Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Sódio é sal? Entenda a diferença entre sal e sódio.

Créditos: 
Legenda: 
Sódio é sal: Saleiro com um copo de vidro do lado

Provavelmente você já viu essas palavrinhas sal e sódio, que estão muitas vezes juntas. E, por esse motivo, pode parecer que são a mesma coisa. Afinal, sódio é sal?

Tire essa dúvida no nosso artigo e saiba também qual a quantidade recomendada de sal por dia e como reduzir o consumo de sal.

 

Sódio é sal? Não é bem assim

O sódio é um dos elementos químicos mais abundantes na Terra e também está presente no famoso cloreto de sódio, mais conhecido como sal de cozinha. Agora, sódio é sal? Eles são a mesma coisa? O sal de cozinha é composto por 41% de cloreto e 39% de sódio e, devido ao seu consumo, é a principal fonte de sódio na alimentação das pessoas.

A Pesquisa de Orçamentos Familiares mostrou em sua versão mais recente que o sal de cozinha contribui com 71,5% do total do sódio ingerido. E isso é muita coisa!

 

O consumo de sal e sódio por meio da alimentação e seus efeitos na saúde

O sódio é muito importante para diversas funções no organismo, como, por exemplo, para a contração muscular, manutenção da pressão arterial e hidratação. É muito comum uma pessoa que esteja com pressão baixa consumir um pouco de sal para que ela retorne aos níveis normais.

Contudo, seu consumo em excesso de forma prolongada, assim como tudo na vida, pode desencadear alguns problemas de saúde, como pressão alta e algumas doenças cardiovasculares por consequência da alteração na pressão, como, por exemplo, o AVC (Acidente Vascular Cerebral).

 

Qual a quantidade de sal recomendada por dia?

O consumo equilibrado de sal e consequentemente do sódio é, portanto, essencial para a saúde. Porém, dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia mostram que o brasileiro consome mais que o dobro do que a recomendação de 5g diárias (o que seria equivalente a 5 sachês de 1g), medida estabelecida pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

 

Como reduzir o consumo de sal?

Algumas pessoas podem achar difícil diminuir o sal na comida, já que ele é um ingrediente presente em vários pratos. Foi para elas que separamos quatro dicas de como reduzir o consumo de sal. São atitudes simples, e todas têm a ver com prestar atenção ao que se come. Outra ideia que ajuda é ter consciência de que “reduzir o sal” não é “cortar o sal”, que tem seu espaço em uma alimentação equilibrada.

  • Aumentar o consumo de alimentos naturais: acrescente mais verduras, legumes e frutas à sua alimentação, pois essas comidas geralmente não contêm muito sal e são benéficas para a saúde como um todo;
  • Prestar atenção ao rótulo dos produtos no supermercado: todos os produtos que a gente encontra no supermercado trazem informações nutricionais na embalagem ou rótulo, o que facilita a vida de quem quer reduzir o consumo de sal. É possível escolher opções com menos sódio para equilibrar o nosso cardápio.
  • Cozinhar com menos sal: na hora de preparar suas receitas, você pode usar alternativas ao sal, como pimenta, páprica, cebola, alho, gengibre, ervas, especiarias e outros temperos sem sal;
  • Escolher pratos com menos sódio: mesmo ao comer fora de casa, você pode controlar – relativamente – a quantidade de sal que ingere. Para isso, maneire nos recheios, ingredientes e condimentos muito salgados, como queijo cheddar, molho barbecue, bacon, presunto, picles e calabresa. Ah, sim: também vale a pena reduzir a quantidade de sal que se põe no prato quando o restaurante tem sachês ou saleiro à disposição.

Para saber mais sobre mudança de hábitos alimentares, vale a pena ler o nosso artigo sobre reeducação alimentar. E para saber mais sobre alimentação em geral e descobrir várias dicas de saúde e bem estar, é só acessar a home do Que bem que faz e navegar pelo nosso conteúdo.

 

Perguntas frequentes

  • Qual é a diferença entre sal e sódio?

    O sal de cozinha é o tal cloreto de sódio, que é composto, logicamente, por cloro e sódio.

  • Qual é a quantidade de sal recomendada por dia?

    Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a quantidade recomendada é de 5g diárias.

  • Como diminuir o consumo de sal?

    Você pode seguir algumas medidas simples para reduzir o consumo de sal, como evitar comidas prontas, cozinhar com temperos naturais e aumentar o consumo de alimentos naturais, como frutas, verduras e legumes.

Fontes:

SBAN. Sal e Sódio no Contexto Alimentar Contemporâneo. 2014.

https://www.nhs.uk/live-well/eat-well/tips-for-a-lower-salt-diet/

https://www.cdc.gov/salt/reduce_sodium_tips.htm

https://www.healthline.com/health/food-nutrition/ultra-processed-foods

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas