Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Vitamina B6: conheça os benefícios e onde encontrá-la

Legenda: 
Vitamina b6: amendoim

Apesar de não terem a mesma fama de vitaminas como a A e a C, as vitaminas do complexo B são nutrientes importantíssimos para a saúde do corpo humano. Cada uma delas tem seu papel específico. Dentro dessa gama, está a vitamina B6 – e hoje chegou o dia de ela brilhar. Também conhecida como piridoxina, ela é uma vitamina solúvel em água de que seu corpo necessita para diversas funções, sendo significativa para o metabolismo de proteínas, gorduras e carboidratos e para a criação de glóbulos vermelhos e neurotransmissores. Mas calma que já vamos te explicar o que é tudo isso!

É importante frisar que nosso corpo não pode produzir vitamina B6, portanto, você deve obtê-la por meio de alimentos ou suplementos. Mais abaixo vamos mostrar em quais alimentos você pode encontrá-la.

A maioria das pessoas obtém vitamina B6 suficiente por meio de sua dieta, mas certas populações podem estar em risco de deficiência, como as pessoas com doenças crônicas nos rins, com síndrome de Chron e doença celíaca.

 

Vitamina B6: benefícios

Agora que já sabemos do que se trata a Vitamina B6, quais seriam seus benefícios? A nutricionista Gabriela Pereira listou uma série de benefícios relacionadas a este nutriente:

  • Participa da produção de neurotransmissores, substâncias que realizam conexões entre dois ou mais neurônios (alguns exemplos são dopamina, serotonina e Gaba);
  • Participa da produção de serotonina (hormônio do bem-estar e bom humor);
  • Combate os radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce;
  • Participa do metabolismo dos carboidratos, proteínas e gorduras;
  • Ajuda no controle do colesterol;
  • Participa da produção de DNA;
  • Participa do processo de absorção do ferro;
  • Auxilia no bom funcionamento da imunidade e aumenta a produção de anticorpos;
  • Protege o sistema nervoso central;
  • Auxilia no controle de Náuseas e vômitos;
  • Alivia sintomas da TPM;
  • Previne doenças cardiovasculares.

 

Em que a deficiência de vitamina B6 pode acarretar?

Ainda de acordo com a especialista Gabriela Pereira, o baixo consumo desse nutriente em nosso organismo pode ocasionar vários problemas, tais como: dermatite (inflamação da pele), esteatose hepática, aterosclerose, níveis elevados de triglicerídeos (hipertrigliceridemia), níveis elevados de colesterol (hipercolesterolemia), depressão, confusão mental, convulsões e até câncer.

Além disso, a deficiência ainda pode afetar negativamente o sistema cognitivo e causar queda da imunidade.

 

Vitamina B6 e depressão

Como você já deve ter visto, um dos problemas que pode ser acarretado pela deficiência de vitamina B6 em nosso organismo é a depressão, uma vez que a vitamina B6 desempenha um papel importante na regulação do humor.

Isso ocorre em parte porque essa vitamina é necessária para criar neurotransmissores que regulam as emoções, incluindo serotonina, dopamina e ácido gama-aminobutírico (GABA), conforme foi citado pela especialista Gabriela Pereira.

A vitamina B6 também pode desempenhar um papel na redução dos níveis elevados do aminoácido homocisteína no sangue, que têm sido associados à depressão e outros problemas psiquiátricos. Isso porque algumas pesquisas mostram que sintomas depressivos podem estar associados a níveis baixos de vitamina B6 no sangue; esses sintomas apareceram mais em adultos com risco de deficiência de vitamina B. Por outro lado, vale ressaltar que o uso de vitamina B6 para prevenir ou tratar a depressão não mostrou eficácia ainda.

 

Quais são os alimentos ricos em vitamina B6?

Segundo a nutricionista Gabriela Pereira, os alimentos nos quais podemos encontrar mais vitamina B6 são:

  • Carnes (bovina, suína, frango e peixes);
  • Feijão;
  • Cenoura;
  • Suco de laranja;
  • Cereais integrais;
  • Aveia;
  • Amendoim;
  • Soja;
  • Semente de abóbora;
  • Ovos;
  • Queijo;
  • Brócolis;
  • Milho;
  • Couve-flor;
  • Uvas;
  • Cacau.

 

O que é piridoxina?

Quando se pesquisa sobre vitamina B6, um nome que surge de imediato é a piridoxina. Mas o que realmente é isto? Com a palavra, a nutricionista Gabriela Pereira:

“É o termo científico para denominar a vitamina B6 presente principalmente em alimentos de origem vegetal. A vitamina B6 é conhecida através de três termos: Piridoxina, Piridoxal e Piridoxamina”.

 

E a piridoxina engorda?

Existe uma dúvida geral se a piridoxina engorda ou não. Bem, se você tinha alguma dúvida, será sanada agora mesmo: a especialista Gabriela Pereira afirma categoricamente que “não, pois as vitaminas não têm calorias e a piridoxina não aumenta o apetite”.

Mas não é porque não engorda que você vai exagerar, não é mesmo? Equilíbrio é tudo, amore.

Vamos ficar por aqui, agora que você já sabe tudo sobre a vitamina B6. Caso também tenha interesse, acesse também nosso artigo sobre vitamina K e vitamina C com zinco.


Perguntas Frequentes

  • O que é piridoxina?

    É o termo científico para denominar a vitamina B6 presente principalmente em alimentos de origem vegetal. A vitamina B6 é conhecida através de três termos: Piridoxina, Piridoxal e Piridoxamina

  • A piridoxina engorda?

    De acordo com a nutricionista Gabriela Pereira não, pois as vitaminas não têm calorias e a piridoxina não aumenta o apetite.

  • Quais são as principais fontes de vitamina B6?

    Carnes (bovina, suína, frango e peixes), feijão, cenoura, suco de laranja, cereais integrais, aveia, amendoim, soja, semente de abóbora, ovos, queijo, brócolis, milho, couve-flor, uvas e cacau.

Fontes:

https://www.healthline.com/nutrition/vitamin-b6-benefits#TOC_TITLE_HDR_2

https://www.healthline.com/nutrition/vitamin-b6-deficiency-symptoms

https://ods.od.nih.gov/factsheets/VitaminB6-HealthProfessional/

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas