Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Prebióticos e probióticos: Quem são, do que se alimentam?

Legenda: 
Prebióticos e probióticos: queijo cottage

Prebióticos e probióticos são importantes para manter uma flora bacteriana rica e diversa em nosso organismo, auxiliando na nossa saúde, no ritmo intestinal e até mesmo no humor e bem-estar. Neste artigo iremos entender melhor o que são prebióticos e probióticos, e o papel deles para a saúde do nosso corpo.

 

O que são prebióticos?

Importantes para a manutenção da saúde do intestino, os prebióticos estão presentes em alimentos ricos em fibras como frutas, verduras e grãos. Os próprios prebióticos são um tipo de fibra que nosso corpo não consegue digerir. Benéficas por servirem como alimento para as bactérias boas presentes no trato digestivo e contribuírem com a manutenção da nossa flora intestinal, os prebióticos ajudam ainda a manter o sistema imunológico saudável e funcionando bem.

 

E os probióticos? O que são?

Os probióticos, por sua vez, são microorganismos vivos que se alimentam de prebióticos. Podem ser encontrados em iogurtes e leites fermentados, que muitas vezes vêm com o rótulo avisando: “contém lactobacilos vivos”, por exemplo. Dentre os benefícios que os prebióticos trazem ao seu corpo estão:

O equilíbrio necessário entre bactérias boas e ruins acontece de forma natural ao ter uma alimentação equilibrada e hábitos saudáveis. Na maioria das vezes, não é necessário tomar suplementos com probióticos ou prebióticos, pois ingerir alimentos ricos em fibras e iogurtes já é um grande passo para se manter saudável.

 

Probióticos e prebióticos ajudam em doenças?

Além de ajudarem na imunidade, os prebióticos e probióticos podem ajudar em diversas outras condições e doenças, por isso é bom estar em dia com esses microorganismos tão importantes para nosso corpo.

Algumas doenças nas quais os prebióticos e probióticos podem te ajudar são:

Afinal, quando o nosso organismo está em equilíbrio, os microorganismos bons podem combater as infecções e bactérias prejudiciais ao nosso corpo.

 

Alimentos com probióticos

Como vimos anteriormente, os prebióticos podem ser encontrados em alimentos ricos em fibras. Os probióticos, no entanto, podem ser encontrados em uma variedade de alimentos muito maior.

Iogurte

O iogurte é um dos alimentos com probióticos mais conhecidos. Pode ser mais benéfico para pessoas com intolerância à lactose, controlando os gases, dores de barriga e diarreia.

Kefir

Uma bebida fermentada feita a partir dos grãos de kefir, contém uma grande variedade de microorganismos. É rico em cálcio e muito benéfico para quem sofre de gastrite, protegendo contra úlceras e câncer de estômago

Pão de fermentação natural

Mais saudável do que o pão branco, o pão de fermentação natural possui um índice glicêmico mais baixo, é mais fácil de digerir e recomendado para quem tem intolerância a glúten. Além disso, é rico em probióticos, que são digeridos de forma mais leve e fácil.

Picles

O picles, quando fermentado com água e sal marinho, é uma boa fonte para o crescimento de probióticos. É também uma fonte de vitamina C, ajudando no combate a infecções urinárias, na digestão e na imunidade.

Queijo cottage

Um queijo menos gorduroso, o queijo cottage é rico em probióticos e cálcio, sendo uma opção de queijo saudável para quem está de dieta. A textura macia e o sabor salgado formam uma boa opção para saladas e outras receitas.

Agora que sabemos a diferença entre prebióticos e probióticos, sua importância e onde encontrá-los, que tal tentar ingerir mais alimentos saudáveis que ajudem a regular as bactérias do nosso corpo?


Perguntas frequentes

  • Qual a diferença entre probiótico e prebiótico?

    Probióticos são bactérias que fazem bem ao nosso corpo, enquanto que prebióticos são fibras que servem de alimento para essas bactérias.

  • Qual o melhor momento para tomar probióticos?

    O melhor momento para tomar probióticos é antes ou após as refeições – pois quando o estômago está vazio se torna mais ácido, podendo destruir os probióticos.

    Fontes

    https://www.healthline.com/nutrition/probiotics-and-prebiotics#whats-the-difference

    https://www.mayoclinic.org/prebiotics-probiotics-and-your-health/art-20390058

    https://www.medicalnewstoday.com/articles/323490

    https://my.clevelandclinic.org/health/articles/14598-probiotics

    https://www.webmd.com/digestive-disorders/ss/slideshow-probiotics

    https://blog.mundihealth.com/melhor-hora-para-tomar-probioticos/

    https://www.nccih.nih.gov/health/probiotics-what-you-need-to-know

Fontes

https://www.healthline.com/nutrition/probiotics-and-prebiotics#whats-the-difference https://www.mayoclinic.org/prebiotics-probiotics-and-your-health/art-20390058 https://www.medicalnewstoday.com/articles/323490 https://my.clevelandclinic.org/health/articles/14598-probiotics https://www.webmd.com/digestive-disorders/ss/slideshow-probiotics https://blog.mundihealth.com/melhor-hora-para-tomar-probioticos/ https://www.nccih.nih.gov/health/probiotics-what-you-need-to-know

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas