Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Chá anti-inflamatório: 7 receitas naturais para curar doenças da cabeça aos pés

Legenda: 
Chá anti-inflamatório

Nos dias frios, chá quente; nos dias quentes, chá gelado. Se tem uma bebida que combina com qualquer época do ano, é essa – especialmente se dela resultar um aliado para manter a saúde em dia. É assim com os chás anti-inflamatórios: feitos com plantas medicinais, eles estão para além de uma bebida saborosa e agem ajudando a blindar o organismo contra as infecções que nos acometem.

Sabe aquela dorzinha na garganta que fica incomodando o tempo todo? Ou aquela ferida que custa a cicatrizar? Ou quando os rins ou pulmões resolvem inflamar? Pois é exatamente aí que entra o chá para inflamação: suas propriedades anti-inflamatórias podem ajudar a agilizar o processo de cura de maneira bem natural.

Lógico que antes de tudo é necessário buscar um médico para receber orientação sobre essas doenças e tráta-la de do jeito adequado. Além disso, não se esqueça que nenhum destes chás que vamos falar aqui substitui os medicamentos que o médico prescrever para seu caso, combinado?. Dito isso, o Que bem que faz vai te dar aqui todas as dicas sobre chá bom para inflamação.

LEIA TAMBÉM:

Tudo o que você precisa saber para fazer o chá perfeito

Chá de cavalinha: benefícios e como fazer

Da vovó até o netinho: todos podem tomar chá de erva-doce

 

Chá para inflamação, um remédio natural milenar

O uso de plantas medicinais nem de longe é uma novidade: nossos antepassados já se valiam de ervas para tratar todos os tipos de doenças desde que o mundo é mundo. Talvez eles nem soubessem explicar os fatores que promoviam tanta eficácia no tratamento à base de chá para inflamação, mas, como viam que os resultados eram ótimos, tinham as plantas sempre à mão.

Com o passar do tempo, estudos foram confirmando o que até então era só coisa do senso comum e revelando o potencial farmacológico vindo das plantas medicinais. Ervas como aroeira, mastruz, imburana, jurema-preta, hortelã, folha de caju e pau-d’árco-roxo foram entrando no cardápio de chá caseiro para inflamação dos pesquisadores e ganharam força no tratamento de infecções.

 

Mas, afinal, por que o corpo inflama?

Os grandes responsáveis pelas inflamações costumam ser microorganismos que invadem nosso corpo: bactérias, vírus e parasitas são alguns deles. Mas raramente isso acontece sem nenhum motivo. Lesões como arranhões, cortes e queimaduras são responsáveis por inflamações no corpo. O chá caseiro para inflamação é um forte aliado sarar feridas provocadas por esses problemas, porque tem propriedades cicatrizantes fantásticas.

Antes disso, claro, você precisa reconhecer quando há inflamação no corpo, porque algumas delas ficam bem escondidinhas e se expandem internamente, como é o caso das inflamações no útero, rins, garganta, ouvidos, ovários e por aí vai. Então se você sentiu dor ou calor, ou se a área afetada está avermelhada, com inchaço e até perda das funções, vale procurar um médico para orientar o tratamento certo para o seu caso..

 

Qual o melhor chá para inflamação?

Para falar a verdade, são muitos os chás bons para inflamação. A gente separou 10 tipos diferentes para você escolher o que melhor se encaixa à sua necessidade.

Aroeira

As mulheres vão gostar muito dessa dica, pois a aroeira é uma planta especial para preparar chá antiinflamatório para problemas ginecológicos. Se o assunto é inflamação uterina e de ovários, essa é uma das melhores opções. Além de ser eficaz aliado no tratamento de inflamações em geral, a aroeira também é boa para a tosse e é cicatrizante.

Como fazer chá de aroeira

Coloque 1 litro de água para ferver. depois, adicione 100 gramas de folhas de aroeira, tampe o recipiente e deixe repousar entre 5 a 10 minutos. Coe e beba.

Mastruz

Para quem procura chá anti-inflamatório para articulações, pode ter certeza que está lendo o artigo certo. O mastruz – também conhecido como erva-de-santa-maria – age diretamente em reumatismos. Como uma planta com ação em todos os tipos de inflamações, também é ideal para auxiliar no tratamento de fraturas, úlcera, pancadas e dor no estômago, além de ser cicatrizante.

Como fazer chá de mastruz

Coloque uma xícara de chá de água para ferver, depois adicione 1 colher de sopa de folhas secas de mastruz. Deixe a infusão repousar por 10 minutos. Coe e beba.

Imburana

Uma das inflamações mais conhecidas e que mais nos atacam é a da garganta. Para ajudar a tratar esse problema a imburana é aquilo que chamamos de santo remédio: o chá anti-inflamatório para garganta feito com imburana é tiro e queda. A planta age ainda contra a gripe, asma, inflamação em geral e coriza.

Como fazer chá de imburana

Coloque 1 litro de água junto com 2 colheres de sopa de imburana para cozinhar por 10 minutos. Após a água levantar fervura, retire do fogo, tampe o recipiente e deixe repousar por mais 10 minutos. Coe e beba.

Hortelã

Os chás anti-inflamatórios feitos com hortelã são ótimos aliados no tratamento de garganta inflamada e de gripe. A hortelã também tem propriedades que auxiliam no tratamento da febre, fraqueza, dor de cabeça, problemas de coração, além de ter ação calmante e agir contra a cólica menstrual.

Como fazer chá de hortelã

Coloque 500ml de água para ferver e, quando levantar fervura, adicione 15 a 20 folhas de folhas de hortelã. Retire do fogo, tampe o recipiente e deixe repousar por 5 minutos. Coe e sirva adoçado com mel.

Jurema-preta

Entre os chás anti-inflamatórios, o de jurema-preta é um dos melhores. Ele age em ferimentos, ajudando a prevenir e tratar infecções e a cicatrizar com mais rapidez. As inflamações ginecológicas e até dor de dente também contam com o chá de jurema-preta como aliado. Também é ideal para fazer chá para inflamação na pele.

Como fazer chá de jurema-preta

Adicione 1 colher de chá do pó de jurema-preta em 200 ml de água fervente. Espere esfriar, coe e beba.

Caju

A folha e a casca do cajueiro são um remédio poderoso para qualquer tipo de inflamação, sejam as internas ou as externas. O chá para inflamação na pele feito com a folha de caju, por exemplo, tem ótimos resultados. Também é um chá para ajudar a combater a inflamação do ovário muito eficaz, além de agir em outros tipos de ferimentos.

Como fazer chá do cajueiro

Coloque 1 litro de água, com 2 colheres de sopa de folhas e cascas do cajueiro, para cozinhar juntos por 10 minutos. Após a fervura, retire do fogo, tampe o recipiente e deixe repousar por mais 10 minutos. Coe e beba.

Pau-d’árco-roxo

O pau-d’arco-roxo é eficaz contra uma variedade de problemas: essa planta resulta em um chá bom para inflamação, dor no estômago, gripe e má digestão.

Como fazer chá de pau-d'arco-roxo

Coloque 1 litro de água e espere levantar fervura. Após isso, adicione 2 colheres de sopa da casca do pau-d'arco-roxo e desligue o fogo. Tampe o recipiente e deixe repousar por 10 minutos. Coe e beba.

Com todas essas receitas, não tem inflamação que resista. Prepare os chás anti-inflamatórios que indicamos: sua saúde vai agradecer! E fique sempre atento aos sintomas, para tratar o problema já no início com a orientação de um médico e não deixá-lo se agravar.


Perguntas frequentes

  • 1. Qual o melhor chá anti-inflamatório?

    Alguns dos melhores chás para inflamação são os feitos com aroeira, mastruz, imburana, jurema-preta, hortelã, folha de caju e pau-d’árco-roxo. Essas ervas agem em diversos tipos de inflamação e são ótimos remédios naturais.

  • 2. Como preparar chá para inflamação?

    A maioria dos chás para inflamação são preparados como infusão: coloque a água para ferver, depois a erva, deixe a mistura repousar por alguns minutos, coe e beba. É interessante seguir a receita específica para cada planta medicinal.

  • 3. Qual o melhor chá anti-inflamatório para garganta?

    A imburana e a hortelã são ótimas ervas para preparar chá anti-inflamatório para garganta. Eles agem na inflamação, especialmente se ela for causada por gripes e resfriados.

  • 4. Qual o melhor chá para inflamação do útero?

    O chá de aroeira e de jurema-preta são ideais para inflamação no útero ou inflamações ginecológicas, como as que atacam os ovários.

     

Referências

https://monografias.ufma.br/jspui/bitstream/123456789/3223/1/ANA%20KERLY-LIMA.pdf https://revistas.unipar.br/index.php/saude/article/viewFile/6300/3564 https://www.unisantos.br/wp-content/uploads/2014/02/farmacia-verde-livro.pdf https://www.scielo.br/j/rbpm/a/k8cDGCLh3WTwtBtYjttCSfs/?format=pdf&lang=pt http://scielo.iec.gov.br/pdf/rpm/v21n2/v21n2a06.pdf https://www.ufjf.br/imunologia/files/2010/08/Aula-inflama%c3%a7ao-Medicina-Sandra-.pdf https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK279298/

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas