Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Dieta dos pontos: o que é e como funciona?

Créditos: 
Legenda: 
Dieta dos Pontos

A cada dia ouvimos falar de uma dieta nova: dieta cetogênica, dieta do ovo, dieta do HCG. Uma dessas novidades é a dieta dos pontos. Como o nome sugere, a dieta dos pontos é baseada na contagem de pontos associada aos alimentos. Parece complexo? Vem com a gente que explicamos.

 

O que é a dieta dos pontos ?

A dieta dos pontos é realizada através da contagem de pontos atribuídos aos alimentos escolhidos para consumo: o arroz vale um número determinado de pontos, um ovo vale outro e por aí vai. Cada pessoa tem um número total de pontos que pode “fazer” (ou seja, consumir) durante o dia ao somar a pontuação de cada alimento. Essa pontuação, por sua vez, é baseada principalmente nas calorias dos alimentos. A dieta dos pontos não costuma excluir nenhum alimento do cardápio: a meta é não estourar os pontos.

 

Como se calculam esses pontos?

O cálculo dos pontos diários que podem ser consumidos por cada pessoa leva em consideração a taxa de metabolismo basal (TMB), a quantidade de calorias que o corpo precisa para fazer as atividades do dia (gasto energético total ou GET), e também o índice de massa corpórea (IMC), que é a medida que verifica se a pessoa está no peso ideal. A partir desses valores, a pessoa calcula quantas calorias cada indivíduo precisa para se manter dentro da dieta.

Mas como calcular TMB, gasto energético total e IMC? Vamos lá!

Aqui vai a fórmula da taxa de metabolismo basal (TMB):

  • Homens: 66 + (13,8 x peso em kg) + (5 x altura em cm) - (6,8 x idade em anos).
  • Mulheres: 655 + (9,6 x peso em kg) + (1,8 x altura em cm) - (4,7 x idade em anos)

O segundo passo é identificar o gasto de energia total (GET). Esse cálculo leva em consideração os níveis de atividade física de cada pessoa que podem ser:

  • Sedentário (1,2): pessoa que pratica atividades, na maior parte do tempo sentado, como por exemplo: dirigir, jogos de cartas, trabalha no computador, não frequenta academia nem participa de esportes.
  • Moderado 1 (1,3): aqueles que praticam exercícios esporádicos pelo menos 3x por semana.
  • Moderado 2 (1,6): aqui podem ser considerados aqueles que praticam exercício pesado de 5 a 6 dias por semana
  • Extremamente ativo (2,3): pratica exercício pesado todos os dias e até mesmo 2 vezes por dia, competição de natação, ciclismo etc.

Após identificar o seu nível de atividade física (NAF), o seguinte passo é fazer outro cálculo:

GET = TMB x NAF

Transforme o resultado do seu GET em pontos. Exemplo: 3,6 kcal equivale a 1 ponto, então basta dividir o valor do GET. Por exemplo:

Pontos diários = GET/3,6

Pontos diários= 2,955/3,6

Pontos diários = 832

O cálculo do IMC é a última etapa, é através dele que se é possível de obter o número de pontos diários a se ingerir para começar a perder peso.

IMC = Peso em kg / Altura x Altura

Por exemplo:

IMC = 78/1,72 X 1,72

IMC = 26,3

Por fim, é hora de substituir o total de pontos pelo valor encontrado no GET.

O resultado indicará a quantidade de pontos que poderá ser consumida para perder peso.

  • Homens

25 a 29: 200 pontos

30 a 34,9: 225 pontos

35 a 39,9: 275 pontos

Acima de 40: 325 pontos

  • Mulheres

25 a 29,9: 175 pontos

30 a 34,9: 200 pontos

35 a 39,9: 250 pontos

Acima de 40: 300 pontos

 

Regras da dieta dos pontos

Cada alimento possui uma pontuação e, como dito o exemplo anterior, cada 1 ponto é equivalente a 3,6 kcal.

1. Desconte pontos de temperos usados nas refeições principais (almoço e jantar) 15 pontos. Se for fritura multiplique por 3
2. Não consuma menos de 230 pontos por dia.
3. Pratique exercícios, isso equivale a pontos extras.
4. Não coma muito em uma refeição só.
5. Após emagrecer 5 kg, calcule novamente a quantidade de pontos ideal para seu peso e modo de vida.
6. Não fique em jejum.
7. Evite o consumo de mais de 5 alimentos que equivalem a 0 pontos por dia

 

Divisão dos pontos entre os tipos de alimentos

Carboidratos: o consumo de massas, cereais, pães, frutas, legumes, verduras e carboidratos no geral deve estar entre 160 e 176 pontos (50% a 60% dos pontos totais).

Proteínas: separe de 33 a 50 pontos da sua cota diária para carnes, leite, queijos, iogurte e grãos - prefira versões magras.

Gordura: o consumo de gorduras não deve ultrapassar 96 pontos e deve fazer parte de 30% do total do consumo diário. Esse limite considera alimentos como óleo, azeite, manteiga e castanhas.

 

Como fazer a dieta dos pontos?

O ideal é seguir corretamente os limites dos pontos por grupos de alimentos (carboidratos, proteínas, gorduras etc.), como a gente já explicou.

 

Dieta dos pontos: cuidados

A dieta dos pontos pode não ser vantajosa por alguns fatores. Por exemplo, a pessoa pode começar a enxergar os alimentos apenas pelos pontos e não pelo seu valor nutricional. Por exemplo, como um brigadeiro pequeno e uma fatia de melancia têm a mesma quantidade de pontos, a pessoa pode acabar exagerando no doce e abrindo mão das frutas na dieta.

A dieta dos pontos também pode ocasionar riscos para a saúde se quem a segue mantiver uma dieta insuficiente em nutrientes essenciais por um muito tempo. A falta de nutrientes pode levar a sintomas como , queda de cabelos, fadiga, irritabilidade, até a doenças mais graves, como osteoporose e anemia. Por isso, é sempre bom consultar um nutricionista e montar um cardápio adequado para as suas necessidades.

É liberdade para montar seu cardápio e comer de tudo que você quer? Se sim, a dieta dos pontos pode ser uma boa ideia. Lembrando que é sempre importante que qualquer dieta seja acompanhada por um profissional nutricionista.

E se você quer saber mais sobre alimentação e saúde, explore o site do Que Bem que Faz, e use Chat Nutri para tirar suas dúvidas sobre saúde e nutrição em tempo real e nutra-se de informação!

 

Para saber mais sobre saúde e alimentação, explore o site do Que Bem que Faz e nutra-se de informação!


Perguntas frequentes

  • A dieta dos pontos é segura?

    Por não ser uma dieta extremamente restritiva, ela se torna mais segura para o seu corpo, o que não significa que será saudável – isso depende da sua escolha de alimentos. Fale com o seu nutricionista e saiba como melhor adequá-la para você.

  • Posso comer doces durante a dieta dos pontos?

    Sim, mas os docinhos consomem muitos pontos dependendo da quantidade que você come, então fique de olho.

  • Referências

    Ribeiro, D.A Guilherme. DIETA NOTA 10. Bertrand Brasil, 5 ed. Rio de Janeiro: 2006.

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas