Reaproveitamento de alimentos: sua cozinha sem desperdício!

Legenda: 
Reaproveitamento de alimentos

Se você tem o hábito de cozinhar, já deve ter vivenciado a experiência de terminar de preparar sua refeição e ter que descartar cascas, sementes e restos de comidas que, se fossem para a geladeira, seriam esquecidos e iriam parar na lixeira. Esses alimentos geralmente estão em boas condições para o consumo, apresentam ótimo valor nutricional, mas não são tão interessantes para compor pratos. Mas não seria maravilhoso poder dar um destino diferente a esses ingredientes? Além de fazer bem para a natureza, por ajudar a reduzir o desperdício, o reaproveitamento de alimentos também faz bem para o seu bolso!

Preparando refeições deliciosas e nutritivas com alimentos que seriam descartados você economiza um bom dinheiro e ainda ajuda a natureza! Quer saber como fazer isso? Nós do Que Bem Que Faz te ajudamos! Venha com a gente entender como incluir o reaproveitamento de alimentos na sua rotina e, de quebra, ainda aprender algumas receitas deliciosas com aqueles ingredientes que iriam para a lixeira!

 

Reaproveitamento de alimentos: o que é isso e por que é importante?

O reaproveitamento de alimentos – conhecido como zero-waste cooking em inglês – é uma iniciativa que visa, por meio de pequenas atitudes individuais, reduzir ao máximo a quantidade de alimentos desperdiçados todos os dias ao redor do mundo. Para isso, são aplicados no dia-a-dia alguns hábitos que visam aproveitar quanto for possível dos ingredientes utilizados na cozinha, de modo a evitar que comidas em bom estado sejam descartadas e também a aproveitar todo o valor nutricional que elas têm a oferecer.

Se você chegou até aqui é porque certamente sente a necessidade de utilizar melhor os ingredientes da sua cozinha, sem desperdiçar alimentos. Sejam quais forem os seus motivos – sustentabilidade, economia ou saúde –, somente o fato de se preocupar em consumir com mais consciência já é um passo muito importante para tornar a sua cozinha mais sustentável, ambiental e economicamente falando.

Por onde começar?

O reaproveitamento de alimentos em novas receitas é apenas um dos passos para ter uma alimentação mais sustentável. Antes de te apresentar algumas possibilidades de receitas gostosas e nutritivas com alimentos que seriam descartados, nós vamos te apresentar um conceito indispensável para quem deseja tornar sua cozinha mais sustentável: os 3 erres – reciclar, reduzir e reusar.

Como fazer o reaproveitamento de alimentos?

A parte mais difícil de começar a reaproveitar alimentos que seriam descartados é encontrar uma finalidade gostosa para aqueles ingredientes que não parecem muito interessantes. Mas isso é só questão de prática! Depois que você aprende como armazenar e incluir esses alimentos nas receitas, o exercício de criatividade para encontrar uma finalidade para aquelas sobrinhas que iriam parar no lixo se torna algo automático. Confira abaixo algumas dicas de receitas deliciosas e nutritivas com alimentos reaproveitados!

Bolinho de arroz: vamos começar pelo arroz, o queridinho da culinária brasileira. Por ser um prato recorrente, é comum sobrar muito arroz na geladeira. Essas sobras acabam se acumulando e sendo descartadas por não estarem mais próprias para o consumo. Uma boa forma de evitar que isso aconteça é fazendo bolinhos de arroz, um petisco delicioso e muito fácil de preparar. Caso tenha queijo sobrando na geladeira, você também pode adicioná-lo à sua receita e fazer um bolinho de arroz com queijo.

Arroz de forno: caso você não curta muito o bolinho de arroz, também dá para fazer arroz de forno. Você pode incluir nessa receita vários outros ingredientes que estão sobrando na geladeira, como milho, ervilha e tudo mais que você gostar!

Torrada francesa: o pão dormido também não foge ao reaproveitamento de alimentos: você pode aproveitar aquele pãozinho que não está mais tão gostoso e fazer um prato saboroso e sofisticado. Para dar um up na sua torrada, caso você também tenha algumas frutas na geladeira, vale a pena servi-las como acompanhamento!

Torta de milho: não dá para falar de reaproveitamento de alimentos sem mencionar as tortas – nelas dá para por de tudo, e fica uma delícia! Nessa sugestão, nós temos a torta de milho com frango desfiado, tomates, muçarela, requeijão e cebola. Dá para usar todas aquelas sobrinhas que estão na geladeira e montar um lanche delicioso!

Chá de casca de abacaxi: e quem disse que as cascas não têm utilidade? A casca de abacaxi pode ser utilizada para preparar um chá gostoso e que faz muito bem para a saúde! Você também pode utilizá-la para fazer sucos – isso mesmo, não precisa jogar fora! É só bater junto com a polpa.

Carne vegetal de casca de banana: as cascas de banana não precisam mais ir para a lixeira, pois você pode utilizá-las para fazer uma carne vegetal de sabor surpreendente! O modo de preparo é simples, é só retirar a pele interna das cascas e depois deixá-las de molho com água e vinagre por uns 15 minutos. Feito isso, é só fatiar e a carne já está pronta para ser refogada com o que você quiser!

Panqueca de Carne Desfiada: sabe aquela carne que sobrou do jantar ou almoço? Você pode reaproveitá-la como um recheio para panqueca: basta desfiar a carne, incluir outros ingredientes que você goste – nossa sugestão nessa receita é cenoura e abobrinha ralada – e colocar para assar. Fica uma delícia!

Petisco doce de sementes: as sementes de abóbora podem ser reaproveitadas em um petisco delicioso e muito saudável. O modo de preparo é simples, basta refogá-las com açúcar, canela, gengibre e noz, e assim que começar a caramelizar, adicione as uvas-passas e o damasco;

Chips de casca de batata: as batatas também podem ser 100% aproveitadas. Quando for cozinhar, fritar ou assar as suas batatas, reserve as cascas para fazer um chips delicioso! Você pode temperá-las com sal, pimenta e orégano para depois fritar ou levar ao forno.

Viu como dá para fazer pratos deliciosos com aquelas sobrinhas que seriam descartadas? Incluindo o reaproveitamento de alimentos na sua rotina, você reduz o desperdício e ainda contribui para a saúde da sua família e do seu bolso!

Falando em economia, não deixei de dar uma olhadinha neste artigo sobre como organizar a sua rotina de alimentação para otimizar seu tempo e seu dinheiro. E, se você quiser saber mais sobre outros temas relacionados à sua saúde e bem-estar, não deixe de visitar as demais publicações aqui do site Que Bem Que Faz!


Perguntas frequentes

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas