Créditos: GettyImages
Legenda: Sempre vai parecer mais difícil do que realmente é até você fazer sua primeira faxina.

A vida está meio fora do lugar ultimamente, né? E quanto mais tempo a gente passa em casa, mais percebemos a sujeira acumulando em móveis, no chão, livros e tantos outros lugares que nem sabíamos que existiam.

Se você é iniciante neste universo chamado faxina, pode relaxar. Nem tudo é tão complicado quanto parece, mas boa parte das atividades vão valer por uma maratona. Já que não dá para se jogar na pista, que tal ouvir sua playlist preferida para limpar a casa? Dessa maneira você já entra no clima e sai dançando com a vassoura, rodando o pano no ar e fazendo performance.

LEIA TAMBÉM

Cronograma da limpeza

Em vez de partir para a faxina braba, pense em dividir as tarefas domésticas em diárias, semanais, quinzenais e mensais. Coloque em uma folha de papel ou simplesmente crie um calendário da limpeza com o que precisa ser feito e quando. Isso facilita muito e ainda reduz o tempo que você gastaria fazendo uma faxina de cima a baixo toda semana!

  • Todo dia: guardar e organizar roupas, brinquedos e coisas fora do lugar, arrumar a cama, lavar a louça e deixar a pia limpinha, tirar o lixo, molhar as plantas (principalmente nos períodos mais quentes e secos) e passar aspirador (ou dia sim, dia não).
  • Semanalmente: trocar e lavar lençóis e toalhas, passar pano, lavar roupas, aspirar sofás e limpeza dos banheiros, cozinha, área de serviço e quartos.
  • Quinzenalmente: organizar compras de mercado, limpeza de janelas, lustres e paredes e limpeza da geladeira.
  • Mensalmente: esvaziar saco do aspirador de pó, lavar colchas, cobre-leitos e edredons, limpeza da máquina de lavar roupa e do filtro que remove fiapos.

Faxina se faz com o quê?

Não existe regra que funcione igualzinho para todo mundo, mas alguns utensílios e produtos resolvem 100% dos seus problemas:

  • Vassoura;
  • Rodo;
  • Panos (de vários tamanhos e de preferência algum de microfibra);
  • Balde;
  • Limpador multiuso ou sabão em barra (natural, vegano ou comprado no mercado: escolha o que você preferir);
  • Buchas ou esponjas e escovas pequenas (escova de dentes velha é ótimo para isso!);
  • Água sanitária;
  • Aspirador de pó;

Como disse, cada um tem seu jeito de usar produtos de limpeza para a casa. Se você prefere limpar a casa de maneira mais natural e com menos produtos, adicione à essa lista vinagre, bicarbonato de sódio e limão.

Outros produtos como desinfetantes, detergentes, lustra móveis, limpadores de pisos de madeira, ceras, sabão em pó, limpa vidros e desengordurantes não têm ações tão distintas de um limpador multiuso ou da água sanitária, por exemplo. Fica à seu critério!

Antes de qualquer limpeza começar, organize e guarde o que estiver fora do lugar. É um desperdício enorme de tempo ficar indo e vindo! Essa é a hora de tirar as roupas do varal, separar o que precisa lavar, tirar lixos dos banheiros e todas as tarefas que você não precisa de nada para realizar (exceto boa vontade e, talvez, alguns parceiros/as e crianças). Se tiver algo que você não queira mais, doe ou descarte no lixo correto. Quer otimizar essa tarefa? Comece pelos cômodos menores e mais fáceis, como banheiros e quartos.

Desce, sobe, empina e limpa

A regra número 1 da boa faxina é sempre começar de cima para baixo. Não precisa limpar teto toda vez, mas comece por remover a poeira de móveis e depois limpe o chão. Aspire a sujeira ou passe um pano úmido com o rodo, principalmente no teto e nas janelas.

Tão importante quanto móveis, janelas, paredes e pisos é limpar os estofados da casa. Para deixar cadeiras, poltronas e sofá limpinhos dá para fazer uma mistura com coisas que você tem em casa. Dissolva 200 ml de vinagre branco em 1L d´água e aplique com um pano (de preferência aqueles que não soltam fiapos). Para tirar o pó, vale usar um espanador ou aspirador.

Se quiser usar o limpador multiuso para dar o talento final em móveis, mesas e cabeceiras que não sejam de madeira, dilua bastante em água (10 ml de limpador para 500 ml de água). Isso evita aquela sensação grudenta que fica de sabão, sabe?

Se você estiver limpando dentro de casa, uma boa opção é contar com as vassouras de cerdas macias e volumosas, pois conseguem varrer sem danificar o piso. Já nas áreas externas prefira as cerdas grossas e duras. Além de recolher o pó, as vassouras também são aliadas na lavagem de pisos frios, como cozinhas, áreas de serviços e quintais ou varandas.

Em pisos de madeira, aspire a sujeira e finalize com um pano levemente umedecido. Água demais e produtos de limpeza inadequados podem estragar o chão, criar manchas e até inchar. Melhor ficar no basiquinho. Vai usar cera? Passe um pano seco depois para evitar escorregões!

A última etapa de qualquer faxina é limpar os limpadores. Lave os panos de limpeza, esponjas, buchas, escovas e baldes, esvazie o aspirador e guarde tudo de volta em seu devido lugar.

Créditos: GettyImages
Legenda: Mais do que uma tarefa: um estilo de vida

Mais do que uma tarefa: um estilo de vida

É gostoso ver a casa limpinha, cheirosa e bem cuidada, não é? Então você já sabe que, embora faxinar seja trabalhoso, vale muito a pena. Para não passar horas nessa tarefa toda semana, cuide da manutenção.

Sujou, limpou: passe aspirador com maior frequência, limpe um cômodo por dia ou cuide para não deixar passar mais tempo da limpeza que o necessário. Sua casa e suas costas agradecem!

Assine a nossa Newsletter

A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com o desafiador cenário globalizado.

Digite um e-mail válido.