Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Gordura no fígado grau 3: causas, sintomas e como tratar

Legenda: 
Gordura no fígado grau 3: mulher correndo

A gordura no fígado de grau 3 é o estágio avançado da esteatose hepática. Neste estágio, a doença apresenta mais sintomas e pode avançar para doenças mais preocupantes, como a cirrose hepática e o câncer de fígado.

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre a gordura no fígado de grau 3, suas causas, sintomas e prevenção.

 

O que é a gordura no fígado grau 3?

Como era de se esperar, a gordura no fígado de grau 3 é mais grave do que as outras (a de grau 1 e a de grau 2). Nesse estágio, a doença já está um pouco mais avançada e apresenta mais riscos à saúde: a inflamação do fígado fica mais preocupante e ele pode se lesionar com mais facilidade.

Na grau 3, o acúmulo de gordura é classificado como grande – diferente do grau 2, que é moderado. Por conta disso, até os vasos sanguíneos ao redor do fígado podem sofrer alterações.

Apesar disso, o fígado ainda funciona normalmente, sendo um estágio da doença em que é possível a cura sem a necessidade de cirurgia.

 

Quais as causas e sintomas da gordura no fígado grau 3?

Assim como os outros graus da doença, a gordura no fígado grau 3 possui causas relacionadas com o estilo de vida da pessoa. Ela pode ser alcoólica ou não alcoólica. O grande fator de risco para uma esteatose hepática alcoólica é, como o nome indica, o consumo excessivo de álcool. Já no caso da não alcoólica, o acúmulo de gordura no fígado pode ser causa por:

  • Falta de atividade física;
  • Obesidade;
  • Hepatites virais (como a B e a C);
  • Diabetes;
  • Colesterol alto.;

Os sintomas da gordura no fígado de grau 3 costumam ser os mesmos que os da de grau 2. A diferença é que são mais frequentes e mais fortes. Alguns deles são:

  • Fraqueza;
  • Dor de cabeça frequente;
  • Dor no abdômen;
  • Cansaço;
  • Barriga inchada.

Em casos mais sérios, pode ainda acontecer de a pessoa apresentar :

  • Hemorragias;
  • Confusão mental;
  • Inchaço nas pernas;
  • Olhos e pele amarelados;
  • Dificuldade para dormir.

O recomendado é que, no surgimento dos primeiros sintomas, a pessoa procure urgentemente por ajuda médica: quanto mais cedo começar o tratamento, melhor.

 

Como tratar a gordura no fígado grau 3

Não há um tratamento específico para a gordura no fígado: ele vai depender do paciente, dos sintomas, portanto, recomenda-se mudanças no estilo de vida do paciente. É muito importante que a pessoa consulte um nutricionista e comece uma dieta nutritiva e equilibrada; dessa forma, a gordura no fígado pode ser eliminada com mais facilidade. A prática regular de exercícios também é uma grande aliada para a eliminação da gordura no fígado.

Também podem ser receitados alguns remédios cuja função é a eliminação de gordura do fígado, como a vitamina E, por exemplo. Mas lembre-se que a automedicação é uma prática muito perigosa: procure um médico e adquira seu remédio mediante apresentação de receita.

 

Como prevenir a gordura no fígado de grau 3

A prevenção contra a gordura no fígado de grau 3 segue a mesma linha que a prevenção contra os outros graus: um estilo de vida saudável, com uma alimentação nutritiva e equilibrada e a prática regular de atividades físicas.

Lembre-se sempre de, além de procurar manter um estilo de vida saudável, pelo menos uma vez por ano realizar os seus exames de rotina. Para quaisquer dúvidas a mais a respeito da gordura no fígado, pergunte a seu médico ou outro profissional da saúde que possa esclarecer suas questões.


Perguntas frequentes

  • Qual o tratamento para gordura no fígado grau 3?

    Não há um tratamento específico, mas uma forma de tratamento é pela alimentação, prática de exercícios, uso de remédios e, acima de tudo, acompanhamento médico.

  • Qual o grau mais perigoso de gordura no fígado?

    O grau de gordura no fígado mais perigoso é o seu estágio mais avançado, conhecido como gordura no fígado grau 4 ou cirrose hepática.

  • Quanto tempo demora para eliminar gordura no fígado?

    Vai depender de pessoa para pessoa, mas o estilo de vida e a idade da pessoa que sofre com essa condição são fatores decisivos para determinar em quanto tempo uma pessoa pode ser curada.

    Referências

    https://antigo.saude.gov.br/saude-de-a-z/esteatose-hepatica

    http://hospitalsaomatheus.com.br/blog/esteatose-hepatica-causas-sintomas-tipos-e-tratamento/

    https://www.santapaula.com.br/gordura-no-figado-sintomas-causas-dieta-e-como-eliminar/

    https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/nonalcoholic-fatty-liver-disease/symptoms-causes/syc-20354567

    https://my.clevelandclinic.org/health/diseases/15831-fatty-liver-disease

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas