Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Papel do nutricionista na educação na leitura de rótulos

O nutricionista tem papel importante na rotulagem de alimentos, porém não apenas na realização das tabelas e informações complementares do rótulo. Na área clínica, o profissional tem a função essencial de promover a educação nutricional de seus pacientes para a compreensão adequada deste conteúdo.

O que é rotulagem de alimentos?

O Conselho Federal de Nutrição define rotulagem de alimentos como toda descrição destinada a informar ao consumidor sobre as propriedades nutricionais do produto, que compreende a declaração do valor energético, dos nutrientes e das propriedades nutricionais, também chamada informação nutricional complementar. ¹

O papel do nutricionista na educação sobre rotulagem

Conforme o Conselho Federal de Nutrição, que dispõe sobre a definição das áreas de atuação e suas atribuições, a educação sobre rotulagem dos alimentos é papel do nutricionista clínico. ¹

Nas atribuições da Nutrição Clínica, subárea de Assistência Nutricional e Dietoterápica Personalizada (personal diet), a orientação quanto à leitura correta dos rótulos dos alimentos e compreensão da mesma estão definidas como atividades complementares. ¹

A nutricionista clínica Angélica dos Santos Silva explica melhor: “É extremamente importante nosso papel como nutricionista, no sentido de educar os pacientes sobre o rótulo para que eles tenham conhecimento a fim de melhorar as suas escolhas na aquisição de produtos.”

Seus pacientes sabem ler rótulos?

“A maioria das pessoas não tem informação nenhuma a respeito da composição dos produtos e acaba fazendo escolhas ruins exatamente por essa falta de informação.” ilustra a nutricionista.

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde ²:

  • 70% das pessoas consultam os rótulos dos alimentos no momento da compra.
  • Mais da metade não compreende adequadamente o significado das informações do rótulo.

Outro estudo, de caráter transversal, trouxe dados mais recentes em pesquisa realizada com alunos de uma escola no Maranhão. Ao avaliar a compreensão e utilização da rotulagem nutricional por estudantes, 68% afirmaram conhecer a rotulagem nutricional e consideram importante sua consulta. A maioria informou que lê as informações, embora apenas 9% o efetuem de forma sistemática, enquanto outros 82,5% consultam ocasionalmente. Destes, apenas 10% compreendiam corretamente a rotulagem. ³

Os termos mais conhecidos foram carboidratos (76%), proteínas (66,5%) e valor energético (51%), enquanto os termos gorduras saturadas, gorduras totais, gorduras trans e fibras foram as palavras menos compreendidas entre os entrevistados. ³

A maioria dos estudantes (69%) respondeu que lê rótulos com o intuito de avaliar o prazo de validade, seguido de curiosidade (53%) e apenas 20% tinham, de fato, preocupação com os ingredientes. ³

Qual a importância da rotulagem de alimentos?

Dentre os que consultavam os rótulos, 42% revelaram que estas informações provocaram a mudança de hábitos alimentares. Contudo, boa parte (63,5%) sugeriu que a linguagem deveria ser mais acessível. ³

Elementos essenciais de comunicação entre produtos e consumidores, os rótulos devem ter informações claras, que podem ser utilizadas para orientar a escolha de alimentos mais adequados. Portanto, é um item fundamental para a melhoria da saúde e qualidade de vida da população brasileira. ²

Para Angélica: “O nutricionista tem uma missão muito importante de ajudar o máximo de pessoas possível, no sentido de ensiná-las conceitos básicos e simples, de maneira lúdica e divertida. Principalmente, pacientes hipertensos, diabéticos, obesos e até mesmo crianças.

 

Referências:

  1. BRASIL, Conselho Federal de Nutricionistas. Resolução CFN Nº 600. 2018. Disponível em: https://www.cfn.org.br/wp-content/uploads/resolucoes/Res_600_2018.htm
  2. AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA - ANVISA. Rotulagem nutricional obrigatória: manual de orientação aos consumidores. Brasília: Ministério da Saúde, 2005. 17p. Universidade de Brasília.
  3. DA SILVA BARROS, Lennon et al. Rotulagem nutricional de alimentos: utilização e compreensão entre estudantes. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 11, p. 90688-90699, 2020.

Bio Nestle