Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Alimentos que aliviam a cólica: algumas opções

Legenda: 
Alimentos que aliviam a cólica: gengibre

Se você já leu nosso artigo sobre o que comer na TPM, que tal conhecer um pouco mais sobre a cólica, um dos sintomas mais comuns durante o período menstrual e que afeta muitas mulheres de forma corriqueira? Sabia que a sua alimentação pode auxiliar a minimizar a intensidade das cólicas?, Então fique aqui e conheça quais alimentos aliviam a cólica.

Também conhecida como dismenorréia, a cólica menstrual é causada pela liberação de uma substância chamada prostaglandina – responsável pela contração do útero e seus vasos sanguíneos, para que o corpo possa liberar o endométrio (tecido que reveste o útero e é liberado durante a menstruação) e causar o sangramento menstrual.

 

Frutas boas para cólica

Durante o ciclo menstrual é comum sentir o desejo por doces – afinal, o açúcar e a gordura são satisfatórios ao corpo por ajudar a liberar endorfina (o hormônio do bem-estar). No entanto, essas substâncias também são responsáveis por aumentar a produção de prostaglandina no corpo; como resultado, as cólicas podem se tornar mais intensas ao se alimentar com doces e frituras.

Nesse cenário, as frutas surgem como uma boa opção para suprir o desejo por um docinho, além de serem saudáveis e ricas em nutrientes. Veja, a seguir, alguns exemplos de frutas boas para cólicas:

 

Folhas verdes escuras

As verduras com folhas mais escuras são ricas em uma série de vitaminas e nutrientes, o que faz delas ótimos alimentos para aliviar cólica menstrual.

 

Mel e gengibre

Mel e gengibre são conhecidos por suas propriedades anti-inflamatórias naturais. Dessa forma, um chá com mel e gengibre pode ser muito benéfico para os momentos de cólica – afinal, a dor sentida durante as cólicas é um indicativo de que a área em volta do útero pode estar inflamada pela menstruação.

 

Carboidratos complexos

Substituir os carboidratos simples por carboidratos complexos – como nozes, aveia, quinoa, pipoca e arroz integral – pode ser uma boa escolha caso você sofra com a intensidade de suas cólicas. Os carboidratos complexos oferecem mais energia e disposição, e auxiliam na produção de serotonina (hormônio do bem-estar), o que faz deles alimentos que ajudam na cólica menstrual.

Entendendo melhor como sua alimentação pode influenciar no ciclo menstrual e nas cólicas sentidas, é possível ter uma alimentação mais consciente. Assim, você poderá maximizar o bem-estar ao mesmo tempo que cuida do seu corpo. Aqui no Que Bem Que Faz você pode conferir diversos outros artigos sobre alimentação equilibrada para um estilo de vida mais balanceado.


Perguntas frequentes

  • Que alimentos pioram as cólicas menstruais?

    Alimentos ricos em sal ou açúcar pioram as cólicas por propiciar a produção de prostaglandina, que é o que causa as contrações musculares. Alimentos com muita gordura também são contraindicados, pois impedem a absorção de magnésio (que auxilia a combater a cólica menstrual). Além disso, a cafeína estimula os movimentos peristálticos e intensifica as dores causadas pela cólica.

     

Fontes:

https://www.healthline.com/health/womens-health/what-to-eat-during-period#foods-to-eat https://flo.health/menstrual-cycle/health/cramps/foods-for-cramps-relief https://www.gineco.com.br/saude-feminina/doencas-femininas/colica https://www.healthline.com/health/period-cravings https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/colica-menstrual-dismenorreia/ https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/23925/21106 https://helloclue.com/articles/cycle-a-z/the-immune-system-and-the-menstrual-cycle

Esse artigo foi: Criado por Nutricionistas