Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Mesa cinza escuro com diversas colheres e tipos de temperos diferentes.

Tipos de temperos: seu guia completo

Compartilhar
Atualizado em  novembro 2023

O que seria da culinária sem os temperos? Eles acrescentam um toque especial a cada prato!. Seja adicionando sabor, aroma, alterando cores ou até mesmo realçando o sabor do próprio alimento - existem diversos tipos de temperos para testar! 

No entanto, temperar com ervas e especiarias pode ser complicado se você não estiver familiarizado com os sabores e combinações. Mas, com as informações certas, é possível fazer pratos com sabores incríveis!

Por isso criamos um guia para mostrar alguns tipos de temperos mais comuns, que podem estar escondidos em seu armário - e ensinar como usá-los! Veja abaixo uma ideia do sabor que cada tempero adiciona à sua refeição, quais deles combinam bem e a quais alimentos adicioná-los.

Vamos conhecer?

 

Temperos básicos

Sal

O sal é um dos temperos mais comuns e essenciais na cozinha. Ele é usado para realçar o sabor dos alimentos e pode ser encontrado como sal marinho refinado ou como sal grosso. 

Como ele desidrata, também desempenha um papel importante na preservação dos alimentos, por isso era muito utilizado antes da existência das geladeiras. No entanto, é recomendado consumi-lo com moderação, pois em excesso, pode estar associado a problemas de saúde, como pressão alta.

Pimenta

A pimenta é um tempero amplamente utilizado para adicionar um toque picante e saboroso aos pratos. Além disso, pimentas podem ter propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias

Existem muitas variedades, incluindo a pimenta-do-reino, a pimenta caiena, a pimenta calabresa, a malagueta, dedo de moça, de cheiro, biquinho… como dissemos, são muitas! 

A pimenta-do-reino é a mais comumente utilizada e combina bem com uma ampla variedade de alimentos, como carnes, aves, peixes, legumes e molhos.

Açúcar

O açúcar é um tempero doce utilizado em sobremesas, bebidas e até mesmo em algumas preparações salgadas, para equilibrar a acidez. Assim como o sal, seu nível de processamento faz com que existam diferentes tipos de açúcar: branco, demerara, mascavo, refinado, cristal e açúcar de confeiteiro. 

Ele proporciona sabor doce aos alimentos e é frequentemente utilizado em bolos, biscoitos, geléias, cafés, chás e molhos agridoces. No entanto, é importante consumir o açúcar com moderação, pois o consumo excessivo pode contribuir para o aparecimento de doenças crônicas, como a obesidade e a diabetes.

Ervas

As ervas são tesouros da natureza, repletas de aroma e sabor - explore suas infinitas possibilidades e deixe-se levar por uma experiência gastronômica!

Manjericão

O manjericão é uma erva aromática muito usada na culinária italiana, para compor o molho de tomate que vai nas massas e pizzas. Este tipo de tempero também combina bastante com queijos e saladas. Além do sabor agradável, o manjericão pode contribuir com antioxidantes e possui propriedades antimicrobianas.

Alecrim

O alecrim é uma erva originária do Mediterrâneo, com sabor intenso e levemente amargo, frequentemente usado em marinadas para carnes, aves e peixes grelhados. No entanto, também pode ser adicionado a pratos assados, sopas e molhos. 

Tomilho

O tomilho é uma erva aromática com sabor terroso e ligeiramente adocicado. É usado em diversos pratos, como assados, sopas, molhos e marinadas, pois combina bem com carnes, vegetais assados, feijão e queijos. 

Além do sabor que acrescenta aos pratos, o tomilho pode ajudar por ser rico em antioxidantes e possuir propriedades antibacterianas.

Orégano

O orégano é uma erva aromática com sabor forte e levemente amargo, que  contém compostos antioxidantes e anti-inflamatórios. Assim como o manjericão, é um ingrediente chave em pratos italianos, como pizzas, massas, molhos de tomate e saladas. 

O orégano também combina bem com carnes, peixes, legumes, queijos - e quem sabe misturando ingredientes em uma omelete.

Salsinha

A salsinha é uma erva versátil com um sabor fresco e levemente picante, e pode ser benéfica por ser rica em vitaminas A e C. É usada como um complemento para finalizar saladas, sopas, molhos e marinadas, além de ser usada para decorar os pratos.

Cebolinha

A cebolinha é uma erva com um sabor delicado, que remete à cebola. É um dos tipos de temperos muito utilizados na culinária asiática, mas também é comum em pratos ocidentais, sendo bastante usada no Brasil. 

A cebolinha é um ótimo complemento para saladas, sopas, molhos, marinadas e pratos com ovos. Ela é rica em vitaminas A e C, além de minerais como potássio e cálcio.

Coentro

O coentro é uma erva com sabor distinto e refrescante. É usado na culinária mexicana, indiana, tailandesa e, no Brasil, é super comum no Nordeste. 

O coentro é ótimo para adicionar sabor a pratos como bobó de camarão, moqueca, guacamole, curry, salsas e saladas. 

Sálvia

A sálvia é uma erva com sabor forte e ligeiramente amargo, geralmente usada em pratos de carne, como assados e guisados - e este mignon suíno com manteiga e sálvia

Além disso, a sálvia também pode ser utilizada em molhos, sopas, marinadas e infusões de chá.

Hortelã

A hortelã é uma erva super refrescante e com um sabor levemente adocicado, que pode ajudar com suas propriedades digestivas e possibilidade de ajudar a aliviar sintomas de desconforto estomacal. 

É amplamente utilizada em bebidas, como chá de hortelã, sucos, coquetéis e também em sobremesas. Ela também pode ser usada em pratos salgados, como saladas, molhos e marinadas. 

Louro

O louro é uma erva com sabor forte e amadeirado, muito usada no preparo de feijão no Brasil, porque realça o sabor do grão. 

Também cai bem em sopas, ensopados, molhos e marinadas. Além disso, o louro possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Temperos secos

Com uma pitada de criatividade, essas preciosidades em forma de pó nos transportam para um mundo de aromas exóticos e deliciosos! Confira os tipos de temperos secos.

Páprica

A páprica é um tipo de tempero feito a partir da moagem de pimentões vermelhos secos - por isso tem cor vermelha e sabor adocicado e picante. 

Em suas variações, você encontra a páprica doce, que é mais suave, a páprica defumada, que dá um gostinho de churrasco ao preparo, e a páprica picante, que possui um sabor mais intenso. 

A páprica é usada em pratos como sopas, ensopados, carnes, aves e peixes. Ela pode ajudar com vitamina C e outros compostos benéficos, como capsaicina, que pode ter efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes.

Canela

A canela é uma especiaria doce e bastante aromática, com um toque de picância. É frequentemente usada em sobremesas, como bolos, biscoitos, pudins e bebidas quentes. 

Ela também pode ser adicionada a pratos salgados, como ensopados, marinadas e molhos. Além do sabor agradável, a canela pode ajudar com suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Noz-moscada

A noz-moscada é uma especiaria com sabor quente, doce e ligeiramente picante. É geralmente usada em pratos como sopas cremosas, molhos, purês de batata e sobremesas, como pudins e bolos. 

No entanto, deve ser usada com moderação, pois em grandes quantidades pode ser tóxica. Se usada aos poucos, não há problema de consumo - na verdade, na quantidade certa, a noz-moscada contém compostos antioxidantes e pode ter efeitos estimulantes sobre o sistema nervoso.

Temperos exóticos

Curry

O curry é uma mistura de especiarias originária da culinária indiana que adiciona um sabor complexo e picante aos alimentos. É composto por uma combinação de vários tipos de temperos, como a cúrcuma, o cominho, o coentro, o gengibre, a canela, a pimenta e o cardamomo. 

