Benefícios da água: a importância de beber água e as principais funções no nosso corpo

Legenda: 
Benefícios da água

A água é um dos elementos mais presentes em nosso corpo: cerca de 60% do peso dos adultos é composto por água. É por meio dela que nosso corpo tem suas reações bioquímicas, mantém o equilíbrio de substâncias, lubrifica os órgãos e muitas outras funções.

E é disso que vamos falar aqui: os benefícios da água – um dos elementos mais importantes para a nossa sobrevivência.

 

Água: elemento essencial para a vida

Cerca de 65% da água do nosso corpo está dentro das nossas células. Uma pequena quantidade de água é produzida pelo nosso organismo, em torno de 250 e 350 mL, mas isso é insuficiente para suprir nossas necessidades diárias. Para que consigamos fornecer ao nosso corpo a quantidade adequada de água, precisamos consumi-la diretamente e em outros alimentos.

Os benefícios da água incluem:

1. Estrutura e amortecimento: as células precisam de água para a sua estruturação e garantir seu funcionamento. A água ainda é responsável pelo amortecimento de impactos – como no caso do líquido amniótico (que protege o bebê durante a gravidez).
2. Lubrificação: a água compõe líquidos para a lubrificação do corpo, como a saliva (que tem como função principal a digestão de carboidratos na boca), o líquido sinovial (líquido presente nas nossas articulações), as lágrimas, entre outros.
3. Solvente: quem nunca ouviu falar que a água é um solvente universal? Isso significa que ela dissolve a maioria das substâncias – e isso não muda dentro do nosso corpo. Na água são dissolvidos nossos nutrientes, além de ser o meio mais eficaz onde ocorrem reações bioquímicas, contrações musculares e outros processos do organismo.
4. Transporte: um dos benefícios da água é fazer o transporte de nutrientes para as células e remover os resíduos que sobram das reações, principalmente por meio do sangue (que é um fluido que contém água).
5. Regulação da temperatura corporal: quando ficamos com calor, seja por causa da temperatura do ambiente estar alta ou por estarmos nos exercitando muito, suamos. O suor contém água, e é por meio dele que o nosso corpo tenta regular a temperatura.

Os benefícios da água também incluem hidratação geral do nosso corpo. Isso significa que é por meio dela que mantemos a nossa pele permanece elástica e hidratada, assim como nossos cabelos, órgãos e mucosas. Por isso, nos dias que bebemos pouca água, ficamos com os lábios com aspecto mais seco, assim como a pele e o cabelo.

Beber água com frequência é essencial, pois sofremos a perda desse elemento durante todo o dia através da respiração, da urina, do suor etc. Pessoas sedentárias perdem cerca de 250 a 350 mL de água pela respiração, enquanto pessoas mais ativas podem perder de 500 a 600 mL.

Os rins são os órgãos que mais controlam o balanço hídrico (a quantidade de água dentro do nosso corpo). Rins saudáveis podem filtrar até 180 L de fluidos – porém, não é tudo isso que vira urina. Cerca de 1.000 a 2.000 mL de urina é produzida por dia, apesar de depender de diversos fatores.

Quando ficamos doentes, a nossa perda de água pode ficar mais acentuada, dependendo dos sintomas. A diarréia, por exemplo, faz com que percamos muito desse elemento; por isso, quando sofremos com a diarréia, o mais adequado é controlar o quanto antes para não desidratarmos.

Desidratação

A desidratação é quando a quantidade de água em nosso corpo fica muito baixa, seja pela falta de consumo ou pela expulsão de grandes quantidades de água (por vômitos e/ou diarréia). Mas a desidratação também é causada pela baixa quantidade de sais minerais e outros líquidos.

Nem sempre a desidratação é causada por doenças. Ela pode ser ocasionada pelo excesso de calor, como efeito colateral de medicamentos, após longos períodos suando, etc. Os sintomas de desidratação incluem:

Os benefícios da água para o corpo são muitos – e, exatamente por isso, a falta desse elemento afeta muito nossas funções, desde as mais complexas até as mais simples.

A estimativa é de que os humanos não conseguem ficar de 2 a 7 dias sem consumir água, mas isso varia muito de pessoa para pessoa e condições em volta.

Hidratação excessiva

Se a pouca concentração de água no corpo não faz bem para o nosso corpo, o contrário também é verdadeiro. Consumir muita água pode fazer mal para nós. Mas por quê? Se a água é essencial para o nosso organismo, não seria bom que tivéssemos a maior quantidade possível dela reservada?

Bom, nem sempre a hidratação excessiva é causada pelo grande consumo de água. Geralmente, essa condição é ocasionada por algum distúrbio na eliminação de água pela urina, ou algum outro fator que aumente a retenção de água. Os sintomas da hidratação excessiva são:

Mas não fique com receio de beber água! Como dissemos, é muito difícil que você sofra de hidratação excessiva apenas com o consumo de água em excesso.

Se você gosta desse tipo de tema, explore o Que Bem que Faz e leia mais textos sobre alimentação saudável e saúde. Garantimos que existem diversas pautas super interessantes para você se nutrir de informação!


Perguntas Frequentes

 

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas