Créditos: GettyImages
Legenda: Comida que você conhece o tempero, a procedência e ainda economiza horas no dia. Viva!

A gente sabe que nem sempre vai sobrar tempo ou disposição para cozinhar todos os dias. Comida congelada é uma opção bastante interessante para não acabar sempre no fast food (seu VR agradece). Antes que você torça o nariz achando que perde sabor, qualidade e outras tantas besteiras, confira essas dicas.

A técnica incrível do congelamento preserva os nutrientes e evita que alimentos estraguem mais rápido. Dá para guardar no freezer desde frutas até refeições prontinhas em porções individuais. Se você não é da turma que adora cozinhar o tempo todo, dedique algumas horas aos preparos e ganhe dias de descanso bem alimentados.

Dê atenção ao processo de pré-congelamento

Cada alimento segue um processo específico de pré-congelamento, como verduras e hortaliças. O indicado é fazer um processo chamado branqueamento: cozinhe o ingrediente em água fervente por dois a três minutos, transfira para uma tigela com água gelada, retire e deixe secar antes de guardar. Já as frutas devem ser limpas e os caroços retirados, sendo melhor armazenar em quantidades ideais para consumo único.

Quanto colocar de cada ingrediente?

Você sabe melhor do que ninguém quanto de fome sente, então, repare em algum momento quantas colheres coloca no prato de arroz, feijão, salada e o que mais quiser. A dica para montar um prato bonito é pensar nas proporções:

  • 50% de legumes e verduras ricos em fibras, vitaminas e nutrientes, como couve, brócolis, couve-flor, beterraba, cenoura, chuchu, abobrinha e berinjela. Podem ser crus ou cozidos.
  • 25% de carboidratos como arroz, massas, milho, batata, mandioca, inhame, mandioquinha e batata doce. Melhor ainda se forem as versões integrais!
  • 25% de proteínas tanto de origem animal quanto vegetal, como frango, carnes vermelhas magras (alcatra, patinho, lagarto, coxão mole e duro), peixes, ovos e o clássico feijão, que faz parte do grupo das leguminosas (ervilha, lentilha, grão-de-bico e soja).

Comida pronta para congelar

Importante lembrar que é bom deixar a comida esfriar antes de guardar na geladeira, evitando abafar e criar o ambiente ideal para micro-organismos fazerem a festa e você terminar sem jantar. Outra dica da vida adulta real: etiquete e anote as datas de cada pote.

O processo de etiquetar evita não só o desperdício, mas que a gente perca a noção de há quanto tempo aquele feijão está ali. Assim você pode planejar refeições semanais e até quinzenais, mas não para um inverno tenebroso com uma hibernação de três meses.

Se estiver com a criatividade em baixa no dia de cozinhar, congele ingredientes individualmente que podem ser transformados em pratos rápidos, como abobrinha, abóbora, mandioca, couve-flor, arroz e carnes cozidas.

Escolha o pote certo

Na hora de guardar suas refeições, resista à tentação de pegar o primeiro pote em promoção que achar. Leve em consideração estes requisitos para congelamento profissional:

  • Deve ser próprio para ir ao micro-ondas (para facilitar o descongelamento);
  • Não permitir o contato do alimento com o ar (chamados potes herméticos);
  • Não pegar cheiro dos alimentos;
  • Não rasgar facilmente ou estar rasgado/quebrado.

Pode ser de plástico? Pode, mas o vidro é garantia de não rasgar facilmente, não ficar com cheiro de peixe por dias e poder ir ao micro-ondas. E também é bem mais amigo do planeta, né?

Sem vaivém

A regra aqui é clara: descongelou, não congela mais! No caso de marmitas completas, vale fazer uso do micro-ondas para descongelamento rápido. Uma dica bacana, em caso de porções individuais de alimentos únicos, como feijão, é congelar sem tempero e agregar um caldo temperado à panela no descongelamento. Lembre-se de deixar na geladeira no dia anterior – se lembrar –, nunca do lado de fora, combinado?

É aquela história: nem todos os dias serão incríveis e menos ainda a inspiração para cozinhar estará presente. Fazemos o melhor para nos organizar e garantir uma alimentação mais equilibrada e saborosa, mas também vamos de delivery e jantar pipoca de vez em quando. E tudo bem!

Assine a nossa Newsletter

A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com o desafiador cenário globalizado.

Digite um e-mail válido.