Ele costuma ser utilizado em pratos ensopados, como este Frango ao Curry e, além da Índia, está muito presente na gastronomia dos países do sudeste asiático. Além do sabor, algumas das especiarias presentes no curry possuem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e digestivas.

Gengibre

O gengibre é uma raiz com um sabor picante e refrescante, que pode ajudar com suas propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e digestivas. 

É utilizado de três formas: fresco, em pó ou cristalizado. O gengibre é super presente na culinária asiática, especialmente em pratos como sopas, marinadas e o famoso chá de gengibre. 

Cardamomo

O cardamomo é uma especiaria com um sabor bem suave, mas que traz toques levemente adocicados e cítricos. Originário da Índia, é utilizado tanto em preparações doces como salgadas: sobremesas, chás, café, arroz, curry e molhos. 

Se você quer inovar em receitas com cardamomo, vai se surpreender com o Chocolate Quente Especial.

Zaatar

O zaatar é uma mistura de especiarias típica do Oriente Médio. Geralmente, inclui ingredientes como tomilho, gergelim, sumagre e manjericão. Ele é usado como um condimento para polvilhar sobre pães, saladas, legumes e molhos. 

Cominho

O cominho é uma especiaria com sabor terroso, bastante utilizada na culinária mexicana, indiana e do Oriente Médio. Ele está presente em pratos como o chili, o curry, em alguns ensopados e marinadas. Além do sabor, o cominho pode ajudar com suas propriedades digestivas, anti-inflamatórias e antioxidantes.

Açafrão

O açafrão é uma especiaria conhecida por sua cor amarela vibrante e um sabor terroso. É um tipo de tempero usado na culinária indiana e mediterrânea, sendo um ingrediente chave em pratos como paella, risotos, molhos e sopas. O açafrão também pode ajudar com suas propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias.

Cravo

O cravo é uma especiaria com um sabor bem forte, picante e ligeiramente doce. É usado em sobremesas, como beijinho, bolos, biscoitos e compotas, mas também pode estar presente em preparações salgadas, como molhos, marinadas e ensopados. 

Como conservar todos os tipos de temperos?

Ar, luz, umidade e calor são os quatro elementos que fazem com que seus vários tipos de tempero percam seu aroma e sabor rapidamente. Por isso, o melhor lugar para armazenar ervas secas e especiarias é em um recipiente hermético em um local fresco, escuro e seco, como uma despensa, gaveta ou armário.

Agora que você já conhece diversos tipos de temperos, experimente e descubra novos sabores para enriquecer suas preparações culinárias no portal do QBemQFaz!

 


Perguntas frequentes

Quais são os temperos mais usados?

Os tipos de temperos mais usados são sal, açúcar, pimenta, orégano, salsinha, cebolinha e manjericão.

Quais temperos básicos?

Os tipos de temperos mais básicos são sal, açúcar e pimenta.

Quais são os temperos de cozinha?

Há diversos tipos de temperos de cozinha, como os básicos sal, açúcar e pimenta. Os exóticos, como açafrão, cardamomo, cominho e curry. Os secos, como páprica e canela. E, por último, as ervas - como manjericão, alecrim, salsinha, coentro, cebolinha e orégano.

Quais são os temperos naturais mais usados?

Os temperos naturais mais usados são quatro: orégano, salsinha, cebolinha e manjericão.

 

Referências

Ultimate infographic guide spices. Cook Smarts, 2014

The ultimate guide to spices. Cook Smarts, 2013.

Horto didático. Horto Didático, 2023.

Especiarias com antioxidantes naturais. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, 2012.

O QbemQfaz é um portal de conteúdos sobre saúde, nutrição, bem-estar e alimentação saudável da Nestlé. Os conteúdos desse site têm caráter informativo e não substituem o aconselhamento e acompanhamento médico, nutricional e de outros profissionais de saúde.