Créditos: GettyImages
Legenda: Spoiler: é possível, mas exige algumas adaptações.

O delivery é cheio de opções práticas de dar água na boca, mas, na maioria das vezes, essas ofertas são poucos saudáveis e nutritivas. É difícil resistir às frituras, sobremesas e um tanto de alimentos com altas doses de gordura e sódio tão comuns nos apps de entrega.

LEIA TAMBÉM

Quando você pensa em comida saudável logo vem aquela imagem de saladas, legumes e pratos completamente sem graça e sem gosto? Se a resposta for sim, precisamos desconstruir a ideia do que é alimentação equilibrada. Não que você precise escolher sempre, porém, algumas substituições trazem o equilíbrio perfeito entre o que é saboroso, cabe no seu VRe é nutritivo.

Se você é do time que pede comida de vez em quando, tudo bem comer aquele hambúrguer ou a pizza com a família no fim de semana. Para quem tem essa prática como hábito, algumas mudanças ajudam a equilibrar as escolhas.

Troca de molhos

Não tem problema pedir uma comidinha italiana, mas para deixar o prato mais leve, evite molhos com muito queijo, creme de leite ou bacon e prefira as versões ao sugo ou bolonhesa. Todo mundo gosta do clássico molho de tomate, vai!

Créditos: GettyImages
Legenda: Difícil resistir às deliciosas frituras do restaurante japonês...

Sem hot roll para você

Comida japonesa é uma das escolhas mais fáceis tanto para delivery quanto para opções mais saudáveis. O foco aqui é evitar frituras, como hot roll, tempurá, guiozas e até os cogumelos feitos com muita manteiga. O melhor é dar preferência às proteínas, como sashimis e kani. Embora pareça impossível comer sushi sem shoyu ou tarê, não precisa fazer piscininha dos molhos, que têm bastante sódio.

Prato-feito saudável

O famoso PF é um prato muito querido pelos brasileiros e é feito de ingredientes que estão presentes na nossa rotina: arroz, feijão, carne, ovo, farofa e por aí vai. O segredo para continuar mandando ver no pratão é fugir das frituras e carnes mais gordurosas.

A batata-frita pode ser substituída por legumes, salada ou até mesmo por uma versão cozida. Prefira as carnes grelhadas e feijões que não sejam temperados com tanto bacon. Tudo bem que nem todo restaurante deixa claro qual o modo de preparo ou aceita alterações, mas não custa tentar.

Prestar atenção às proporções contribui para uma alimentação mais equilibrada. Os pratos executivos geralmente vêm em quantidades bem servidas, como a de arroz branco. O ideal é ocupar 1/4 do prato; se sobrar, você pode comer mais tarde ou dividir o prato com alguém (além da conta ficar bem mais barata).

Sugestão: O ideal é ocupar ¼ do prato

Créditos: GettyImages
Legenda: Dá para pedir hambúrguer e comer sem peso na consciência, viu?

Hambúrguer de origem

Bateu aquela vontade irresistível de comer um hambúrguer? Valorize seu estômago e seu dinheiro pedindo o lanche em restaurantes de preparo artesanal. Muitos deles dizem qual corte da carne é usado para preparar o hambúrguer, o que facilita na escolha de carnes mais magras.

Além de decidir a carne, expanda seus conhecimentos gastronômicos na escolha do pão. As versões integrais ou com cereais e grãos pode ser um toque sutil no sabor, mas poderoso na digestão.

Se você é fã de milk-shake, escolha-o como sobremesa ou acompanhamento único da refeição (adeus, batata frita!). E convenhamos que as batatinhas chegam murchas em casa, perdendo metade da graça.

Saúde 5 estrelas

O hábito é a parte mais difícil de mudar quando estamos acostumados a algo. Para quem pede delivery todos os dias, não é preciso abrir mão da praticidade; basta adequar alguns ingredientes no pedido e para continuar comendo bem e feliz. E pedir o hambúrguer ou a pizza de vez em quando, né?

Assine a nossa Newsletter

A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com o desafiador cenário globalizado.

Digite um e-mail válido.