Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Dieta da USP

Créditos: 
Legenda: 
Dieta da USP: Alimentos Saudáveis

O nome dessa dieta é o mesmo da consagrada Universidade de São Paulo. Isso pode até atrair ao primeiro olhar, mas essa dieta não tem relação nenhuma com as pesquisas realizadas pela instituição. Muito pelo contrário: ela cresceu mais com a popularidade do público e não recebe a autoria de nenhum especialista.

Nesse artigo iremos falar sobre a dieta da USP, que se trata de uma dieta restrita com finalidade de perda de peso rápido. Vamos discutir algumas questões sobre ela, bora?

 

O que é a dieta da USP?

Nessa dieta há poucos carboidratos, além da quantidade de calorias e até mesmo de nutrientes ser baixa, e é exatamente por isso que ela parece funcionar.

A dieta da USP é considerada uma dieta de emergência para quem quer perder alguns quilos antes de um evento importante (casamento, aniversário, etc). Se uma pessoa, por exemplo, quer perder 5 quilos em 1 semana para ir a uma festa, ou se perder 10 quilos em duas semanas para ir a um casamento pode se sentir tentado a experimentá-la. E até pode experimentar, se tiver o acompanhamento de um especialista.

Contudo, vale avisar: as dietas restritivas não são sustentáveis no longo prazo. Uma dieta saudável, feita sob medida para a pessoa e acompanhada por um especialista, ajuda muito mais a emagrecer com saúde e a manter o peso depois depois.

 

Como funciona a dieta da USP

Ela tem um ciclo semanal que deve ser feito duas vezes. No 15º dia a pessoa volta aos seus hábitos normais. É nesse ponto que vemos quem mantém o seu peso novo ou volta a engordar, porque se antes da dieta da USP a pessoa tinha uma rotina alimentar desequilibrada, com açúcares e gorduras em excesso, é bem provável que os quilinhos reapareçam. Daí a importância de um acompanhamento para quem quer perder peso e manter a forma de maneira sustentável.

 

Como é o cardápio da dieta da USP?

Como dá para adivinhar, o cardápio da dieta da USP é bem restrito e segue regras bem rígidas. Nessa dieta, por exemplo, não é permitido trocar os alimentos do cardápio nem inverter os horários das refeições. Contudo, existem alguns alimentos que são permitidos nesse tipo de dieta. São eles:

  • Café preto e chá sem açúcar (que podem ser consumidos o dia todo)
  • Ovos;
  • Ervas frescas e desidratadas;
  • Frutas;
  • Presunto;
  • Torrada;
  • Alguns legumes (como cenoura e vagem);
  • Queijo minas e iogurte natural;
  • Filé de peixe magro, peito de frango e carne vermelha grelhados
  • Biscoito água e sal;
  • Algumas verduras (como alface, salsão, pepino, chicória, tomate, cebola);
  • Leite.

Assim como na dieta da sopa, a impressão de quem olha para um cardápio típico da dieta da USP é que a fome vai apertar. Há dias, por exemplo, em que o café da manhã consiste em apenas uma (!) xícara de café sem açúcar. Dureza, não?

 

Cuidados

Como já dissemos, antes de iniciar uma dieta restritiva como a dieta da USP, é preciso procurar um profissional de nutrição habilitado, que irá ajustar sua alimentação para garantir que você consuma todos os nutrientes necessários para uma vida saudável. Nunca podemos esquecer que é a alimentação equilibrada que traz saúde e resultados duradouros.

Isso porque o problema é que essa falta de nutrientes pode fazer várias partes do corpo funcionarem mal, prejudicando muitos órgãos e mesmo o seu humor e produtividade no trabalho! Sendo assim, é importante alertar que não é uma dieta que pode ser seguida por longo período de tempo, pois pode ocasionar:

  • Tontura
  • Insônia
  • Cansaço
  • Irritabilidade
  • Mau hálito
  • Prisão de ventre

Também pode causar problemas maiores caso você o esteja tomando remédio para algum problema de saúde.

Se quiser saber mais informações sobre saúde e alimentação, continue acompanhando as próximas matérias do Que Bem que Faz e nutra-se de conhecimento.

E se você quer saber mais sobre alimentação e saúde, explore o site do Que Bem que Faz, e use Chat Nutri para tirar suas dúvidas sobre saúde e nutrição em tempo real e nutra-se de informação!


Perguntas frequentes

  • A dieta da USP emagrece?

    Muito provavelmente você vai emagrecer se seguir essa dieta, mas o risco de ganhar todo o peso que perdeu ou até mais é grande, já que não há uma reeducação alimentar.

  • A dieta da USP é perigosa?

    Ela pode causar desconfortos e danos à saúde, isso porque é restritiva e pouco calórica. Uma dieta rica em nutrientes, carboidratos, proteínas e gorduras é essencial para manter as funções mais básicas do organismo.

  • REFERÊNCIAS

    https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/15148063/

    https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28165552/

    https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27643725/

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas