Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Benefícios do óleo de coco: mocinho ou vilão?

Legenda: 
Benefícios do óleo de coco

O óleo de coco se tornou muito popular nos últimos anos por ser considerado uma fonte de gordura do “bem”. Diversas propriedades milagrosas são atribuídas ao uso do óleo de coco como ingrediente ou substituto de algum alimento na dieta. Mas, afinal, quais são os verdadeiros benefícios do óleo de coco? Como ele é feito? E, afinal, para que serve o óleo de coco? Descubra um pouco mais sobre as propriedades desse alimento no artigo de hoje!

 

O que é e como é feito o óleo de coco?

O óleo de coco é uma forma de gordura vegetal que é extraída da polpa do coco. Geralmente, o óleo de coco é feito a partir da espécie Cocos Nucifera, que pode ser tanto o coco verde, quanto o coco seco – a diferença está no tempo de maturação da fruta. No entanto, outros tipos de coqueiro também podem dar origem ao óleo de coco, como o coco babaçu.

O óleo de coco é feito a partir da prensagem da polpa do coco por uma prensa fria. A temperatura da prensa é importante, porque é nesse processo que os nutrientes, sabor e aroma são conservados.

 

Para que serve o óleo de coco?

Um dos maiores benefícios do óleo de coco é que ele é um ingrediente muito versátil. O óleo de coco pode ser utilizado tanto em receitas culinárias, quanto em tratamentos capilares e de cuidados com a pele.

Na culinária, ele pode ser utilizado como gordura vegetal para sorvetes ou margarina, além de poder substituir outros tipos de óleo para fazer frituras ou refogar vegetais. Já na parte estética, o óleo de coco pode ser utilizado em hidratações para pele e cabelo.

 

Óleo de coco: benefícios

Agora que já sabemos um pouco mais sobre esse ingrediente e como ele é feito, vamos descobrir alguns dos reais benefícios do óleo de coco e outros atribuídos a ele. Confira!

Benefícios do óleo de coco: mocinho ou vilão?

Ao uso do óleo de coco são atribuídos diversos benefícios, como reduzir a gordura abdominal, aumentar a imunidade e até prevenir doenças do coração. Seria muito bom se todos esses benefícios fossem uma verdade indiscutível, mas a real é que os especialistas não são unânimes quanto aos benefícios do óleo de coco.

Não se pode dizer que o óleo de coco é um total vilão ou mocinho. Quando o assunto é alimentação, geralmente, polarizações como proibido/permitido ou bom/ruim não se aplicam. O que se pode dizer sobre os benefícios do óleo de coco, como alimento, é que se trata de um ingrediente intermediário. Ele por si só não é capaz de trazer benefícios surpreendentes à saúde, mas se utilizado em pequenas quantidades ou como substituto aos óleos vegetais, como azeite e canola, pode te ajudar a manter uma rotina alimentar mais saudável.

Benefícios do óleo de coco: rico em gordura “boa”?

Por “gordura boa”, pelo senso comum, podemos entender “gordura insaturada”. No entanto, ao contrário do que muitos pensam, o óleo de coco é rico em gordura saturada. Mas não se assuste! Você se lembra do que dissemos sobre polarizações na alimentação? No que se refere aos tipos de gordura, esse conceito também pode ser aplicado!

A gordura saturada, apesar da má fama, é um dos benefícios do óleo de coco, pois é necessária para o bom funcionamento do organismo. Além disso, ela pode ser encontrada em vários alimentos de origem animal que, provavelmente, fazem parte da sua rotina alimentar, como laticínios (leite, manteiga, queijos, e etc.), ovos e carne vermelha.

Esses alimentos, assim como o óleo de coco, não precisam ser abolidos do seu cardápio, mas é preciso ter cuidado com a quantidade ao ingeri-los. Como eles costumam ser muito recorrentes na alimentação diária, a dica é maneirar no consumo. A recomendação é que esse tipo de gordura não ultrapasse os 10% das calorias ingeridas diariamente (para pessoas com problemas no coração, a recomendação é 7%).

Benefícios do óleo de coco: é bom para emagrecer?

Existem muitas controvérsias quanto aos benefícios do óleo de coco para o emagrecimento. De modo geral, não há estudos científicos suficientes para embasar a afirmação de que o óleo de coco ajuda no emagrecimento. Mas, como qualquer outro tipo de gordura, desde que acompanhado de uma alimentação saudável e da prática frequente de exercícios físicos, o óleo de coco pode ser um aliado do emagrecimento porque ajuda a prolongar a sensação de saciedade.

Benefícios do óleo de coco: é bom para o cabelo?

No que se refere à saúde dos cabelos, os benefícios do óleo de coco são inquestionáveis. A gordura é capaz de hidratar, dar maciez e penetrar nos fios, ajudando no desenvolvimento dos nutrientes que os cabelos precisam para crescerem fortes e saudáveis. O óleo de coco pode ser utilizado em todos os tipos de fios, mas os que mais se favorecem com os benefícios do óleo de coco são os cabelos crespos e cacheados, pois são eles os que mais sofrem com o ressecamento.

Benefícios do óleo de coco: é bom para a pele?

Por ter propriedades umectantes e antioxidantes, o óleo de coco também pode ser utilizado como hidratante para a pele. Ele pode ser usado em várias partes do corpo, desde rosto e lábios até partes íntimas.

Os benefícios do óleo de coco para a pele são diversos: ele age como um poderoso hidratante capaz de reduzir o ressecamento, a descamação e a coceira. Não há contraindicações do uso dessa gordura vegetal em sua forma natural (extravirgem) como cosmético.

Gostou dessas informações? Se você quiser se manter antenado sobre saúde e nutrição, não deixe de acompanhar as publicações do Que Bem Que Faz!


Perguntas frequentes

  • Posso substituir azeite por óleo de coco?

    O óleo de coco contém muita gordura saturada e poucos nutrientes. Já o azeite é rico em substâncias benéficas à saúde, como o Ômega 9. Entre os dois, é preferível utilizar o azeite.

  • Pode beber óleo de coco?

    De modo geral, não há problema em ingerir óleo de coco. Mas é preciso ter atenção quanto à quantidade, pois essa gordura vegetal, assim como alimentos de origem animal, contém altos níveis de gordura saturada. Por isso, se você tem problemas no coração, evite ingerir óleo de coco.

  • Existe alguma contraindicação para o óleo de coco?

    Por conter uma quantidade alta de gordura saturada, o consumo do óleo de coco não é recomendado a pessoas que apresentam problemas no coração e níveis altos de colesterol.

     

Fontes

https://www.cfn.org.br/index.php/noticias/saiba-mais-sobre-oleos-de-coco-e-de-canola/ https://www.hsph.harvard.edu/nutritionsource/food-features/coconut-oil/ https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/129618/000974828.pdf?sequence=1 https://www.health.harvard.edu/blog/is-there-a-place-for-coconut-oil-in-a-healthy-diet-2019011415764

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas