Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Vitaminas: um glossário para você aprender para que cada uma serve

Legenda: 
Vitaminas: mulher tomando um suco de cor vermelha

Vitaminas. Se existe um mundo repleto de variedades na nutrição é este. É tanta letra e tipos de vitaminas que a gente acaba se perdendo. Para que serve a vitamina tal? Qual é a vitamina boa para os ossos? E a melhor vitamina para memória e concentração? Enfim, são muitas perguntas, que exigem muitas respostas. Mas QbemQfaz é quase uma mãe para vocês e nunca os deixaria na mão. Por isso, decidimos fazer um glossário de vitaminas, falando um pouco sobre cada uma delas. E para isso, contamos com a ajuda da nutricionista Camila Naegeli Caverni.

 

O que são as vitaminas e como agem?

Antes de começar, precisamos de uma visão geral do que são as vitaminas e como elas agem em nosso corpo. Com a palavra, a especialista:

“[Vitaminas] são nutrientes indispensáveis para a manutenção e bom funcionamento do nosso corpo. Em sua grande maioria, podem ser obtidas através da alimentação, em quantidades adequadas para a manutenção de nossa saúde. Diversos problemas de saúde podem aparecer quando o consumo de algumas vitaminas é insuficiente ou não existente”, explicou Camila.

 

Vitaminas: quais os tipos?

Agora que já sabemos em linhas gerais o funcionamento das vitaminas, precisamos saber quais são as existentes. E mais uma vez contamos com a ajuda da nossa especialista. Segundo Camila, as vitaminas são Retinol (Vitamina A), Tiamina (Vitamina B1), Riboflavina (Vitamina B2), Niacina (Vitamina B3), Ácido pantotênico (Vitamina B5), Piridoxina (Vitamina B6), Biotina (Vitamina B7), Ácido fólico (Vitamina B9), Cobalamina (Vitamina B12), Ácido ascórbico (Vitamina C), Calciferol (Vitamina D), Tocoferol (Vitamina E) e Filoquinona (Vitamina K).

 

Vitaminas: Glossário

Chegou a vez do glossário. O que cada letrinha dessa quer dizer? Como cada uma dessas vitaminas age em nosso corpo? Para que elas servem? Vamos destrinchar cada uma delas agora mesmo.

Mas antes, precisamos saber só mais uma coisinha: é importante dizer que as vitaminas são divididas em duas categorias: vitaminas hidrossolúveis e vitaminas lipossolúveis.

As vitaminas hidrossolúveis são solúveis em água e, por isso, não são armazenadas em nosso organismo. Todas as vitaminas do complexo B e a vitamina C são vitaminas hidrossolúveis.

 

Vitaminas hidrossolúveis: para que servem

A nutricionista Camila Naegeli listou os benefícios de cada vitamina desse tipo. Vamos conhecer:

Vitamina B1

Manutenção do sistema nervoso e dos músculos. Estimula o apetite. Sua deficiência pode ser responsável pelo desenvolvimento de uma doença conhecida como Beribéri (que traz sintomas como perda de apetite, fraqueza, formigamento, falta de ar, inchaço nos pés e dor no corpo).

Vitamina B2

Prevenção de catarata, manutenção da pele, do sistema nervoso e da coordenação motora.

Vitamina B3

Manutenção do sistema nervoso e imunológico. Auxilia na redução dos níveis de triglicérides e colesterol. Sua deficiência pode ser responsável por problemas gastrointestinais e de pele.

Vitamina B5

Prevenção ao desgaste de cartilagens e participa na produção dos glóbulos vermelhos no sangue. Sua deficiência pode ser responsável por fadiga e formigamentos nas extremidades do corpo.

Vitamina B6

Manutenção da pele e dos sistemas nervoso e imunológico. Redução de risco de problemas do coração. Sua deficiência pode ser responsável por desenvolver quadros de anemia, convulsões e espasmos, que são movimentos musculares involuntários.

Vitamina B7

Importante para o fortalecimento de unhas e cabelo, produção de ácidos graxos e redução dos níveis de açúcar (glicose) no sangue. Sua deficiência pode ser responsável por alterações neuromusculares e na pele.

Vitamina B9

Manutenção do sistema imunológico, nervoso e circulatório. Ajuda a metabolizar aminoácidos (que são partes da proteína) . Sua deficiência pode ser responsável por problemas congênitos (ou seja, que surgem antes do bebê nascer) e anemia.

Vitamina B12

Produção de glóbulos vermelhos no sangue, manutenção do sistema nervoso e equilíbrio hormonal. Sua deficiência pode ser responsável por problemas neurológicos, perda de equilíbrio, anemia e dormências.

Vitamina C

Importante para a produção de colágeno, além de ser uma potente vitamina antioxidante. Essencial para a cicatrização e para os vasos sanguíneos. Sua deficiência pode ser responsável pelo desenvolvimento do escorbuto, que normalmente apresenta como sintomas: fraqueza, sangramento nas gengivas e irritação na pele.

 

Vitaminas lipossolúveis

“As vitaminas lipossolúveis são aquelas que são solúveis em gordura e, por conta disso, podem ser armazenadas no nosso fígado e na nossa gordura corporal. Isso faz com que essas vitaminas possam se tornar tóxicas ao nosso corpo, devido ao excesso, e elas são: vitamina A, vitamina D, vitamina E, vitamina K”, explicou Camila, que listou seus benefícios conforme podemos ver abaixo:

Vitamina A

Relacionada com o bom funcionamento da visão e da imunidade. Importante também para a saúde da boca, do nariz, dos ouvidos e do pulmão. Sua deficiência pode ser responsável por problemas relacionados à visão – inclusive a cegueira noturna –, problemas de pele e redução da imunidade.

Vitamina D

Responsável por garantir a absorção e manutenção dos níveis de cálcio nos nossos ossos. Sua deficiência pode ser responsável por problemas como o raquitismo (deformidade óssea em crianças) e a osteoporose (ossos frágeis e mais porosos). Pesquisas têm mostrado que essa vitamina pode ser uma importante aliada da imunidade.

Vitamina E

Importante antioxidante, ou seja, que combate os radicais livres, que por sua vez podem causar doenças como diabetes, câncer, e levar ao envelhecimento precoce. Promove a fertilidade. Sua deficiência pode ser responsável por alterações no sistema nervoso.

Vitamina K

Importante para a coagulação do sangue, evitando assim que eventuais cortes na pele virem hemorragias.

Viu, só? Sempre que tiver dúvidas sobre qual tipo de vitamina serve para uma determinada coisa, é só consultar este glossário. Mas antes de nos despedirmos, que tal tirarmos algumas dúvidas mais específicas?

É verdade que todas as vitaminas precisam vir de fontes externas ao corpo humano? Segundo Camila, não. Ela explica que existem 2 vitaminas muito importantes que são produzidas pelo nosso organismo: a vitamina D e a vitamina K. Porém, ela faz ressalvas:

“A vitamina D é produzida quando expomos o nosso corpo à luz solar, por exemplo. Já a vitamina K é produzida através de uma bactéria que está presente em nosso intestino. Mesmo ele sendo capaz de produzir essas vitaminas, em algum momento da vida pode se fazer necessária uma suplementação dessas duas vitaminas. Isso é muito individual e varia de acordo com o estilo de vida e condições físicas de cada organismo”, explicou.

E há vitaminas específicas para adultos ou crianças? Na verdade, todo ser humano precisa de todas as vitaminas, não importa a sua idade. O que vai diferenciar é a quantidade de ingestão diária, conforme explica Camila.

Ela cita ainda o exemplo da vitamina D, em que se recomenda uma suplementação para todos os bebês até os dois anos, juntamente com o banho de sol. Então, só os bebês podem precisar de suplementação de vitamina D? Não. É possível que adultos também precisem em algum momento da vida.

Ah, então por que não tomar suplementos de todas as vitaminas? Se alguma estiver faltando, já vai ser corrigida, correto? Não é bem assim. Suplementos vitamínicos não são como balas, que você escolhe o que quer e pode consumir – há situações específicas, como explica Camila. Quando usar, então?

“Quando for diagnosticada a deficiência de alguma vitamina; quando o estilo de vida do indivíduo trouxer indícios (baseados em evidências científicas) de que a curto prazo uma deficiência poderá surgir. Por exemplo, um paciente que fez uma cirurgia de redução do estômago, um vegano com recusa alimentar importante ou quando o objetivo da suplementação for a prevenção ou o tratamento de algum problema de saúde. Com certeza, é importante ser prescrito apenas por especialistas da área da saúde”, disse ela, dando ênfase no “apenas”.

Tá bom, então. Já que eu não posso tomar suplemento vitamínico a torto e a direito, não vai ter problema se eu consumir através de alimentos, não é? Qual é o super alimento que contém todas as vitaminas?

Err... deixa a gente te contar que não é bem assim. Não existe fórmula mágica, nem um alimento mágico que vá conter tudo que a gente precisa. Camila, explica aí para esse povo como funciona!

“O importante é que existam hábitos alimentares saudáveis para que, dessa forma, o consumo de todas as vitaminas seja feito nas quantidades necessárias. Porém, é legal mencionar que o fígado (seja ele de boi ou de galinha) contém quase todas as vitaminas que existem, exceto a vitamina C e a vitamina E. Todos os grupos alimentares contêm vitaminas e devem ser consumidos diariamente, com a orientação de um especialista”, explicou.

Viu, só? Não tem fórmula mágica. Nem o fígado, mencionado pela especialista, e que é rico em várias vitaminas, consegue dar conta de tudo. O ideal, conforme dito, é ter hábitos saudáveis, o que sem dúvida inclui uma alimentação bem variada.

Mas lembra daquelas perguntas feitas no início do texto? Qual a melhor vitamina para isso? E para aquilo? Trouxemos, mais uma vez com a ajuda da especialista, para ajudar a sua vida. A gente é bom demais, não acha?

 

Perguntas gerais

Existe vitamina para o cabelo parar de cair? Qual?

“A vitamina B7 (Biotina) e a vitamina B5 (Ácido pantotênico) são importantes para auxiliar no fortalecimento do cabelo, porém só a inclusão dessas vitaminas não será suficiente. Existem minerais que também devem estar presentes na alimentação, como é o caso do ferro. Além disso, deve-se avaliar se existe alguma condição de saúde responsável por essa queixa”, explicou Camila.

Qual vitamina é boa para os ossos?

“Principalmente a vitamina D, pois ela será responsável por aumentar a absorção e manutenção do cálcio nos ossos”.

Qual a melhor vitamina para evitar o cansaço?

“As vitaminas do complexo B, juntamente com a vitamina C. Mas menciono novamente que apenas a inclusão dessas vitaminas não será suficiente. Existem diversas variáveis responsáveis pelo cansaço e isso deve ser avaliado por um especialista, para que dessa forma o melhor tratamento seja proposto para tratar essa queixa”, disse.

Existe vitamina para ganho de peso rápido?

A vitamina B1 é utilizada em alguns casos na tentativa de aumentar o apetite, assim como outras vitaminas do complexo B”.

Qual a melhor vitamina para memória e concentração?

“Principalmente as vitaminas do complexo B”, finalizou.

Ufa, agora acabamos. Viu como cada uma daquelas letrinhas tem sua importância? Por isso, é importante prestar atenção aos seus hábitos para estar com as vitaminas em dia. Ah, e se precisar de reposição, deixa isso a cargo dos especialistas.


Perguntas Frequentes

  • Como as vitaminas agem e qual sua importância para o corpo humano?

    As vitaminas são nutrientes indispensáveis para a manutenção e bom funcionamento do nosso corpo. Em sua grande maioria, podem ser obtidas através da alimentação, em quantidades adequadas para a manutenção de nossa saúde. Diversos problemas de saúde podem aparecer quando o consumo de algumas vitaminas é insuficiente ou não existente.

  • Quais são os tipos de vitaminas existentes?

    Retinol (Vitamina A), Tiamina (Vitamina B1), Riboflavina (Vitamina B2), Niacina (Vitamina B3), Ácido pantotênico (Vitamina B5), Piridoxina (Vitamina B6), Biotina (Vitamina B7), Ácido fólico (Vitamina B9), Cobalamina (Vitamina B12), Ácido ascórbico (Vitamina C), Calciferol (Vitamina D), Tocoferol (Vitamina E) e Filoquinona (Vitamina K).

  • Existem vitaminas específicas para crianças e adultos?

    Tanto os adultos como as crianças precisam de todas as vitaminas, o que muda são as dosagens que cada grupo irá necessitar para atingir a recomendação diária. Todo bebê no início da vida, por exemplo, já deve ter a orientação de iniciar a suplementação da vitamina D, pelo menos até os dois anos de idade, juntamente com os banhos de sol. Já nos adultos, é muito comum que estejam com deficiência de vitamina D e em algum momento da vida deverão suplementar essa vitamina novamente.

  • O ser humano produz alguma vitamina ou tem que adquirir todas através de fontes externas, como alimentos?

    Existem duas vitaminas muito importantes que são produzidas pelo nosso organismo: a vitamina D e a vitamina K. A vitamina D é produzida quando expomos o nosso corpo à luz solar, por exemplo. Já a vitamina K é produzida através de uma bactéria que está presente em nosso intestino. Mesmo que o corpo seja capaz de produzir essas vitaminas, em algum momento da vida pode se fazer necessário uma suplementação dessas duas vitaminas.

  • Quando fazer uso de suplementos vitamínicos? É importante ser prescrito por especialistas?

    Quando for diagnosticada a deficiência de alguma vitamina; quando o estilo de vida do indivíduo trouxer indícios (baseados em evidências científicas) de que a curto prazo uma deficiência poderá surgir; ou quando o objetivo da suplementação for a prevenção ou tratamento de algum problema de saúde. É importante que a suplementação seja prescrita apenas por especialistas da área da saúde.

  • Quais são as maiores fontes de vitaminas?

    Não existe um único alimento que contenha todas as vitaminas de que o nosso corpo precisa. O importante é que existam hábitos alimentares saudáveis para que dessa forma o consumo de todas as vitaminas seja feito nas quantidades necessárias. Porém, é legal mencionar que o fígado (seja ele de boi ou de galinha) contém quase todas as vitaminas que existem, exceto a vitamina C e a vitamina E.

  • Existe vitamina para o cabelo parar de cair?

    A vitamina B7 (Biotina) e a vitamina B5 (Ácido pantotênico) são importantes para auxiliar no fortalecimento do cabelo, porém só a inclusão dessas vitaminas não será suficiente. Existem minerais que também devem estar presentes na alimentação, como é o caso do ferro. Além disso, deve-se avaliar se existe alguma condição de saúde responsável por essa queixa.

  • Qual a melhor vitamina para os ossos?

    Principalmente a vitamina D, pois ela será responsável por aumentar a absorção e manutenção do cálcio nos ossos.

  • Qual a melhor vitamina para evitar o cansaço?

    As vitaminas do complexo B, juntamente com a vitamina C. Mas apenas a inclusão dessas vitaminas não será suficiente: existem diversas variáveis responsáveis pelo cansaço e isso deve ser avaliado por um especialista, para que dessa forma o melhor tratamento seja proposto para tratar essa queixa.

  • Existe vitamina para ganho de peso rápido?

    A vitamina B1 é utilizada em alguns casos na tentativa de aumentar o apetite, assim como outras vitaminas do complexo B.

  • Qual a melhor vitamina para memória e concentração?

    Principalmente as vitaminas do complexo B.

    Fontes:

    Todas as informações foram retiradas das respostas da especialista Camila Naegeli Caverni

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas