Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Vitamina D e imunidade: o que você precisa saber!

Créditos: 
Legenda: 
Vitamina D e Imunidade: Salmão

A vitamina D por muito tempo foi conhecida apenas por ser um nutriente essencial para a saúde dos ossos e dentes – um trabalho feito em conjunto com o cálcio. Mas, além disso, para que serve Vitamina D? Pesquisadores têm visto que a vitamina D tem um papel fundamental nas defesas do corpo.

De um modo simplificado, vitamina D e imunidade andam juntos. Essa vitamina ajuda células que são as responsáveis pelas defesas do corpo, assim como também colabora com células que combatem infecções causadas por vírus.

E tem mais! Esse nutriente também parece aumentar a produção de citocina. Esse nome estranho é dado para uma substância que tem vários papéis no sistema imune – desde avisar o corpo sobre a presença de um invasor (como vírus, bactérias ou fungos) até ativar as células de defesa.

Carência de vitamina D

Mas quando o assunto é consumo de vitamina D, a situação não é tão bacana assim... Isso porque pesquisas mostram que 99% dos adultos brasileiros não consomem a quantidade diária recomendada desta vitamina o que pode levar à carência de vitamina D.

Um dos motivos para esse baixo consumo pode ser a presença desta vitamina em poucos alimentos, sendo alguns deles: salmão, arenque, óleo de fígado de bacalhau, leite e gema de ovos. Repare que muitas destas fontes não são do hábito alimentar do brasileiro, dificultando ainda mais a ingestão adequada da vitamina D.

Uma alternativa para conseguir atingir a recomendação diária através da alimentação é buscar por produtos que sejam fortificados com vitamina D – para isso, dê uma olhada no rótulo!

Vitamina D e imunidade: banho de sol com moderação

Os raios solares podem turbinar o duo vitamina D e imunidade. Mas, claro, com cuidado e sem exageros. Por isso, veja aqui algumas dicas sobre como aproveitar da melhor maneira a vitamina D que o sol pode te trazer – mesmo estando em casa:

  • A exposição ao sol deve acontecer pelo menos 3 vezes por semana, durante 15 a 20 minutos.
  • Escolha um horário antes das 10hs da manhã ou após 16hs, por serem horários de menor índice de radiação UVB
  • Expor apenas mãos, braços e pernas é suficiente – não é preciso deixar o rosto no sol, por exemplo
  • Abra as janelas! O vidro das janelas deixa os raios solares muito fracos, diminuindo assim sua eficiência
  • Você pode utilizar o filtro solar, já que estudos mostram que ele não interfere na produção de vitamina D pelo corpo!

Capriche na alimentação, curta momentos ao sol (mesmo que dentro de casa) e aproveite os benefícios na imunidade que a vitamina D pode trazer!

 

Perguntas frequentes

  • Quais são os benefícios da vitamina D?

    A vitamina D e a imunidade estão intimamente ligadas, já que ela ajuda as células de defesa do nosso corpo e colabora para o combate de infecções virais. Essa vitamina também está associada com a produção de citocina, substância que desempenha diversos papéis no sistema imunológico, desde sinalizar a presença de corpos estranhos até a ativação de células de defesa.

  • Existem legumes que fornecem vitamina D?

    Os alimentos de origem vegetal fornecem uma molécula análoga à vitamina D, que desempenha o papel da vitamina quando metabolizada, mas tem uma atividade menor. Por isso, é sempre bom não esquecer de tomar um sol para manter os níveis de vitamina D em dia.

  • Qual o nível ideal de vitamina D?

    O nível ideal está entre 20 e 60 nanogramas por mL de sangue, sendo os valores acima de 100 nanogramas por mL considerados como superdosagem.

Fontes:

Hewison M. Vitamin D and the immune system: new perspectives on an old theme. Endocrinol Metab Clin North Am. 2010;39(2):365-79.

Pesquisa de orçamentos familiares 2008-2009: análise do consumo alimentar pessoal no Brasil / IBGE, Coordenação de Trabalho e Rendimento. - Rio de Janeiro: IBGE, 2011. 150 p.

Sociedade Brasileira de Dermatologia. Sociedade Brasileira de Dermatologia conclui que exposição solar leve, com fotoprotetor, não impacta na produção de vitamina D. Disponível em http://www.cremepe.org.br/2018/05/09/sociedade-brasileira-de-dermatologia-conclui-que-exposicao-solar-leve-com-fotoprotetor-nao-impacta-na-producao-de-vitamina-d/

https://eaulas.usp.br/portal/video.action?idItem=26195

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas