Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Chá de sálvia: benefícios e como preparar

Legenda: 
Chá de sálvia

Conhecida em algumas partes do Brasil como peixinho-da-horta, orelha-de-lebre ou lambari-da-horta, a sálvia é uma planta originária do mediterrâneo, que ganhou o coração dos brasileiros por seu sabor marcante e pelos diversos benefícios que oferece para a saúde. Aqui, a planta é utilizada como tempero ou ingrediente para variadas receitas – mas a forma mais comum de encontrar a sálvia nas cozinhas brasileiras é em forma de chá. Se você quer saber um pouco mais sobre como preparar essa infusão e quais benefícios o chá de sálvia pode oferecer para a sua saúde, vem com a gente que nós te contamos!

 

Usos da sálvia ao longo do tempo

A fama da sálvia como erva medicinal não vem dos dias de hoje. Desde a antiguidade, os povos egípcios, gregos e romanos cultivavam a planta para utilizá-la no tratamento de inflamações, feridas e micose. Para essas civilizações, o chá de sálvia tinha o poder de melhorar a qualidade do sono, aliviar picadas de insetos e até descongestionar o nariz. Mas não para por aí! Até poderes místicos foram atribuídos à sálvia. De acordo com as crenças desses povos, a sálvia também servia para purificar os ambientes e espantar os maus espíritos.

Já na Idade Média, os europeus criaram novas utilidades para a erva: no chão dos grandes palácios, a sálvia era misturada com lavanda para eliminar os maus odores dos ambientes. Mas a planta não foi utilizada apenas na limpeza dos castelos, ela também ganhou espaço na higiene bucal. Como não havia creme dental naquela época, a sálvia passou a ser utilizada para limpar os dentes e perfumar a boca. Nos dias de hoje, especificamente aqui no Brasil, as formas mais comuns de utilizar a erva no dia-a-dia é consumindo-a como chá de sálvia ou tempero no preparo de várias receitas.

 

Quais os benefícios do chá de sálvia?

Como já vimos, diversas propriedades medicinais são atribuídas ao chá de sálvia há milênios, mas até hoje não é muito claro quais desses benefícios são de fato reais. Por isso, nós preparamos uma lista com algumas informações para você entender como o chá de sálvia pode ajudar a melhorar a sua saúde! Confira abaixo:

Ajuda a combater inflamações

E não é que os povos da antiguidade estavam certos?! Estudos sugeriram que o chá de sálvia pode, sim, ajudar a combater diversos tipos de inflamações. Isso acontece porque a erva é rica em antioxidantes que ajudam a inibir a ação dos radicais livres, contribuindo para que o desenvolvimento de inflamações crônicas seja desacelerado.

Pode ajudar a controlar a diabetes tipo 2

A presença dos antioxidantes traz outro benefício ao chá de sálvia: essas substâncias ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue, o que pode beneficiar os portadores de diabetes tipo 2.

Contribui para a saúde da boca

E os povos antigos acertaram de novo! Segundo pesquisas, o chá de sálvia pode favorecer a saúde bucal. Além de melhorar o hálito, o gargarejo com a bebida pode contribuir para a cicatrização de feridas na boca e eliminar diversas bactérias nocivas.

Ameniza as dores das cólicas menstruais

Para algumas mulheres, o período menstrual pode ser muito difícil – as cólicas causam tanto desconforto que pode ser difícil encontrar até uma boa posição para dormir durante a menstruação. Por isso, o chá de sálvia pode ser um grande aliado das mulheres durante esse período. Por ser um anti-inflamatório poderoso, ele pode ajudar a diminuir as contrações no útero e amenizar as dores causadas pelas cólicas.

Alivia dores musculares

E não é apenas com as contrações do útero que o chá de sálvia ajuda: a bebida também ajuda a aliviar dores musculares. Por isso, depois de um dia puxado ou depois de praticar atividade física, tomar uma xícara de chá de sálvia pode ser uma ótima pedida.

Elimina aquele cheirinho ruim de suor

Quem sofre com a sudorese sabe como é difícil lidar com o desconforto e o constrangimento. Para aliviar aquele cheirinho desagradável das axilas, apostar no chá de sálvia pode ser uma ótima opção! Isso porque as substâncias contidas na bebida ajudam a regular os hormônios e a controlar o suor excessivo. Mas não é apenas bebendo que você pode obter esse benefício do chá de sálvia, a infusão também pode ser aplicada sobre as regiões mais afetadas pela sudorese para aliviar o cheiro de suor.

Como preparar o chá de sálvia?

Para te ajudar a aproveitar todos os benefícios dessa erva milenar, nós vamos te ensinar como preparar o chá de sálvia. É super simples e fica uma delícia!

Ingredientes

Modo de preparo

 

Chá de sálvia: existem contraindicações?

Geralmente, os produtos de origem vegetal não apresentam riscos para a saúde. Mas quando se trata das futuras mamães, todo cuidado é pouco. O chá de sálvia contém uma substância chamada tujona que pode provocar contrações no útero. Por isso, o consumo do chá de sálvia não é recomendado para mulheres grávidas, pois a bebida pode levar a problemas durante a gestação. Já para as demais pessoas, é possível aproveitar os benefícios do chá de sálvia tomando de duas a três xícaras por dia.

Agora que você já conhece os benefícios do chá de sálvia e sabe como prepará-lo, bora colocar a água no fogo e aproveitar!

Para dar uma variada no seu cardápio de chás e conhecer os benefícios que outras ervas podem oferecer para a sua saúde, visite o site Que Bem Que Faz e conheça algumas recomendações!


Perguntas frequentes

  • O chá de sálvia tem cafeína?

    O chá de sálvia é livre de cafeína. Por isso, caso você opte por consumi-lo antes de dormir, ele não vai atrapalhar o seu sono.

    Qual é o melhor horário para tomar o chá de sálvia?

    Para aproveitar todas as propriedades benéficas do chá de sálvia, o ideal é beber a infusão ainda em jejum. Sendo assim, o mais indicado é consumir a bebida no período da manhã, assim que você acordar.

    O chá de sálvia pode ajudar a emagrecer?

    Por ter baixo valor calórico e ajudar a regular o açúcar no sangue, o chá de sálvia pode ser um ótimo aliado para quem quer perder peso. Mas é importante frisar que os efeitos do consumo do chá só vão aparecer se combinados com a prática de exercícios físicos e uma alimentação equilibrada.

     

Fontes

https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/vertices/article/download/1426/1976/#:~:text=A%20inflama%C3%A7%C3%A3o%20%C3%A9%20um%20processo,et%20al.%2C%202007). https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/21433280/ https://www.portaldoservidor.go.gov.br/not%C3%ADcias-e-curiosidades/6372-oce-sabia-que-a-salvia-pode-contribuir-com-a-boa-saude-das-mulheres.html https://www.saude.sc.gov.br/index.php/documentos/atencao-basica/rede-cegonha/eventos-2/oficina-de-fortalecimendo-do-pre-natal/modulo-ii/9309-4-plantas-na-gestacao-qualisus-rede-cegonha/file

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas