é importante destacar a importância da experimentação responsável. Antes de utilizar o dente-de-leão como parte de um tratamento ou incorporá-lo à dieta, é aconselhável consultar um profissional de saúde qualificado

Cada indivíduo é único e pode ter diferentes necessidades e condições de saúde que devem ser consideradas.

O dente-de-leão é uma planta que pode ser benéfica para a saúde, possuindo propriedades nutricionais valiosas. Porém, por ser uma planta amplamente disponível, é importante obter orientações personalizadas de profissionais de saúde para aproveitar ao máximo os benefícios do dente-de-leão e evitar quaisquer contra indicações ou interações medicamentosas.

Experimente incorporar o dente-de-leão à sua alimentação de forma responsável, explorando receitas e chás que o incluem como ingrediente. Lembre-se sempre de que um estilo de vida saudável é composto por uma alimentação equilibrada, prática regular de atividades físicas e cuidados médicos adequados. 

Ao adotar o dente-de-leão como parte de seus hábitos saudáveis, você pode colher os benefícios dessa planta versátil e promover sua saúde e bem-estar de maneira natural!

Se você deseja ler mais conteúdos sobre saúde e bem estar, confira o portal do QBemQFaz!


Perguntas frequentes

Para quem é indicado o chá de dente-de-leão?

O chá de dente-de-leão é indicado para pessoas que desejam aproveitar os benefícios medicinais dessa planta. No entanto, é sempre importante lembrar que cada pessoa é única, por isso, é recomendado consultar um profissional de saúde antes de incorporar o chá de dente-de-leão à rotina.

Para que serve dente-de-leão e como tomá-lo?

O dente-de-leão tem diversos usos e benefícios para a saúde. Ele pode ser utilizado como um diurético natural, é conhecido por seu suporte à saúde do fígado, possível melhora da digestão, estimular o apetite e fortalecer o sistema imunológico.

Para tomar o dente-de-leão, uma opção comum é preparar o chá. Confira a receita:

  • 1 colher de chá de folhas de dente-de-leão em uma xícara de água quente e deixar em infusão por aproximadamente 5 a 10 minutos; 

  • Após esse período, coe o chá e estará pronto para consumo.

Quais os benefícios do dente-de-leão para o fígado?

O dente-de-leão pode oferecer benefícios para a saúde do fígado - com o auxílio na digestão de gorduras e contribuição para a desintoxicação do organismo. Além disso, o dente-de-leão pode oferecer propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, que podem ajudar a proteger o fígado contra danos causados por radicais livres e inflamação.

Quem não pode tomar chá de dente-de-leão?

Embora o chá de dente-de-leão seja considerado seguro para a maioria das pessoas, existem algumas condições e situações em que o seu consumo pode não ser recomendado. Pessoas que possuem obstrução das vias biliares, cálculos biliares ou úlceras no estômago devem evitar o uso do dente-de-leão, pois ele pode estimular a produção de bile e agravar essas condições. Além disso, mulheres grávidas, lactantes e pessoas que estejam fazendo uso de medicamentos prescritos devem consultar um profissional de saúde antes de utilizar o chá de dente-de-leão, pois pode haver interações ou contraindicações específicas. Ele também não deve ser oferecido para crianças menores de 2 anos. É sempre importante buscar orientação

Referências

Estudo dos Efeitos Biológicos dos Extratos Aquosos da Taraxacum Officinale. Centro Universitário Estadual da Zona Oeste, 2019.

Roda de Conversa sobre Plantas Medicinais. Farmácia Viva do Cerpis, 2019.

Dandelion: Health Benefits and Side Effects. Healthline, 2023. 

Dandelion: Health benefits, research, and side effects. Healthline, 2023. 

O QbemQfaz é um portal de conteúdos sobre saúde, nutrição, bem-estar e alimentação saudável da Nestlé. Os conteúdos desse site têm caráter informativo e não substituem o aconselhamento e acompanhamento médico, nutricional e de outros profissionais de saúde.