Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Imagem de cima de uma tábua de madeira, com queijo, manteiga, cenoura, mexerica, pimentão vermelho, coentro e brócolis.

Vitamina A: para que serve e qual sua importância?

Compartilhar
Atualizado em  novembro 2023

Sempre ouvimos falar da importância de uma alimentação equilibrada, rica em frutas, verduras e legumes, também sabemos o quão importante é a presença de vitaminas e minerais - por isso, hoje vamos falar sobre a vitamina A para que serve!

Você ainda tem dúvidas da importância da vitamina A? Não sabe em que alimentos encontrar, ou quais prejuízos podemos ter com sua deficiência? Conhece alguém que se auto suplementa e não sabe os perigos do excesso?

Leia até o final e descubra tudo isso!

 

O que é vitamina A?

A vitamina A é um micronutriente encontrado em fontes de origem animal e vegetal, sendo indispensável para manter a saúde em dia, e que não é produzida pelo nosso corpo. Seus principais benefícios estão ligados à ação antioxidante e possível ajuda no fortalecimento da imunidade. 

Por outro lado, a deficiência de vitamina A pode ser associada a uma série de problemas. Vamos passar por todos esses aspectos neste artigo! 

Vitamina A: para que serve?

A vitamina A é importante para uma boa saúde em geral, ela pode auxiliar na renovação celular, além da possibilidade de contribuir para o bom funcionamento do nosso sistema imunológico, também é importante para a saúde dos olhos e visão, e age como um antioxidante, combatendo radicais livres que aceleram o envelhecimento da pele.

Quer conhecer mais sobre como ela atua em nosso organismo? O QBemQFaz te conta!

Por que ela é tão importante para a saúde dos olhos?

Você provavelmente tem algum familiar que te indicou o consumo de cenoura, alimento que contém vitamina A, alegando ser fundamental para uma boa visão? Isso é real e eu vou te explicar o motivo!

Ela é responsável por manter nossa córnea clara, que é a cobertura externa dos nossos olhos. A vitamina A contém um componente chamado rodopsina, que é uma proteína presente em nossos olhos responsável por fazer com que enxerguemos em ambientes escuros.

E como a vitamina A atua no sistema imunológico?

A vitamina A é responsável por auxiliar no aumento das células de defesas do organismo, dificultando a entrada de microrganismos ruins para o nosso corpo entrarem, já que elas podem ajudar a manter as mucosas saudáveis - a cobertura que protege a boca, garganta, olhos e estômago.

Qual a função da vitamina A na pele?

Derivado da vitamina A, o retinol é um nutriente que ajuda na renovação celular e na síntese da proteína do colágeno, o que o torna um importante aliado no combate ao envelhecimento da pele.

E como ela atua em cabelos e unhas?

A vitamina A pode ajudar a reduzir a queda dos cabelos e estimular o crescimento dos cabelos, além de ajudar a dar mais força e resistência às unhas, reduzindo quebras ou danos. 

Ou seja, a vitamina também pode ser responsável por deixar os cabelos e unhas mais fortes e saudáveis.

E caso eu tenha deficiência de vitamina A? Quais são os sintomas?

Na falta dessa vitamina, é possível que as pessoas tenham problemas oculares, sendo a principal consequência o aumento da sensibilidade à luz, posterior cegueira noturna - dificuldade em enxergar em locais com baixa luminosidade.

Além disso, sua deficiência pode prejudicar o crescimento de crianças e adolescentes, aumentando o risco de doenças degenerativas como Parkinson ou Alzheimer, câncer e doenças cardíacas. 

Como faz parte também do processo de formação de pele, unhas e cabelo, pode acarretar em quedas ou unhas fracas e quebradiças.

E em que situações temos falta dessa vitamina?

A deficiência de vitamina A pode acontecer quando a criança não é amamentada ou quando ocorre o consumo insuficiente de vitamina A. Dietas muito restritivas e que não contenham boas quantidades de gordura também podem prejudicar a absorção dela no organismo, já que é feita através da gordura.

Nós fabricamos a vitamina A? Ou ela precisa ser suplementada?

Nosso corpo não produz vitamina A, então o consumo deve vir de alimentos fontes. A suplementação se dá necessária somente em casos de deficiência.

E, neste caso, isso acontece através do Retinol e a quantidade pode variar de acordo com a idade, gênero e condição clínica do paciente.

E quais seriam então as fontes de vitamina A? O que preciso incluir na minha alimentação?

O leite materno é uma grande fonte de vitamina A, por isso a importância de incentivarmos a amamentação exclusiva com leite materno até os 6 meses de idade - se possível, é claro. Além disso, encontramos em alimentos de origem animal, como fígado, gema de ovo e leite de vaca.

Em alimentos de origem vegetal, é encontrada na forma de carotenóides, ou seja, vegetais em sua maioria vermelhos, amarelos e laranjas. 

Aqui vai algumas indicações de alimentos fontes:

Além de frutas como:

Uma outra forma de consumirmos vitamina A para pacientes mais restritivos ou resistentes em mudar a alimentação, é na forma de receitas.

No caso do ovo, que também é uma fonte, podemos utilizá-lo em bolinhos, panquecas e tortas. No caso do leite, em mingau, vitaminas de frutas, dentro de preparações. Os vegetais que normalmente são os mais complicados e menos aceitos, podemos incluir em tortas, picados no arroz, no meio de omeletes, misturados à comida, em molhos.

E as frutas podem ser ofertadas em bolos, vitaminas, e iogurtes. Infinitas possibilidades de sermos saudáveis!

E se eu não precisar suplementar, mas tomar por conta própria? O que pode acontecer?

Superdosagens podem trazer diversos malefícios, como causar tontura, dor de cabeça, náusea, queda de cabelo, sonolência, irritabilidade, delírios, vômitos, diarréia. A longo prazo podem causar osteoporose e fraturas no quadril. Ou seja, nunca se automedique, a prescrição por um médico ou nutricionista é fundamental.

Quem precisa dessa vitamina?

Todas as pessoas precisam de bons níveis de vitamina A para garantir uma boa saúde em geral, mas existem grupos de risco que precisamos ficar atentos pois são mais vulneráveis: crianças a partir do sexto mês que não tomam leite materno exclusivamente e já comem outros alimentos, além das próprias também gestantes, lactantes e idosos.

E aí, me conte, suas dúvidas foram respondidas? Agora você compreende a importância de uma boa alimentação? Fazia ideia que a vitamina A tinha tantas funções em nosso organismo?

A deficiência de vitaminas tem sido muito comum atualmente com o aumento do consumo de industrializados e redução de alimentos in natura. Se você conhece alguém que precisa melhorar a alimentação, envie o artigo. A informação e conscientização são os primeiros passos para a mudança!

Gostou do conteúdo? Confira mais sobre saúde e bem estar no blog do QBemQFaz!

 


Referências:

Manual de condutas gerais do programa nacional de suplementação de vitamina A. Ministério da saúde, 2013.

O que é e para que serve a vitamina A?. BVS Atenção primária em saúde, 2016.

Ação das vitaminas antioxidantes na prevenção do envelhecimento cutâneo. Revista Eletrônica Disciplinarum Scientia, 2014.

Vitamina A. Nutrologia, 2010.

O QbemQfaz é um portal de conteúdos sobre saúde, nutrição, bem-estar e alimentação saudável da Nestlé. Os conteúdos desse site têm caráter informativo e não substituem o aconselhamento e acompanhamento médico, nutricional e de outros profissionais de saúde.