Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Deitada em uma cama, uma mulher está desligando um despertador antigo, preto e branco, que vemos em primeiro plano, ilustrando qual a melhor hora para dormir e acordar.

Você sabe qual é a melhor hora para dormir e acordar?

Compartilhar
Atualizado em  dezembro 2023

Você já parou para pensar se é daqueles que preferem acordar com as primeiras luzes da manhã, cheios de energia para encarar o dia, ou se sua energia atinge o pico quando o sol já se pôs?

A questão de qual é a melhor hora para dormir e acordar é uma dúvida que muitos compartilham. Mas será que a ciência tem algo a dizer sobre isso?

Num mundo ideal, poderíamos nos dar ao luxo de ir para cama cedo e acordar com as primeiras luzes do dia, prontos para enfrentar um dia produtivo. No entanto, compromissos como trabalho ou cuidado com os filhos podem tornar difícil aderir a rotina dos sonhos.

Pensando nisso, o QBemQFaz trouxe as melhores informações para você entender qual a melhor hora para dormir e acordar. Também aproveitamos para listar algumas dicas práticas para buscar um sono de qualidade. Boa leitura!


A importância de uma boa noite de sono

Em meio às nossas rotinas agitadas, encontrar o equilíbrio entre o momento certo para se deitar e se levantar pode parecer desafiador. A sensação de uma boa noite de sono é por si só revigorante, mas os benefícios vão muito além.

Quando nos privamos do sono adequado, abrimos espaço para uma série de impactos negativos em nosso bem-estar. A ciência respalda a importância de uma rotina de sono consistente e suficiente, destacando que não se trata apenas da quantidade de horas dormidas, mas também da qualidade desse descanso.

Durante o sono, o corpo realiza processos de reparo celular, produzindo proteínas essenciais para o funcionamento saudável dos tecidos e órgãos. No aspecto mental, o sono desempenha um papel muito importante na consolidação da memória e no processamento de informações.

Uma noite bem dormida contribui para o equilíbrio emocional, reduzindo o estresse e a ansiedade.

Conheça o ritmo circadiano e o relógio biológico

Essenciais para um sono de qualidade, os ritmos circadianos são ciclos de 24 horas e fazem parte do relógio interno do corpo. São processos naturais físicos, mentais e comportamentais que respondem principalmente à luz e à escuridão, afetando quase todos os seres vivos. Eles influenciam desde a temperatura corporal até a liberação de hormônios, fome e saciedade, digestão e padrões de sono.

O relógio biológico refere-se à capacidade do corpo de regular seus processos fisiológicos e comportamentais em ciclos regulares de aproximadamente 24 horas. Por sua vez, o ritmo circadiano é o padrão específico de atividades que seguem esse ciclo, coordenando uma variedade de funções corporais ao longo do dia e da noite.

Por exemplo, os seres humanos experimentam quedas naturais de alerta durante determinados momentos em um período de 24 horas. Geralmente, nós temos maior probabilidade de sentir sono em dois pontos específicos: entre 13h e 15h e entre 2h e 4h.

Ou seja, é preciso reconhecer como fatores externos, como luz e escuridão, influenciam nosso relógio biológico e, consequentemente, afetam nosso padrão de sono.

Ao considerar os horários de sono em relação ao ritmo circadiano, podemos ajustar nossos comportamentos de sono de maneira mais alinhada com os processos naturais do corpo. Isso não apenas promove uma qualidade de sono melhor, mas também pode trazer impactos positivos na saúde geral e no bem-estar.

Qual é a melhor hora para dormir e acordar?

Segundo especialistas, os humanos devem buscar de 7 a 9 horas de sono por noite. No entanto, os melhores horários para dormir e acordar variam de pessoa para pessoa. Diversos fatores, como a idade da pessoa, horário de trabalho e padrões de sono, influenciam o momento ideal para dormir e acordar.

Primeiro, é importante compreender que existe um ciclo e nosso sono passa por fases todas as noites e isso influencia diretamente nesse questionamento.

O ciclo de sono é um sistema interno natural nos seres humanos, resultado de uma combinação de condições externas, como luz, comportamentos pessoais e escolhas de estilo de vida, e condições internas, como padrões de ondas cerebrais e genética.

Um ciclo de sono normal ocorre em dois estados distintos: sono com movimentos rápidos dos olhos (REM) e sono sem movimentos rápidos dos olhos (NREM). O corpo transita entre esses estados algumas vezes durante a noite.

Idealmente, o corpo passa por quatro a cinco desses ciclos a cada noite. Acordar no final do ciclo, quando o sono está mais leve, pode ser a melhor maneira de ajudar a pessoa a acordar se sentindo mais descansada e pronta para iniciar o dia.

Se um alarme toca quando uma pessoa está em um dos estágios mais profundos do sono pode resultar em sonolência ou dificuldade para acordar.

Novamente, esses estágios variam de pessoa para pessoa, o que significa que não há um único momento certo para dormir adequado a todos.

Mas então, qual a melhor hora para dormir?

De modo geral, o corpo e o cérebro desaceleram conforme o dia escurece e eles começam a despertar com o nascer do sol, principalmente considerando o ritmo circadiano.

Um estudo envolvendo mais de mil trabalhadores indicou que aqueles que se deitavam mais tarde tinham maior probabilidade de apresentar sintomas depressivos, embora a duração do sono também pudesse influenciar esses sintomas, já que os participantes que se deitavam mais tarde frequentemente dormiam menos.

Outra pesquisa constatou que pessoas que declararam preferência por dormir mais tarde também tinham níveis mais elevados de pensamento negativo repetitivo, como se preocupar com problemas.

Portanto, levando em consideração o horário em que você normalmente precisa acordar, é recomendável fazer um cálculo para evitar dormir muito tarde e garantir que seu corpo desfrute de um período de sono de 7 a 9 horas. Por exemplo, se a sua hora de despertar é às 5h da manhã, a faixa média para se deitar deveria situar-se entre 20h e 22h da noite anterior.

E a melhor hora para acordar?

A melhor hora para acordar pode variar entre indivíduos, mas é essencial estabelecer uma rotina consistente para despertar. Definir um horário específico para acordar todos os dias, por meio de um alarme, permite que o corpo se ajuste naturalmente a esse cronograma, auxiliando na criação de um bom hábito de sono.

O corpo humano e o cérebro respondem de forma natural aos ciclos do ambiente, especialmente ao nascer e pôr do sol. Esses ciclos desempenham um papel importante na regulação dos padrões de sono. Dito isso, uma situação ideal seria acordar com o nascer do sol, aproveitando os benefícios naturais desse ciclo.

No entanto, é importante reforçar que tanto a qualidade, quanto a quantidade de sono são igualmente essenciais. Estabelecer uma rotina consistente não apenas contribui para uma boa qual rel=”nofollow”idade de sono, mas também pode melhorar a quantidade adequada de descanso.

Contudo, a melhor hora para acordar seria aquela que se alinha não apenas com as necessidades individuais, mas também com a manutenção de uma rotina regular e saudável de sono.

Dicas para uma rotina de sono saudável

Algumas dicas podem contribuir significativamente para garantir uma qualidade de sono consistente:

  • Defina um horário fixo de despertar, utilizando um alarme para acordar no mesmo horário todos os dias, inclusive nos fins de semana;
  • Pratique exercícios regularmente, preferencialmente de manhã ou até o meio da tarde. A atividade física é benéfica para melhorar a qualidade do sono;
  • Evite o consumo de álcool até 3 horas antes de dormir e limite o consumo de cafeína até 6 horas antes;
  • Reduza a ingestão de líquidos e alimentos à noite, evitando refeições pesadas antes de dormir;
  • Certifique-se de que seu quarto esteja fresco, escuro e silencioso, criando um ambiente propício para o descanso.

Por fim, determinar qual a melhor hora para dormir e acordar pode variar de pessoa para pessoa, mas, de maneira geral, ir para a cama mais cedo e acordar cedo é a recomendação principal. No entanto, é crucial reconhecer que esse tipo de cronograma de sono pode não ser adequado para todos.

O aspecto mais relevante é garantir que você obtenha uma quantidade suficiente de sono e que seja de boa qualidade.

Caso enfrente dificuldades para pegar no sono à noite ou continue experimentando sonolência diurna, mesmo mantendo um horário de dormir consistente, é aconselhável buscar orientação médica. Esses sintomas podem indicar problemas na qualidade do sono, os quais podem necessitar de uma investigação mais aprofundada.

Se você estiver interessado em obter informações adicionais e dicas práticas para manter uma rotina mais saudável, continue acompanhando o QBemQFaz!

Perguntas frequentes

Que horas é bom para dormir e acordar?

O horário ideal para dormir e acordar pode variar, mas, em geral, é benéfico ir para a cama mais cedo e acordar cedo.

Que horas devo ir dormir para acordar às 5?

Para acordar às 5 horas, é recomendável ir dormir entre 20h e 22h, considerando uma média de 7 a 9 horas de sono.

Porque acordar às 5 horas da manhã?

Acordar às 5 horas da manhã pode oferecer benefícios, como maior produtividade, tempo para atividades pessoais e uma sensação de tranquilidade antes do dia começar, aproveitando a luz natural da manhã.

Referências

What's the Best Time to Sleep and Wake Up?, Healthline, 2019

What are the best times to sleep and wake up?, Medical News Today, 2020

The Best Time to Sleep According to Science, SnoreMD

Bedtime and sleep duration in relation to depressive symptoms among Japanese workers. National Library of Medicine, 2013

Duration and Timing of Sleep are Associated with Repetitive Negative Thinking. Springer Science+Business Media New York, 2014

How Much Sleep Do I Need?. Centers for Disease Control and Prevention, 2022

O QbemQfaz é um portal de conteúdos sobre saúde, nutrição, bem-estar e alimentação saudável da Nestlé. Os conteúdos desse site têm caráter informativo e não substituem o aconselhamento e acompanhamento médico, nutricional e de outros profissionais de saúde.