Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Benefícios da canela: quais são?

Legenda: 
Benefícios da canela

A canela é uma especiaria muito conhecida por ter um sabor e um cheiro característicos e é amplamente utilizada na fabricação de perfumes, doces, bebidas e demais utilidades. Ela é repleta de propriedades que podem ajudar o nosso corpo e a nossa saúde.

Neste artigo vamos falar sobre os benefícios da canela e explicar tudo o que você precisa saber sobre essa especiaria.

 

Um pouco mais sobre a canela

A canela surge de uma árvore comumente chamada de “caneleira”, originária do sul da Ásia (do antigo Ceilão). A caneleira ainda possui flores esverdeadas e fruta arroxeada.

A casca, depois de retirada, é colocada para secar; ela se enrola e daí surge a canela. Ela pode ser usada em pó ou em casca, seja em licores, doces, salgados, como tempero… A canela tem mil e uma utilidades.

Utilizada desde a antiguidade, a canela era muito valorizada na Europa – e bem difícil de obter, gerando corridas comerciais que entraram para a história. Mas se ela era tão procurada, quais são os benefícios da canela para ter tanto sucesso? Ela é realmente tudo isso que os antigos acreditavam?

 

Benefícios da canela: quais são?

A canela é repleta de propriedades que podem fazer muito por nós. Com moderação e parcimônia, ela é realmente benéfica para a nossa saúde – no caso de pessoas que não possuem alergia a ela, claro.

Antioxidantes

Os antioxidantes são importantes para a manutenção da nossa saúde como um todo. Isso porque eles dão uma forcinha para o nosso sistema imunológico, combatendo os radicais livres. Eles são muito bons para a saúde da pele, previnindo o envelhecimento.

Além de poder ser usado num ótimo chá de canela – que pode ser muito poderoso contra doenças e ajudar a aliviar os sintomas da gripe – a canela ainda serve como um condimento para preservar alimentos, já que possui um grande poder antioxidante.

Propriedades anti inflamatórias

Um dos benefícios da canela é ter propriedades anti-inflamatórias. Por isso, a canela pode ajudar desde em uma dor de garganta causada por inflamação, até com inflamações que surgem durante o período menstrual, reduzindo dores e desconfortos.

Previne doenças cardíacas

A canela pode ser uma aliada da saúde do coração; isso porque pequenas quantidades de canela ajudam a reduzir o LDL – o “colesterol ruim” – e os triglicerídeos. Isso é muito benéfico para o nosso organismo no geral, especialmente para pessoas com doenças crônicas, como a diabetes.

Em alguns estudos ainda é possível apontar que a canela aumenta o HDL, o “colesterol bom”, e ajuda a reduzir a pressão arterial.

Sensibilidade à insulina

Para os diabéticos, esse é um dos melhores benefícios da canela: uma série de estudos conseguiram constatar que, com o consumo de uma dada quantidade de canela, podemos ficar mais sensíveis à ação da insulina. A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas, que sinaliza a absorção de açúcar disponível no sangue, agindo logo após as refeições.

Pessoas com diabetes tipo 2 – ou seja, que são insulino-resistentes – sofrem com uma alta resistência à insulina, fazendo com que as taxas de açúcar no sangue fiquem altas.

O consumo frequente de canela pode prevenir a diabetes, ou ajudar num quadro de diabetes já existente. Mas, ressaltamos: se você tem diabetes ou desconfia que tem essa condição, não deixe de fazer o acompanhamento médico; e pergunte se vai ser benéfico inserir a canela na sua dieta.

Propriedades antimicrobianas

Os benefícios da canela ainda podem incluir uma ajudinha contra fungos e bactérias por conta do cinamaldeído, um componente presente na especiaria que pode inibir infecções. Ainda são necessários mais estudos em torno desse componente e suas ações efetivas, mas é possível dizer que a canela tem um grande potencial antimicrobiano.

Essa propriedade ainda pode ajudar com o mau hálito e prevenir cáries dentárias, sendo um ótimo aliado da saúde bucal.

Prevenção de doenças neurodegenerativas

Algumas propriedades podem ajudar contra doenças neurodegenerativas, como o Parkinson e o Alzheimer, que são doenças que degeneram o tecido nervoso, causando os sintomas característicos. A síndrome de Parkinson é conhecida pela falta de controle dos movimentos, principalmente dos membros periféricos, como as mãos, ocasionando um tremor constante. Já o Alzheimer ocasiona a perda de memória progressiva, fazendo com que a pessoa esqueça até mesmo as atividades feitas minutos antes.

Isso acontece porque um dos benefícios da canela é ter dois componentes que ajudam a inibir o acúmulo de tau no cérebro – uma proteína que, quando se acumula, ocasiona o Alzheimer.

A canela ainda mostrou, em alguns estudos, propriedades que ajudaram a proteger os neurônios, além de normalizar a quantidade de neurotransmissores – moléculas que atuam na transmissão de informações entre os neurônios ou dos neurônios para os músculos – e na melhora das funções motoras.

Se você tem alguma condição de saúde, como doenças no coração, intestinais ou qualquer outra, oriente-se com o seu médico primeiro antes de consumir a canela. O acompanhamento médico é muito importante para prevenir doenças e controlar as pré-existentes.

Tenha esse artigo como uma dica de saúde e siga as recomendações do seu médico! Caso queira mais informações sobre alimentação e saúde, explore o site do Que bem Que Faz.


Perguntas frequentes

  • A canela acelera o metabolismo?

    Um dos benefícios da canela, de acordo com estudos, pode ser a ação de acelerar o metabolismo. Isso pode oferecer energia para a pessoa poucos minutos após o consumo de canela, deixando mais disposta e focada. Uma das utilizações mais frequentes com esse fim é o do chá de canela, podendo ajudar na disposição diária.

  • Há algum efeito colateral com o consumo da canela?

    Consumir a canela com exagero pode trazer alguns efeitos colaterais, como maior dificuldade de coagulação sanguínea – ou seja, o sangue demora mais para ser estancado após algum ferimento. Também não é recomendada para mulheres grávidas, pois pode aumentar as contrações uterinas; nem para pessoas com doenças como o hipertireoidismo.

    https://www5.pucsp.br/maturidades/sabor_saber/index-53.html

    https://www.healthline.com/nutrition/10-proven-benefits-of-cinnamon#TOC_TITLE_HDR_8

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas