Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
mulher em uma cozinha colocando uma xícara em um micro-ondas.

Será que esquentar comida no microondas faz mal?

Compartilhar
Atualizado em  novembro 2023

Você já parou para pensar se esquentar comida no microondas faz mal? Enquanto esse aparelho é prático e amplamente utilizado em muitas cozinhas, existem preocupações crescentes sobre os efeitos que o seu uso pode ter na qualidade nutricional dos alimentos e na saúde humana. 

Neste artigo, exploraremos as evidências científicas disponíveis para entender melhor os perigos potenciais associados ao uso deste eletrodoméstico, e responder de uma vez por todas se esquentar comida no microondas faz mal para a saúde. 

Como funciona um microondas? 

Antes de mais nada, vamos entender o funcionamento básico do microondas. As microondas geradas pelo magnetron, um componente presente no interior do microondas, fazem com que a água presente nos alimentos vibre e gere calor. Dessa forma, ondas eletromagnéticas de alta frequência aquecem a comida, o que faz muitas pessoas acreditarem que esquentar comida no microondas faz mal.

Como o microondas afeta o alimento?

O microondas promove um aquecimento rápido e eficiente dos alimentos. Entretanto, nesse processo, o alimento está sujeito aos efeitos desse tipo de processo, que são: perda de nutrientes, formação de substâncias tóxicas e impacto nutricional gerado pela radiação. Vamos entender melhor a seguir.

Perda de nutrientes

Uma das principais preocupações relacionadas ao uso do microondas é a perda de nutrientes nos alimentos aquecidos. Alguns estudos sugerem que o aquecimento no microondas pode levar à perda de certos nutrientes, como vitaminas e antioxidantes

No entanto, é importante ressaltar que a perda de nutrientes também ocorre durante outros métodos de aquecimento, como a fervura ou o cozimento no forno. A quantidade de nutrientes perdidos pode variar dependendo do tipo de alimento, da duração do aquecimento e da potência do microondas.

Formação de substâncias tóxicas 

Outro ponto de preocupação é a formação de substâncias tóxicas durante o aquecimento no microondas. Alguns estudos sugerem que certos plásticos e recipientes de papelão utilizados para aquecer alimentos no microondas podem liberar substâncias químicas prejudiciais, como o bisfenol A (BPA) e os ftalatos (BBP). 

Essas substâncias podem migrar para os alimentos e, quando consumidas em quantidades significativas, podem representar riscos à saúde, como distúrbios hormonais e efeitos tóxicos no sistema reprodutivo. 

Ou seja, esquentar comida no microondas faz mal quando utilizados por muito tempo recipientes inadequados que podem liberar substâncias tóxicas no alimento.

Impacto nutricional da radiação do aparelho 

A radiação do microondas também é uma questão de preocupação. O campo eletromagnético gerado pelo aparelho é uma forma de radiação não ionizante, ou seja, não possui energia suficiente para ionizar moléculas ou causar danos diretos ao DNA. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os microondas não representam riscos significativos à saúde quando utilizados conforme as normas de segurança estabelecidas. Portanto, não é verdade que esquentar comida no microondas faz mal.

No entanto, é importante mencionar que a exposição excessiva a campos eletromagnéticos pode levar ao aquecimento dos tecidos do corpo humano. 

Embora o uso adequado do microondas não cause esse tipo de dano, é recomendável manter uma distância segura do aparelho durante o funcionamento e evitar exposições prolongadas desnecessárias.

Como garantir o bom uso do microondas? 

Para garantir um uso seguro do microondas, minimizar os potenciais riscos à saúde e garantir que esquentar comida no microondas não faz mal, é importante seguir algumas boas práticas. Aqui estão algumas recomendações:

  1. Utilize recipientes adequados;

  2. Não envolva alimentos em papel alumínio;

  3. Cubra os alimentos ao aquecer;

  4. Ajuste corretamente a potência e o tempo de aquecimento;

  5. Mexa e distribua o calor dos alimentos durante o aquecimento;

  6. Deixe o alimento descansar após o aquecimento.

Vamos entender melhor o porque de cada uma dessas práticas. 

Utilize recipientes adequados

Opte por recipientes de vidro, cerâmica ou porcelana, seguros para uso no microondas. Evite o uso de recipientes de plástico, especialmente aqueles que não são rotulados como "próprios para microondas", pois eles podem liberar substâncias tóxicas quando expostos ao calor.

Não envolva alimentos em papel alumínio 

O papel alumínio não deve ser utilizado no microondas, pois pode causar faíscas e até incêndios. É melhor transferir os alimentos para um recipiente de vidro ou cerâmica antes de aquecê-los para evitar acidentes domésticos.

Algumas pessoas podem ter a crença de que esquentar comida no microondas faz mal porque já ouviram sobre acidentes com papel alumínio. Isso pode ser evitado, simplesmente removendo qualquer embalagem de alumínio antes de utilizar o equipamento. 

Cubra os alimentos ao aquecer

Ao aquecer alimentos no microondas, cubra-os com uma tampa ou utilize papel-toalha para evitar respingos e manter a umidade dos alimentos. Isso também ajuda a aquecer os alimentos de forma mais uniforme. Mas não tampe completamente. Aquelas tampas que já vem com o aparelho são perfeitas.

Ajuste corretamente a potência e o tempo de aquecimento

A maioria dos microondas permite ajustar a potência e o tempo de aquecimento. Ao aquecer alimentos delicados ou líquidos, diminua a potência para evitar superaquecimento e aquecimento desigual. Siga as instruções do fabricante e verifique regularmente a temperatura dos alimentos após o aquecimento.

Mexa e distribua o calor ao aquecer alimentos no microondas

É recomendável mexê-los ou agitar o recipiente várias vezes durante o processo de aquecimento. Isso ajuda a distribuir o calor de maneira mais uniforme, evitando pontos quentes que possam causar queimaduras. 

Evite superaquecimento de líquidos: bebidas, como água ou leite, podem superaquecer no microondas. 

Para evitar acidentes, coloque uma colher ou palito de madeira no recipiente enquanto aquece líquidos. Isso ajuda a interromper a formação de bolhas e reduz o risco de derramamento ou explosão ao retirar o recipiente do microondas.

Deixe o alimento descansar após o aquecimento

Após o aquecimento, deixe o alimento descansar no microondas por alguns minutos. Isso permite que o calor se distribua de maneira mais uniforme e reduz o risco de queimaduras ao manusear os alimentos.

Esquentar comida no microondas não faz mal!

Seguindo essas boas práticas de uso do microondas você tira o melhor potencial desse eletrodoméstico, com menos riscos à saúde e a preservar a qualidade nutricional dos alimentos. Uma vez fazendo isso, você saberá que é mentira que esquentar comida no microondas faz mal. 

O microondas pode ser um aliado na alimentação saudável

Lembre-se de que a moderação e o equilíbrio na alimentação são fundamentais para uma dieta saudável, independentemente do método de preparo dos alimentos.

A prática de esquentar comida no microondas pode ajudar a ter uma rotina mais prática e seguir uma alimentação equilibrada, por exemplo, quando se faz marmitas para a semana.

Embora existam preocupações legítimas sobre os possíveis perigos associados ao uso do microondas, é importante colocar esses riscos em perspectiva. 

A perda de nutrientes e a formação de substâncias tóxicas podem ocorrer durante o aquecimento de alimentos de várias formas, não se limitando apenas ao uso do microondas. 

Além disso, a radiação emitida pelo aparelho não representa riscos significativos à saúde quando utilizado corretamente.

Lembre-se que é sempre importante fazer escolhas informadas e equilibradas quando se trata de nossa alimentação e saúde.

Quer saber mais sobre alimentação saudável, nutrição, bem-estar e saúde? Visite o portal QBemQFaz!


Perguntas frequentes

O que não se pode esquentar no microondas?

É sempre recomendável seguir as diretrizes de segurança do fabricante do microondas e evitar o uso de recipientes de plástico ou papelão não adequados para aquecimento no microondas. De forma geral há alguns produtos e alimentos que não devem ir ao microondas: 

  1. Alimentos com casca, como ovos, batatas inteiras e frutas cítricas;

  2. Frutas secas como uvas-passas ou tâmaras;

  3. Pimentas ou alimentos picantes inteiros;

  4. Garrafas de plástico fechadas;

  5. Recipientes de metal;

  6. Plásticos não seguros para microondas;

  7. Mamadeiras com bico de borracha.

Faz mal esquentar arroz no microondas?

Não, não faz mal esquentar arroz no microondas, desde que seja feito corretamente e seguindo as boas práticas de segurança alimentar. O arroz pode ser aquecido no microondas de forma segura e conveniente. Para evitar riscos à saúde, opte por utilizar recipientes de vidro.

Faz mal usar microondas todos os dias?

Não há evidências científicas que comprovem que o uso do microondas todos os dias seja prejudicial à saúde. O microondas é um aparelho seguro e amplamente utilizado em todo o mundo para aquecer e cozinhar alimentos de forma rápida e conveniente.

Referências 

Microwave Ovens and Health: To Nuke, or Not to Nuke? Healthline, 2023.

Radiation: Microwave ovens. Organização Mundial da Saúde, 2005.

Microwave cooking and nutrition. Harvard Health Publishing, 2021.

O QbemQfaz é um portal de conteúdos sobre saúde, nutrição, bem-estar e alimentação saudável da Nestlé. Os conteúdos desse site têm caráter informativo e não substituem o aconselhamento e acompanhamento médico, nutricional e de outros profissionais de saúde.