Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

6 Benefícios da groselha na sua saúde

Legenda: 
Benefícios da groselha

Quem nunca comeu um bolo ou uma sobremesa com aquela deliciosa caldinha vermelha e açucarada quando era criança? O xarope de groselha costuma fazer sucesso com o paladar dos brasileiros no período da infância, e na fase adulta ele garante o seu lugar como ingrediente em drinks alcoólicos e outras bebidas. O que poucas pessoas apaixonadas por esse caldo delicioso sabem é que, na verdade, a groselha não é um líquido, mas sim uma fruta – e das mais nutritivas, diga-se de passagem!

Quer conhecer um pouco mais sobre esse alimento maravilhoso? Então acompanhe o artigo de hoje sobre os benefícios da groselha e descubra como essa frutinha deliciosa pode contribuir com a sua saúde e bem-estar!

 

Quais são os tipos de groselha?

A variedade mais consumida da groselha no Brasil é a vermelha – é com ela que se costuma fazer o famoso xarope, e também as caldas e as geleias. Mas além dessa variedade, existem outros três tipos que fazem maior sucesso no mundo todo, que é a groselha-preta, groselha-branca e a uva-espim. A diferença entre essas frutas não está somente na coloração, o aroma e o sabor também sofrem alterações de acordo com a espécie. Mas o que todos esses alimentos compartilham entre si são a riqueza de componentes que fazem bem para a saúde e a versatilidade. Todos os benefícios da groselha podem ser encontrados em todas as variedades.

 

Quais são os benefícios da groselha?

1. Benefício da groselha: é um combo de nutrientes

A groselha é um ótimo alimento para incrementar a sua rotina alimentar, pois ela é de fácil introdução – é muito saborosa e simples de combinar com outros ingredientes – e contém todos os macronutrientes essenciais para manter o organismo funcionando bem.Para você ter uma ideia, consumir algumas unidades da fruta ao longo do seu dia (cerca de 150 gramas), seja no lanche da tarde ou no café da manhã, vai te garantir, em média, 1g de proteína, 1g de gordura, 15g de carboidrato e 7g de fibra alimentar.

Além de ajudar a bater a meta de macronutrientes diários e dar energia ao corpo, a presença desses componentes nutricionais ainda vai garantir mais alguns dos benefícios da groselha. Dê uma olhadinha nos tópicos seguintes!

2. Benefício da groselha: é rica em antioxidantes

O blend de antioxidantes presentes na fruta garantem à sua alimentação uma série de benefícios da groselha. Confira abaixo quais são essas substâncias e como elas agem no organismo:

3. Benefício da groselha: auxilia no funcionamento do intestino

Os benefícios da groselha também podem ser úteis para quem sofre com prisão de ventre e/ou gases. Isso porque, como já vimos, as fibras alimentares representam grande parte do valor nutricional da fruta. Esses componentes são essenciais para o funcionamento do sistema digestivo, pois as fibras ajudam a melhorar a digestão de outros alimentos e potencializam o trânsito intestinal. As fibras ainda representam mais um benefício da groselha: elas ajudam a prolongar a sensação de saciedade e podem contribuir para um emagrecimento saudável.

4. Benefício da groselha: é pobre em gordura

Por conta do xarope feito da fruta ser rico em açúcar, a groselha costuma ser associada a uma imagem de alimento calórico e pouco nutritivo. Como pudemos ver nos tópicos anteriores, ambas as informações não são reais, afinal, o alimento é rico em diversos macronutrientes e possui uma quantidade baixa de gorduras. Mas não é só isso! Os benefícios da groselha também englobam uma série de vitaminas, como a vitamina C, a vitamina A e a vitamina E, que garantem o fortalecimento da imunidade e uma série de outros benefícios!

5. Benefícios da groselha: ajuda a regular o açúcar no sangue

Os portadores de diabetes tipo 2 também podem se dar bem com os benefícios da groselha, pois as fibras presentes na fruta diminuem a velocidade com que a glicose é absorvida no organismo, o que ajuda a evitar os perigosos picos de açúcar.

6. Benefícios da groselha: contribui para a saúde do coração

O consumo de frutas da família dos berries (como morango, blueberry, mirtilo, cereja, framboesa, entre outras) são associadas à diminuição do risco de desenvolver doenças do coração. A boa notícia é que a groselha está entre os componentes desse grupo tão nutritivo – em inglês, groselha é gooseberry –. Isso se deve aos antioxidantes e ao potássio presentes na composição do alimento. Eles agem no fortalecimento do coração, o que impede a oxidação do colesterol ruim (LDL) no organismo e diminui o risco de ataques cardíacos.

Viu como a groselha vai muito além do xarope e pode fazer superbem para a saúde? Vale a pena incluir essa fruta na sua rotina alimentar, certamente o seu organismo vai agradecer pelo reforço! Falando em reforço na alimentação, se você quiser conhecer mais sobre outros alimentos e receber dicas sobre saúde e bem-estar, não deixe de dar uma passadinha em outras publicações aqui do Que Bem Que Faz!


Perguntas frequentes

  • Existe groselha fruta no Brasil?

    Sim! Além dos derivados do alimento, é possível encontrar a fruta em várias regiões do país. Inclusive, o Brasil é o quarto maior produtor de groselha no mundo todo.

    Qual o gosto da groselha?

    Diferente dos xaropes e caldos adocicados, o gosto real da groselha é mais puxado para azedo e ácido. Quem gosta desse tipo de sabor, provavelmente, vai se agradar da fruta.

    É melhor consumir a fruta in natura ou como ingrediente em receitas?

    A melhor forma de preservar os benefícios da groselha é consumindo o alimento in natura. Mas, caso você não goste, também é possível utilizar o alimento em diversas receitas e ainda sim aproveitar seus componentes que fazem bem para a saúde.

     

Fontes

https://abrafrutas.org/2021/11/groselha-onde-encontrar-como-comer-e-propriedades-da-fruta/ https://fdc.nal.usda.gov/fdc-app.html#/food-details/173030/nutrients http://rmmg.org/artigo/detalhes/580#:~:text=Os%20flavon%C3%B3ides%20s%C3%A3o%20esp%C3%A9cies%20n%C3%A3o,radicais%20fen%C3%B3licos%20de%20sua%20estrutura. https://docweb.epagri.sc.gov.br/website_epagri/Cedap/Trabalho-Periodico/71-Trab_periodico-aquicultura-sanidade-nutricao.pdf

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas